sábado, 24 de abril de 2010

Ônibus vira e mata criança



A Perícia não revelou ainda as causas do desastre, mas suspeita que o motorista tenha dormido na direção

Crato. O ônibus de uma empresa de turismo, de placas MUQ-9565, de Juazeiro da Bahia, com uma excursão de 44 passageiros e dois motoristas, virou, ontem, na rodovia CE-386, que liga as cidades do Crato e Farias Brito, causando a morte de uma criança de 9 anos de idade e lesões corporais e fraturas em cerca de 20 passageiros, a maioria parentes entre si. O acidente aconteceu às 3 horas, nas decida de uma ladeira depois do distrito de Dom Quintino, no quilômetro 17.

O garoto Henrique Breno Reis do Carmo foi socorrido, ainda com vida para o hospital de Farias Brito, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo foi conduzido para o Instituto Médico Legal de Juazeiro (IML) , onde foi necropsiado e entregue à família. Em estado grave, estão internados Maria Ederlane Ferreira de Carvalho, 15; e Janailson Souza do Nascimento, 21, que serão operados.

Virou

O coletivo, dirigido por Eduardo Silva Lima, procedente de Juazeiro da Bahia com destino a Fortaleza, onde os passageiros passariam o fim de semana, sobrou numa curva e bateu na grade de proteção, virando em seguida. Por pouco, o veículo não despencou num abismo de 100 metros de altura, onde, há 12 anos, virou outro coletivo, matando 17 pessoas.

A grade de ferro evitou que o ônibus despencasse no grotão. As marcas do impacto ficaram na grade numa extensão de quase 100 metros. A Perícia ainda não divulgou a causa do acidente. No entanto, "pelas características, o motorista deve ter dormido ao volante", diz o subtenente Rildo Ferreira, do Corpo de Bombeiros, explicando que não há nenhum sinal da presença de outro veículo ou animal envolvidos no acidente.

Um passageiro contou que acordou com a batida do ônibus da grade de proteção. "Em seguida, o coletivo saiu se arrastando enquanto os passageiros, que não usavam cintos de segurança, foram jogados uns por cima dos outros."

O subtenente acrescentou que o Corpo de Bombeiros mobilizou cinco ambulâncias de Crato, Juazeiro do Norte e Farias Brito com a finalidade de socorrer os feridos. A criança de 9 anos foi levada, com vida, para o hospital de Farias Brito, mas não resistiu aos ferimentos. Os outros passageiros, com escoriações e fraturas, foram atendidos nos hospitais públicos do Crato, Juazeiro e Barbalha. A maioria já foi liberada.

O ônibus permaneceu no local do acidente até às 9 horas de ontem. A rodovia foi interditada durante mais de duas horas para a retirada do coletivo. Dois caminhões- guincho foram utilizado na remoção do ônibus.

Entre os passageiros identificados estavam, Celina Maria dos Santos, Maria Nazaré Costa, Helena Gama, Geraldo Melo Oliveira, Marlene Melo de Oliveira, Eglenieges de Carvalho, Ruthe Leite Nascimento, Jane Bentier dos Santos Cavalcante, Geraldina Gonçalves, Silvinha Oliveira dos Santos, Isabel Leopoldo do Carmo, Isabel Leopoldo do Carmo, Maura Pereira de Carvalho, Ana dos Santos, José Wilson da Costa, Geraldina M. B. Soares, Maria Ferreira, Angelita Rodrigues, Núbia Pastor, Suely Pastor, Teresinha Alves dos Santos, Aparecida Ferreira e João Batista Gondim.

Lotado

44 passageiros viajavam no coletivo. Todos iriam passar o fim de semana em Fortaleza. Pelo menos, 20 deles ficaram feridos e foram medicados nos hospitais públicos do Cariri


ANTÔNIO VICELMO
REPÓRTER
Postar um comentário