sexta-feira, 30 de julho de 2010

Motocicletas poderão ter velocidade limitada a 60 km/h

José Chaves disse que o objetivo é proteger as vidas dos motociclistas.


A Câmara analisa o Projeto de Lei 7608/10, do deputado José Chaves (PTB-PE), que determina o uso obrigatório, em motocicletas, motonetas e ciclomotores, de um dispositivo para limitar a velocidade a no máximo 60 quilômetros por hora. O objetivo, segundo o autor, é dar mais importância às vidas dos motociclistas do que à agilidade dos deslocamentos.

Chaves ressalta que, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), 7 de cada 100 acidentes com automóveis têm vítimas, e no caso das motocicletas essa proporção é de 71 para 100. Além disso, de acordo com o IPEA, os acidentes envolvendo motocicletas custam ao Brasil cerca de R$ 685 milhões por ano.

“Esses números revelam a gravidade do problema, gerado, em grande parte, pela velocidade desenvolvida por esses veículos, que coloca os seu condutores em situação de risco permanente”, afirma.

A proposta muda o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) e dependerá de regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivoRito de tramitação pelo qual o projeto não precisa ser votado pelo Plenário, apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. O projeto perderá esse caráter em duas situações: - se houver parecer divergente entre as comissões (rejeição por uma, aprovação por outra); - se, depois de aprovado pelas comissões, houver recurso contra esse rito assinado por 51 deputados (10% do total). Nos dois casos, o projeto precisará ser votado pelo Plenário. pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Oscar Telles
Edição – João Pitella Junior

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Itaú Cultural informa Prorrogado o prazo para envio de ensaios literários para o programa Rumos Literatura do Itaú Cultural: DE 31 de julho PARA 13 de agosto de 2010.Veja abaixo o informativo do programa já com a novo prazo e demais dados de como proceder para participar. Pedimos para, por favor, nos ajudar a divulgar essa informação no seu blog e na sua rede social. O objetivo é que mais pessoas tenham a chance de participar desse importante programa de incentivo que inclui atividades de formação, ampliação de rede relacionamento, apoio financeiro e publicação dos projetos selecionados. Desde já, agradecemos a sua importante coloboração na divulgação.
Por favor, confirme o recebimento desta mensagem.
Grato pela atenção,
Renato PedreiraComunicação Dirigida Itaú Culturalrenato@comunicacaodirigida.com.br Tel 11 3881-1710



Abertas as inscrições para o edital RUMOS ITAÚ CULTURAL LITERATURA 2010-2011. Em sua quarta edição, o programa Rumos Literatura é dirigido aos interessados em desenvolver textos reflexivos sobre literatura e crítica literária brasileira contemporânea. A novidade desta edição é a possibilidade de estrangeiros, residentes fora do Brasil, também se inscreverem. O programa busca colaborar no desenvolvimento de potencialidades ao estimular a formação do interessado em literatura na ampliação de sua rede de relacionamentos intelectuais e profissionais e, posteriormente, lançar e divulgar uma publicação com sua produção autoral. O programa Rumos Literatura 2010-2011, conta com o apoio da Anpoll - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e em Lingüística (http://www.anpoll.org.br/site/) e da ABRALIC - Associação Brasileira de Literatura Comparada (http://www.abralic.org/). O edital está dividido em duas categorias:1. Produção Literária, para projetos de ensaio que tratem de um tema relativo à produção literária brasileira a partir do início dos anos 1980.2. Crítica Literária, para projetos de ensaio sobre a produção crítica na literatura brasileira realizada a partir do início dos anos 1980. Importante: o interessado não precisa escrever o ensaio final, apenas o projeto que será desenvolvido em 2011, conforme consta no edital.
Prazo de inscrições: foram prorrogadas até 13 de agosto de 2010.
Público alvo: todas as pessoas interessadas nos temas propostos pelo edital, independente do nível escolar e segmento de atuação profissional. . Leia o edital completo, regulamento, prêmios e saiba com se inscrever na página http://www.itaucultural.org.br/rumos/regulamento_literatura.pdf. Dentre os prêmios, os selecionados receberão apoio financeiro mensal e remuneração referente ao licenciamento dos direitos autorais do trabalho concluído e aprovado.. E-mail tira dúvida: rumosliteratura@itaucultural.org.br Acompanhe as notícias, entrevistas e comentários sobre o programa Rumos no blog http://rumositaucultural.wordpress.com/.Contamos com a sua inscrição. Boa sorte!

quarta-feira, 28 de julho de 2010

DIA DO AGRICULTOR



Ele já foi chamado pelo mais variados termos: camponês, lavrador, agricultor de subsistência, pequeno produtor, agricultor familiar. A evolução social e as transformações sofridas por esta categoria são conseqüências de uma nova situação deste trabalhador fundamental para o desenvolvimento do País.

