terça-feira, 17 de março de 2009

A Bomba quimica de indução alimentar aos adolescentes

Por: Luiz Domingos de Luna

A Bomba Química de indução alimentar aos adolescentes

Com o advento do crescimento do capitalismo direcionador com marketing agressivo, toda sorte de mazelas, vem assolando o já frágil convívio do tecido social planetário. Pois à medida que cresce a tecnologia, diminui o campo de trabalho, obrigando os seres humanos a ter uma vida ao ritmo das máquinas, isto vem trazendo inúmeros prejuízos para a convivência dos seres humanos. A adaptação desta selvageria da modernidade e da concentração de renda, pois, senão: vejamos as pessoas hoje em dia não podem escolher o seu cardápio, ou ter um momento para as refeições. Na falta disto, vão se alimentar nas grandes cadeias Capitalistas de distribuição de alimentos que oferecem às pressas, -refrigerante com hamburguer- feitos tudo a base de gordura saturada e colesterol, além da alta taxa de glicose, razão esta, de está a cada dia aumentando em forma de progressão geométrica os casos de crianças com problemas cardíacos, diabetes, e outras mazelas como o stress, depressão e outros. Os seres humanos não são máquinas, não podem responder o interesse dos grandes mercados de capitais com subserviência, como a pressa, como a falta de horário para alimentação. Estamos entupindo nosso organismo de colesterol, triglicérides e glicose. Iremos pagar um preço alto pela ingestão de alimentos degradadores de nosso próprio organismo, bem como, iremos criar uma geração de obesos, porque não dizer de crianças obesas, stress, depressão. Tudo isto para nutrir a ganância de um marketing agressivo e bem aparelhado, sem a devida preocupação com a qualidade alimentar, na visão somente do lucro rápido, passando por cima da saúde de nossas crianças e nossos jovens, com alimentos que são verdadeiras bombas químicas alimentares, a curto e em longo prazo.

Luiz Domingos de Luna Luiz
http://www.livrodigitalartigosdeluizdomingos.blogspot.com/

falcaodouradoarte@hotmail.com
Aurora-CE
Postar um comentário