terça-feira, 15 de setembro de 2009

642 novos diretores de escola tomam posse

Cid Gomes assinou mensagens que incentivam o aprendizado e a qualidade do ensino.

642 novos diretores de escola tomam posse

Crédito: Antônio Carlos

O governador Cid Gomes deu posse nesta segunda-feira (14), na Secretaria da Educação, aos 642 novos diretores das escolas públicas. Durante a cerimônia, o governador assinou duas mensagens que serão encaminhadas à Assembleia Legislativa. A primeira delas institui o Prêmio Aprender pra Valer, destinado ao quadro funcional das escolas da rede estadual. A outra mensagem cria a premiação para os alunos do ensino médio com melhor desempenho em Língua Portuguesa e Matemática.

Na avaliação de Cid Gomes, um dos maiores desafios do Poder Público é a educação. Ele explicou que já está em execução em todos os municípios do Estado, o Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic), para reforçar o ensino fundamental ofertado pelos municípios e para o ensino médio estão sendo criadas cem escolas de educação profissionalizante. “Vinte escolas foram autorizadas e a ordem de serviço assinada pelo presidente Lula e o Estado vai licitar mais 29. Atualmente já estamos com ensino integral em 51 unidades”, disse. E completou: “As dificuldades não devem ser vistas como um quadro de desânimo, e sim como motivação. Na hora que nós conseguirmos uma educação pública de qualidade, uma nova história será construída no nosso Estado”.

Sobre a posse dos novos gestores da rede estadual de ensino, a secretária Izolda Cela explicou que houve 75% de renovação do quadro de diretores. A “novidade”, no processo de seleção, segundo Izolda, foi a capacitação pela qual os selecionados foram submetidos. “Foram mais de 500 horas. Após a participação do curso a distância de Gestão da Educação Pública e Exames de Títulos, foi realizada a eleição direta e secreta pela comunidade escolar, como forma de atender ao preceito constitucional de gestão democrática”, disse. A secretária explica ainda que todos os eleitos receberam um documento com todo o histórico das escolas, com os principais indicadores e resultados de aprendizagem das unidades.

Para o professor Plácido de Souza, diretor eleito do Liceu de Maracanaú, o segredo para o sucesso na educação é se espelhar nas coisas boas que já se registram em algumas escolas e expandir para toda a rede estadual. “O processo democrático que nos colocou aqui é fruto de uma política pública séria que mudará a educação do nosso Ceará”, resumiu.

Mensagens

As metas de evolução de aprendizagem avaliadas no Prêmio Aprender pra Valer terão por referência os resultados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece). Serão premiadas, em 2009, todas as escolas que alcançarem a meta de evolução de 10% sobre sua média de proficiência do Spaece 2008, tanto em Língua Portuguesa, quanto em Matemática e em cada uma das séries do ensino médio. As escolas terão também que ter uma média mínima de participação de 80% dos alunos na avaliação do sistema.

Segundo a coordenadora de Desenvolvimento da Escola, Conceição Ávila, o prêmio foi concebido para estimular os gestores, professores e alunos na implementação de um projeto pedagógico que possibilite a permanência dos alunos das escolas. “Um reconhecimento pecuniário é uma forma de estimular os profissionais das escolas que apresentam bons resultados de aprendizagem dos alunos. Dessa forma, quando aprovado, o Prêmio vai possibilitar o pagamento de mais uma remuneração mensal ao quadro de profissionais da unidade selecionada”, explicou.

Já o prêmio para os alunos serão beneficiados aqueles que alcançarem as médias de proficiência adequadas em Língua Portuguesa e em Matemática na avaliação do Spaece serão premiados com um computador. Conforme a escala de proficiência do Spaece que vai de 0 a 500 pontos, o nível adequado para o ensino médio inicia-se a partir de 325 pontos em Língua Portuguesa e 350 pontos em Matemática.

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado:

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 3101.6247)

Postar um comentário