Existem dois projetos para o campo com focos diferentes no Brasil. O primeiro prevê a expansão da produção agropecuária e o segundo, enfatiza aspectos ambientais e sociais do processo de desenvolvimento, com que se denomina sustentabilidade do desenvolvimento rural, equilibrando condições sociais, econômicas e ambientais.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Sonhar na medida certa pode ajudar nos estudos, mostra pesquisa



Segundo neurocientista, o cérebro usa os sonhos como um treinamento.
‘Eles são simulações de situações possíveis’, conta Sidarta Ribeiro.

Quem tem sonhos mais equilibrados tende a fixar melhor o que aprendeu durante o dia, mostram os resultados preliminares de um estudo conduzido pelo neurocientista Sidarta Ribeiro no Instituto Internacional de Neurociências de Natal.

Segundo a pesquisa, quem sonha pouco ou tem sonhos pesados - em muitos casos, pesadelos - retém menos informações na memória do que os que têm sonhos considerados “neutros”.

Para chegar a essa conclusão Ribeiro treinou jovens para um jogo eletrônico violento. Após uma noite de sono, as pessoas foram entrevistadas sobre o que sonharam, e as que tiveram sonhos mais equilibrados foram aquelas que conseguiram um desempenho melhor ao jogar no dia seguinte.

De acordo com o pesquisador, o estudo mostra que os sonhos são usados pelo cérebro como uma forma de treinamento. Se o treino for pouco, tem pouca serventia, e se for excessivo pode causar fadiga ou estresse, perdendo seus efeitos benéficos.

“Os sonhos são simulações de situações possíveis, sejam elas boas ou ruins”, explicou o neurologista em uma conferência durante a reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) que ocorre nesta semana em Natal.

Vestibular
Uma experiência semelhante foi feita no Instituto de Neurociências com pessoas que iriam prestar o vestibular. Elas responderam um questionário sobre o conteúdo de seus sonhos, e o resultado foi comparado ao desempenho delas nas provas para entrar na faculdade.

Ribeiro conta que os dados obtidos apontaram para a mesma direção da outra pesquisa: em geral, quem sonhou que foi muito mal no teste (sonho ruim) ou sonhou que estava comemorando o resultado (sonho excessivamente bom) teve desempenho pior do que aqueles que sonharam com uma situação corriqueira do vestibular, como as questões que iriam cair ou a matéria que estava sendo estudada.

Nas escolas
O papel de fixação do aprendizado por meio do sono e dos sonhos tem sido testado na prática nas escolas de em Natal. Uma terceira pesquisa realizada pelo Instituto de Neurociências comparou resultados de aprendizagem entre jovens que dormiram logo após ter uma aula sobre memória e um grupo que continuou estudando.

O resultado, segundo Ribeiro, apontou que a soneca aumentou a memorização do conteúdo entre 5 a 10%. De acordo com o pesquisador, isso demonstra, na prática, os estudos neurológicos que apontam que o sono ajuda a transformar memórias temporárias em informações permanentes no cérebro.

www.g1.com.br

domingo, 25 de julho de 2010

Ingazeiras aos olhos do mundo

Luiz Domingos de Luna*
Nos umbrais do espaço tempo, já conhecida no oco do mundo, ao bloco congelado de uma história esquecida. Celeiro do cinzel, pincel do menestrel das artes plásticas, do fluxo do cotidiano ao estilo abstrato, na poeira do esquecimento de outrora, a lâmpada do gênio, duas vidas que na vírgula do tempo, o mistério dos remansos gira nos acordes da cítara no baile existencial – Aldemir Martins.
Da viola, pandeiro e violão, música brega, sertaneja, do xaxado ao samba canção ao gosto do ritmo, misturas em audição, na grandeza de um menino, ganha o forró nordestino uma nova versão – Alcimar Monteiro é também filho do nordeste, de ingazeiras, que também, é palco luz da criação.
Quando a caatinga foi devorada ao som do apito do trem, no dia 08 de dezembro 1923, sob o manto da mãe protetora – A Padroeira N.SRA Conceição- recebe pela primeira vez a máquina do progresso e do desenvolvimento – O trem.
Enquanto a fumaça da locomotiva teimava em voltar para a capital alencarina, gritava com os braços abertos as margens do salgado, ainda na bruma fresca, do cheiro potável da água salgadina, em fluidez, o grito de apelo, aos inúmeros artesãos, pintores e músicos, na seara da mistura entre o mundo material e espiritual, uma fonte jorradora ao cariri, ao sertão, ao Nordeste, sua linda aquarela, ao oco do mundo, materializar – Ingazeiras a musa de sempre no sul do Ceará, na curva do tempo, a qualquer momento, na constelação do cariri um estrala à brilhar.
(*) Professor- Aurora - Ceará
(*) Colaborador do Blog Farias Brito

