sábado, 20 de março de 2010

Chove em 54 municípios do CE

No Dia de São José, a Funceme registrou precipitações em quase todo o Estado. Na Capital, foram 6,6 mm

No dia dedicado a São José, padroeiro do Ceará, Fortaleza registrou a maior chuva em março (6,6 milímetros), robustecendo a crença religiosa de que poderemos ter um bom inverno. As chuvas que começaram a cair na Capital cearense, às 4h30 da madrugada de ontem, se repetiram em outros 53 municípios, conforme o único boletim sobre as precipitações divulgado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos do Ceará (Funceme).

Com 76 milímetros, Missão Velha foi o município que registrou a maior precipitação. Em segundo lugar, ficou São Gonçalo do Amarante, com 55 milímetros. Dos 69 postos monitorados pela Funceme, só não choveu em Morrinhos, Mucambo, Hidrolândia e Farias Brito.

Em Maranguape, a madrugada e a manhã de sexta-feira foram de chuva intensa, principalmente no distrito de Ladeira Grande. Os moradores associam o fato a São José. É que o padroeiro do Estado é o mesmo da localidade. Por conta da devoção, desde o último dia nove, está sendo realizada a festa alusiva ao santo predileto da daquela comunidade católica. "São José nunca deixa a gente na mão. Sabia que hoje (ontem) choveria. Não há mais dúvida. O inverno agora vai pegar", garantiu o agricultor Augustinho da Silva.

"As pessoas se precipitam em falar sobre o inverno. Tudo está nas mãos de Deus. Sabia que teríamos uma resposta positiva. E ela veio agora. Acredito que a partir de hoje ele vai compensar os dias que ficamos sem chuva", complementou.

Esperança

Milton Antônio Cruz, 50 anos, que trabalha com eventos, ratifica o ponto de vista de seu Augustinho. "Choveu hoje. É o bastante para termos certeza de que o inverno começa agora e vai ser bom. Acredito em Deus e na força de São José. Até ontem (quinta-feira), tinha dúvida de que ainda teríamos o período chuvoso em 2010", revelou.

A funcionária pública Dionéia Maria Mendes de Oliveira estava exultante. Como devota de São José, frisou que "a fé move montanhas. As chuvas que começaram a cair hoje (ontem) são fruto das interseções dele lá em cima. Só nos resta agradecer e aproveitar".

Quem não perdeu tempo e pegou sua enxada rumo à roça foi o agricultor Antônio Simão de Abreu. "Foi sem dúvida a maior chuva que tivemos aqui em Maranguape em 2010. Já estava desesperançoso. Vou começar o plantio agora mesmo", disse entusiasmado.

Em Fortaleza, muita gente acordou mais cedo por conta da chuva que veio para amenizar o calor. Após uma pausa na maior parte da manhã, voltou ao chover por volta das 11 horas em vários pontos da Cidade.

Quem estava nas proximidades das lagoas de Parangaba e Messejana pôde observar a bela paisagem propiciada pelo tempo chuvoso. Como se tratava de um feriado, os problemas ocasionados normalmente pelos congestionamentos no tráfego não aconteceram.

Outra notícia boa é que, pela primeira vez nas últimas semanas, o Índice de Radiação Ultravioleta (IU), que mede o nível de radiação solar na superfície da Terra, deixou o patamar extremo de 14 pontos em Fortaleza e caiu para oito - considerado ainda alto.

Para a ciência, o aumento das precipitações nesse período responde pelo nome de equinócio, um fenômeno da natureza em que o sol cruza a linha do equador e ocorre próximo ao dia 19 de março.

Enquete
Fé no padroeiro

"Estava esperando pela chuva desde janeiro. Mas nunca perdi a esperança. Justamente hoje, dia de São José, choveu mais forte"
Augustinho Marques da Silva
76 ANOS
Agricultor

"Não tenho dúvida de que o inverno vai vigorar. Quem depende da agricultura já estava um pouco preocupado"
Antônio Simão de Abreu
61 ANOS
Agricultor

FONTE: www.diariodonordeste.com.br
Postar um comentário