sexta-feira, 7 de março de 2008

Ao Artista, a Glória.



O Juazeiro de Todos os Santos guarda um dos
mais importantes artistas, e restaurador sacro,
que se tem notícia no Nordeste.

De uma simplicidade a toda prova, Franciné
vai desfilando a sua arte a encantar os olhos do mundo,
esculpindo imagens sacras, e restaurando dezenas
de igrejas pelo interior do Brasil.

O meu primeiro contato com o artista se deu na minha infância,
quando percorria com os olhos, aquelas pinturas maravilhosas
postadas na Igreja Matriz de Farias Brito.

Quando numa exposição realizada pela Casa do Ceará em Brasília,
me deparei com uma imagem de sua autoria não tive dúvidas,
a adquiri, e carrego na minha cabeceira a rogar proteção
na minha luta diária.

Um dia na Rua da Boa Vista em Juazeiro, tive a felicidade
de conhecê-lo, e admirar de mais perto a sua obra.

E hoje fico me perguntando.

Quando será que vai se fazer justiça, e dar ao artista
as honrarias que ele tanto merece?

Acorda Ceará.

Minas teve entre seus mestres, o Aleijadinho,
e nós em vida, temos no Franciné, um dos nossos
representantes, no painel da Arte Sacra Brasileira.


Elmano Rodrigues Pinheiro
Postar um comentário