Vinte conselhos das Universidades de Medicina:

Harvard e Cambridge publicaram recentemente um compêndio com 20 Conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e habitual :

01- Um copo de suco de laranja
Diariamente para aumentar o Ferro e repor a vitamina C.

02- Salpicar canela no café
(mantém baixo o colesterol e estáveis OS níveis de açúcar no sangue).

03- Trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral
O pão integral tem 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais Ferro que tem o pão branco.

04- Mastigar OS vegetais por mais tempo.
Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar libera sinigrina. E quanto menos se cozinham OS vegetais, melhor efeito preventivo têm.

05- Adotar a regra dos 80%:
Servir-se menos 20% DA comida que costuma comer, evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.

06- LARANJA o futuro está na laranja, que reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.

07- Fazer refeições coloridas como o arco-íris .
Comer DIARIAMENTE, uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, Verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

08- Comer pizza, macarronada ou qualquer outra coisa com molho de tomate.
Mas escolha as pizzas de massa fininha. O Licopeno, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; e ademais é melhor absorvido pelo corpo quando OS tomates estão em molhos para massas ou para pizza .

09- Limpar sua escova de dentes e trocá-la regularmente .
As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-Las com água quente pelo menos quatro vezes à semana (aproveite o banho no chuveiro), sobretudo após doenças, quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

10- Realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória...
Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, alguma habilidade nova... Leia um livro e memorize parágrafos; escreva, estude, aprenda. Sua mente agradece e seus amigos também, pois é interessante conversar com alguém que tem assunto.

11- Usar fio dental e não mastigar chicletes .
Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem OS vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.

12- Rir.
Uma boa gargalhada é um 'mini-workout', um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida.
Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e OS anticorpos.

13- Não descascar com antecipação.
Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta OS níveis de nutrientes contra o câncer. Sucos de fruta têm que ser tomados assim que são preparados.

14- Ligar para seus parentes/pais de vez em quando.
Um estudo DA Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afectivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã .

15- Desfrutar de uma xícara de chá.
O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá Verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

16- Ter um animal de estimação.
As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem OS cientistas DA Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir-se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue.
Os cães são OS melhores, mas até um peixinho dourado pode causar um bom resultado.

17- Colocar tomate ou verdura frescas no sanduíche.
Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas DA Harvard Medical School; vantagens outras são conseguidas atráves de verduras frescas.

18- Reorganizar a geladeira .
As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói OS flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso, é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo ou guardar em um tape ware escuro e bem fechado.

19- Comer como um passarinho.
A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.


20- Uma banana por dia quase dispensa o médico, vejamos: " Pesquisa da Universidade de Bekeley".

A banana previne a anemia, a tensão arterial alta, melhora a capacidade mental, cura ressacas, alivia azia, acalma o sistema nervoso, alivia TPM, reduz risco de infarto, e tantas outras coisas mais, então, é ou não é um remédio natural contra várias doenças?


21- e, por último, um mix de pequenas dicas para alongar a vida:

-comer chocolate.
Duas barras por semana estendem um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio..

- pensar positivamente .
Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que, além disso, pegam gripes e resfriados mais facilmente, são menos queridos e mais amargos.

- ser sociável.
Pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

- conhecer a si mesmo .
Os verdadeiros crentes e aqueles que priorizam o 'ser' sobre o 'ter' têm 35% de probabilidade de viver mais tempo, e de ter qualidade de vida...


'Não parece tão sacrificante, não é verdade? Uma vez incorporados, os conselhos, facilmente tornam-se hábitos...
É exatamente o que diz uma certa frase de Sêneca:

'Escolha a melhor forma de viver e o costume a tornará agradável'!
"Crie bons hábitos e torne-se escravo deles, como costumamos ser dos maus hábitos".
Fonte: Associação da Família Almeida

sábado, 24 de julho de 2010

Sem se importar em ser segunda opção, Mano diz 'sim' à Seleção



Treinador do Corinthians confirma acordo com a CBF nesta manhã de sábado e tem a missão de reformular a equipe depois do fracasso na Copa

Mano Menezes disse "sim". Após a recusa de Muricy Ramalho, que preferiu seguir no Fluminense, o técnico do Corinthians afirmou nesta manhã de sábado, em uma rápida entrevista coletiva, no Parque São Jorge, que aceita o convite para ser o substituto de Dunga e ter como objetivo a preparação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

- Como vocês já têm conhecimento, ontem por volta das 19h30m ou 20h, recebi convite oficial da CBF para assumir oficialmente o comando técnico da Seleção. Tivemos uma conversa longa, Ricardo Teixeira e eu, e ele me expôs aquilo que a CBF tem como ideia para o projeto de 2014. Fiz questionamentos importantes, que entendi que deveriam ser feitos para uma análise mais longa, e pedi a ele depois da conversa, com a razão que sempre tento colocar nas minhas decisões, que pudesse encaminhar uma posição oficial a partir de agora. E é isso que vim aqui fazer: confirmar. Eu aceito o convite que o presidente me fez. Vamos ter a partir de agora o encaminhamento de algumas outras situações, porque vocês vão entender que, para mim, o fato é novo desde a noite de ontem. Para todo o Brasil, a partir de agora, digo que aceito o convite - anunciou.

Durante a entrevista, os jogadores Ronaldo, Elias, Dentinho, Julio Cesar, Roberto Carlos, Iarley e Alessandro invadiram a sala de imprensa do Parque São Jorge para cumprimentá-lo. Ao lado, o presidente Andrés Sanches, que contratou o treinador no fim de 2007, logo após o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, acompanhava tudo com os olhos marejados.

Orgulho por ser o segundo colocado na lista da CBF

Questionado sobre o fato de ter aceitado o convite logo depois da recusa de Muricy Ramalho, que preferiu permanecer no Fluminense, Mano afirmou que não se sentiu preterido num primeiro momento pela CBF.

- Muito pelo contrário, me orgulho muito. Devemos ter no futebol brasileiro uns 50 excelentes profissionais. Se sou o segundo, estou bem colocado. E sou o segundo (atrás) do Muricy, que admiro muito como pessoa. Durante a semana, a questão foi encaminhada entre Muricy e Mano, Mano e Muricy... Não tenho de analisar por que o primeiro convite não teve sequência. O segundo foi feito para mim, e estou feliz e orgulhoso. Levei em consideração o que é preciso se levar neste trabalho - comentou Mano.

A apresentação oficial está marcada para segunda-feira, às 16h, em um hotel na Zona Sul no Rio de Janeiro. No mesmo dia, Mano Menezes anunciará sua primeira convocação, já que o Brasil tem amistoso marcado para o dia 10 de agosto, contra os Estados Unidos, em Nova Jérsei.

Mano comandará o Corinthians neste domingo

Devemos ter no futebol brasileiro uns 50 excelentes profissionais.
Se sou o segundo, estou bem colocado. E sou segundo (atrás)
do Muricy, que admiro muito como pessoa"
Mano Menezes

Antes de assumir o time nacional, Mano comandará o Corinthians pela última vez neste domingo, na partida contra o Guarani, no Pacaembu. Até segunda-feira, data do anúncio oficial da primeira convocação como treinador da Seleção Brasileira, Mano não pretende comentar sobre suas opções para o primeiro compromisso.

- Entendo a ansiedade e curiosidade de todos. Combinamos na conversa que tivemos que vou falar sobre Seleção Brasileira, planos e formação de comissão apenas a partir de segunda, quando será a apresentação. É o marco inicial para começar a falar de um novo projeto. Até domingo, vou continuar tendo o máximo de respeito que tive até aqui, levando como prioridade o que tenho de fazer. Sei que no domingo vocês vão voltar a me perguntar, mas, exatamente porque tudo é novo e porque devo conduzir como prioridade o Corinthians, vou falar na segunda-feira sobre convocação - disse.

Amistosos serão bastante comuns até a Copa de 2014, já que, por ser o país sede do Mundial, o Brasil não precisa participar das eliminatórias. Até lá, a Seleção disputará duas competições oficiais: a Copa América, em 2011, na Argentina, e a Copa das Confederações, em 2013, no Brasil.

Mano Menezes será o responsável por fazer a reformulação da equipe, que nas duas últimas Copas do Mundo, na Alemanha e na África do Sul, parou nas quartas de final. Segundo o presidente Ricardo Teixeira, essa primeira convocação do ex-corintiano terá uma base formada por jogadores que atuam no Brasil.

- Chego para ser técnico da Seleção com muito orgulho. A maioria dos técnicos do Brasil gostaria de estar no meu lugar e isso dá ideia do quão importante é o cargo. Vim escrevendo uma trajetória e pensava em um dia chegar à Seleção Brasileira. Acho que foi mais rápido do que pensava. Mas tenho por linha não fugir de convites importantes e aceitar novos desafios. Passa-se todo o tempo se preparando para uma situação grandiosa e essa é a mais grandiosa de todas. E isso é motivo de orgulho muito grande.

www.g1.com.br

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Eleições 2010: o uso da Internet

O uso da rede mundial de computadores nas campanhas eleitorais tem aumentado grandemente ao redor do mundo. Em todos os países, a legislação procura acompanhar esse processo, estabelecendo normas para evitar abusos e para reforçar que o recurso à comunicação eletrônica impulsione a participação do cidadão na política.

No Brasil, o Congresso Nacional aprovou, no ano passado, uma regulamentação específica para o uso da Internet nas campanhas eleitorais ( Lei 12.034/09 , que incluiu os arts. 57-A a 57-I na Lei 9.504/97 ).

A mais importante mudança foi assegurar a liberdade de expressão na rede mundial de computadores (art. 57-D), já que nas eleições anteriores uma Resolução do Tribunal Superior Eleitoral restringia o uso da Internet às páginas e sites oficiais de partidos e candidatos. A legislação proíbe, contudo a propaganda paga e a realizada em sítios de pessoas jurídicas.

www.camara.gov.br

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Preço do álcool cai 20% no ano e é mais vantajoso em 13 Estados

Com a queda média de 19,84% no preço do litro do álcool combustível em todo o país, de janeiro a julho, abastecer com álcool combustível é mais vantajoso em 13 Estados, de acordo com levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo), baseado nos valores cobrados nos postos de combustíveis.

Para os consumidores da Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins, deixar a gasolina de lado para usar álcool é compensador.

Cálculos de especialistas, baseados no poder calorífico dos combustíveis, apontam que o álcool é competitivo até chegar a 70% do preço da gasolina. Para fazer a conta, deve-se dividir o preço do álcool pelo da gasolina. Se o resultado ficar acima de 0,70, o álcool deixa de ser vantajoso.

Em Alagoas, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e Distrito Federal os preços estão equilibrados. Nos demais a gasolina ainda é vantajosa.

O preço médio do litro do álcool combustível em São Paulo ficou em R$ 1,291 na semana passada, segundo o monitoramento da ANP.

Fonte Folha.com

Antonio Benedito, o Mestre dos Mestres. por Elmano Rodrigues Pinheiro


Quando começo a fazer uma retrospectiva das mais belas imagens da minha vida, sem sobra de dúvida vou recuperar no baú das recordações fatos e imagens da minha infância no velho Quixará.
Nesse passeio saudosista, focamos sempre em tudo que foi de mais importante, e ficamos ligando, pessoas, lugares, objetos, e no nosso subconsciente começam aparecer imagens fantásticas de tudo que foi marcante, e que de alguma forma poderíamos tentar recuperar.
Numa passagem pela feira do Crato em janeiro desse ano no meio de uns cacarecos, eis que surge uma chave de fenda construída artesanalmente com vergalhões e um cabo de madeira improvisado, que me remeteram de volta ao Quixará de tantas lembranças. Era o ressurgimento de uma das mais belas figuras que faziam parte das minhas recordações.
Lembrei-me das portas e janelas de cedro que ornamentavam a minha casa, daquelas mesas e cadeiras que faziam o cotidiano de todas as famílias da vizinhança, e daquela família tão bem administrada, que recebia de todos uma deferência, pela maneira pacata, comportada, educada, religiosa, e que gozava de um respeito ímpar em toda comunidade.
Há poucos dias numa dessas minhas visitas corriqueiras a uma “garage sale”, bati os olhos numa maravilhosa mesa de oito lugares, composta de um banco comprido, três cadeiras espadadas, e duas cadeiras dobráveis de cabeceira, e numa decisão mais que de supetão rebuscando as imagens do meu passado, comprei, e hoje ornamentam a minha sala de jantar.
E me perguntam, e o que tem a ver com o velho Quixará?
E eu respondo. Tem tudo.
Aqui está aquilo que me remete a minha infância. Remete-me àquela figura que a vida inteira abrilhantava minhas recordações de uma pessoa de bem, profissional dos mais respeitados, e que centrava na família o seu modo de vida, baseados nos bons sentimentos de integridade moral e física.
È assim que relembro a bela imagem do grande artista Antonio Benedito, que abrilhantou durante longos e longos anos, a arte da marcenaria pelas ruas do velho Quixará.

Um político de ficha limpa

A campanha em favor da “ficha limpa” mobilizou, em todo o Brasil, milhões de pessoas que acreditaram na possibilidade da decência e da ética na política. Em Brasília houve quem apostou que seria mais fácil a vaca voar do que esse projeto de lei de iniciativa popular passar pelo Congresso Nacional. Surpresa! A vaca não voou, mas o projeto passou, a lei já foi sancionada e está em vigor. Agora é vigiar e clamar pela sua aplicação correta. O País agradece a tantos cidadãos que se empenharam para barrar, antes das urnas, pretendentes a mandatos políticos que não podem ostentar idoneidade moral para governar ou legislar. Será bom para o Brasil. Muito bom.

Mas, sejamos justos. Nem todos os políticos foram ou são “fichas sujas”. Muitos desempenharam com dignidade e grandeza a sua missão. No passado e no presente. Quero lembrar um deles, Tomás Morus, um político inglês. Não é que faltem exemplos também entre nós, mas porque esse é emblemático. Nasceu em Londres, em 1478; estudou Direito em Oxford, casou, teve 3 filhas e um filho. Homem de vasta cultura, amigo de notáveis protagonistas do Renascimento, escreveu vários livros sobre a arte de governar e em defesa da religião - era católico fervoroso. Em 1504 foi eleito para o Parlamento e o rei Henrique VIII confiou-lhe importantes missões diplomáticas e comerciais; chegou a ser membro do Conselho da Coroa, vice-tesoureiro do Reino e, em 1523, presidente da Câmara dos Comuns. Em 1529 foi nomeado chanceler de Sua Majestade.

Quando o soberano, não atendido pelo papa em sua pretensão de divórcio, resolveu ser, ele mesmo, o chefe na Igreja da Inglaterra, separando-a de Roma, o fiel chanceler começou a ter problemas. Não aprovando a ingerência do rei na Igreja e não aderindo à sua política discriminatória contra os católicos, Tomás Morus renunciou ao cargo e retirou-se da vida pública, para sofrer, com sua família, o ostracismo e a pobreza. Foi encarcerado na Torre de Londres e submetido a várias formas de pressão para prestar juramento de fidelidade ao rei. Preferiu permanecer fiel à sua consciência e, com firmeza, denunciou no tribunal o despotismo do soberano. Condenado à morte por “infidelidade ao rei”, foi decapitado no dia 6 de julho de 1535.

Da prisão, escreveu à filha Margarida: “Fica tranquila, minha filha, e não te preocupes com o que possa me acontecer neste mundo. (...) Até agora, Deus me deu a graça de tudo desprezar, do fundo do coração – riquezas, rendimentos e a própria vida – ao invés de jurar contra minha consciência”. E manteve esta posição com serena firmeza. Não traiu a consciência por vantagens, poder, riquezas, prestígio, nem passou por cima da verdade e da decência, mesmo para salvar a própria vida. Permaneceu “ficha limpa”, sabendo que isso lhe custava a cabeça. Literalmente.

Em 1935, quatro séculos depois de seu martírio, o papa Pio XI declarou-o “santo” e, no ano 2000, João Paulo II proclamou-o patrono dos governantes e políticos. De fato, vários chefes de Estado e de Governo, numerosos dirigentes políticos, além de Conferências Episcopais, haviam apresentado sugestão ao papa, nesse sentido. Tomás Morus foi um político comprometido com a verdade e com os valores éticos. O que mais impressiona nesse grande homem público é a retidão e a inflexível fidelidade à própria consciência. Colaborou com a Autoridade e as instituições, enquanto eram legítimas; exerceu o poder na medida da justiça, como serviço ao povo e a seu país. Mas sua grande firmeza de caráter e sua sólida estatura moral não lhe permitiram cair na tentação de usar o poder para sua vantagem e ganhos pessoais. Colocou sua atuação pública ao serviço dos mais pobres e desprotegidos, promoveu a paz social, a educação integral da juventude, a defesa da pessoa e da família. Diante das lisonjas do poder, das honrarias e das riquezas, conservou uma serena jovialidade, inspirada no sensato conhecimento da natureza humana e da futilidade do sucesso. Manteve o bom humor, mesmo diante da iminência da morte.

Tomás Morus harmonizou, de forma extraordinária, sua intensa vida pública com suas convicções interiores. Um bom político, de fato, não pode separar-se da verdade, nem dissociar sua ação da moral. A dignidade dos homens públicos é certificada por uma boa consciência. Como explicar, diante do povo, vantagens desonestas, sem afundar ainda mais no charco da mentira e da desonestidade? A vida de Tomás Morus é um belo exemplo de ética na política. Coisas que ficaram no passado? Não creio. É o mesmo anseio manifestado, ainda hoje, pelos milhões de brasileiros que apoiaram o projeto de lei de iniciativa popular “ficha limpa”. O futuro confirmará, com toda a certeza, que esta lei terá contribuído muito para melhorar o nível ético da política brasileira.

Estamos num ano eleitoral e o povo brasileiro é convidado, mais uma vez, a fazer um discernimento acurado sobre candidatos e partidos, para escolher e votar. Esta é mais uma boa chance dos cidadãos para deixar claro quais rumos querem ver na política do nosso País. Tomás Morus tem algo a ensinar e nos lembra, sobretudo, que a verdade e a ética são inegociáveis. Não têm preço. Também alerta que a corrupção da consciência é uma vilania que pode levar ao despotismo e às maiores injustiças. Com freqüência, clama-se por reformas profundas para melhorar a política do País e elas, certamente, são necessárias. Porém, mais necessários ainda, na condução da vida política de um povo são os políticos íntegros. Chegou a hora de conhecê-los e de votar neles.

Cardeal Odilo Pedro Scherer

www.cnbb.org.br

sábado, 17 de julho de 2010

Eleições e política

A participação democrática nas eleições tem uma significação que ultrapassa o simples ato de sufragar nomes para ocupar cargos administrativos e parlamentares. Não se pode reduzir um pleito eleitoral em simples corrida vitoriosa, oportunidades de hegemonias partidárias ou mesmo imposição de carismas pessoais na definição dos cenários que vão configurar a comunidade política, que tem na referência ao povo a sua autêntica dimensão e que, na realidade, deve ser a unidade orgânica e organizadora de um verdadeiro povo.

A Doutrina Social da Igreja ressalta que “o povo não é uma multidão amorfa, uma massa inerte a ser manipulada e instrumentalizada, mas, sim, um conjunto de pessoas, cada uma das quais – no próprio lugar e a seu modo – tem a possibilidade de formar a própria opinião a respeito da coisa pública e a liberdade de exprimir a sua sensibilidade política e de fazê-la valer em maneira consoante com o bem comum”. Portanto, o foco de um processo eleitoral não pode restringir-se às figuras que serão aprovadas por votos, considerando-se, é claro, a moralidade e as condições de cada um no exercício da responsabilidade e missão a que se propõem.

Há uma luz, nascida da compreensão da realidade e dos seus funcionamentos, que deve iluminar o rosto e a vida de candidatos. Compreende-se que o processo eleitoral tem a tarefa social e política de ajudar a sociedade a dar um passo adiante na sua autocompreensão, nas correções de dinâmicas culturais viciadas e prejudiciais e na efetivação de solidariedades que garantam a busca permanente da superação de tudo o que macula a convivência política e a organização social. Fica o desafio de se aproveitar do processo eleitoral para agregar ganhos na consciência social e política da sociedade, pondo-a em condições de participação mais cidadã e de acompanhamento dos processos e mecanismos que definem seu funcionamento e status.

Não se pode reduzir, pois, as eleições à corrida eleitoral, à propaganda enquanto mecanismo de convencimento ou às promessas que apaziguam e podem ter força na definição de adesões transformadas em voto. É inconcebível também estreitar o evento eleitoral - momento educativo da mais alta importância na vida social e política de um povo a afirmações partidárias. Não se desconhece sua função própria. Uma nação não pode ser governada simplesmente pela ideologia de um partido, tendo em conta suas fragilidades, as alianças questionáveis e outros aspectos próprios da complexidade do tecido político.

É importante a mobilização de todos os segmentos da sociedade para que as eleições tragam resultados tanto no âmbito de escolhas adequadas dos nomes, quanto no crescimento da consciência social e política, que deve alavancar a cidadania de todos. Neste âmbito, pode se constatar grandes avanços e abertura de novos horizontes. A Lei da Ficha Limpa é um desses grandes avanços que apontam na direção de reformas morosas por interesses diversos ou por incapacidade de avanços. Há um aspecto importante a ser considerado no progresso que as eleições devem trazer no contexto da comunidade política e no tecido da cultura que sustenta a vida da sociedade brasileira. Existe ainda resquícios de dinâmicas, práticas e hábitos que continuam sendo heranças de espúrio coronelismo e de ultrapassados caudilhos que tentam se perpetuar.

As figuras representativas deste modus operandi na sociedade e nas instituições, sejam elas de que tipo for, vão caindo num ridículo que produz o seu ostracismo pouco a pouco. Contudo, há a tendência de se incorrer no mesmo risco e equívoco do povo de Deus saindo do Egito, conduzido pela lucidez de Moisés, que abre horizontes e aponta caminhos e possibilidades a serem conquistados. Mas o povo reclama, confessa o desejo de voltar a servir o faraó, fazendo referências às panelas de carnes e às cebolas, embora comidas na condição de escravo. Existe uma preferência pela condição escravocrata àquela da liberdade, embora pagando um preço. Os faraós se multiplicam com suas artimanhas aproveitando-se dos fracos na sua saudade de um passado que não volta mais, especialmente na dinâmica da sociedade contemporânea. Aproveita-se de uma necessidade de incentivo e de benesses que revelam a pequenez na penúria dos dependentes e na tirania de antigos caudilhos e coronéis. Estes vivem do passado. É hora de apostar, como Moisés, em um horizonte novo.

Dom Walmor Oliveira de Azevedo

www.cnbb.org.br

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Desmontar pensamentos viciados ajuda a reduzir estresse, ensina livro de psicólogos

Desmontar pensamentos viciados ajuda a reduzir estresse, ensina livro de psicólogos


Dificuldade em lidar com as pressões do trabalho e as necessidades da família, ter muitas atividades e pouco tempo, sentir-se sempre cansado e irritar-se com facilidade são indícios de estresse, que pode ser resolvido pela adoção de um plano de proteção eficaz que orienta como evitar situações de desgaste ou reduzir seus efeitos.

O livro "Teste Sua Resistência ao Estresse" explica o que é o estresse, fornece um guia para você reconhecer os sintomas de estresse em sua vida e fazer seu tempo render mais.

Os psicólogos ingleses Liz O'Neill e Brian O'Neill têm experiência em consultoria de empresas. Especializados em psicologia empresarial, diariamente eles auxiliam pessoas a viver com mais qualidade e a se autodesenvolver continuamente.

Como reconhecer o pensamento viciado

A menos que você seja uma daquelas raras pessoas abençoadas com um temperamento maravilhoso, haverá dias em que tudo parecerá escuro ou, na melhor das hipóteses, nebuloso. Você gostaria de voltar para a cama e começar tudo de novo e sua família e seus colegas também!

Sob pressão prolongada, esse tipo de pensamento negativo em geral demora mais de um dia. Torna-se um hábito, e você pode ficar preso a um pensamento viciado sem perceber. Assim, quando você confronta um problema, o negativismo no pensamento dá o tom àquilo que você vê. E isso, por sua vez, afeta como você se sente e como lida com a situação.

Você precisa se pegar descendo a ladeira. É surpreendente que as pessoas não notem o que está acontecendo até chegarem ao fundo do poço. Sugerimos antes que você preste atenção a estes indícios óbvios:

- Sentir-se ansioso e pressionado, com a tensão aumentando.
- Sentir-se constantemente mais melancólico do que quem o rodeia. Há esperança nas nuvens negras das outras pessoas, não nas suas.
- Procurar pretexto para reclamar.
- Ter pavio mais curto do que antes.
- Achar difícil se concentrar ou se lembrar das coisas.
- Preocupar-se sem tanto motivo.

Esses são indícios infalíveis de que você deve parar e examinar seu modo de pensar. Quando você percebê-los, pare e se pergunte: em que estou pensando exatamente agora? O que estou dizendo para mim mesmo?

Já analisamos os indutores negativos que influenciam o pensamento e o comportamento. Embora possam parecer motivadores positivos, esses indutores inerentes são compulsivos e contraproducentes.

Eles não motivam as pessoas para uma realização saudável, mas provocam tensão e estresse.

Tentar "ser perfeito", por exemplo, significa estar constantemente perseguido por "deveria" e "devo", mas nem sempre correspondendo a esses padrões absurdos. Se você tenta constantemente "satisfazer os outros", raramente faz alguma coisa para satisfazer a si mesmo. Você se vê preso a um ciclo de pensamentos preocupantes e ansiedade crescente.

A importância que aquilo que se passa em sua cabeça tem no que você sente e faz foi reconhecida nos esportes, com a publicação de livros como "O Jogo Interno de Tênis". "Interno" é uma referência ao estado interno do tenista aquilo que o autor, T. Gallwey, chamou "o adversário que está dentro da cabeça de alguém [e que é] mais difícil do que aquele do outro lado da rede". Ganhar e ter êxito significava vencer aquele adversário interno em primeiro lugar.

*
"Teste Sua Resistência ao Estresse"
Autores: Liz O'Neill, Brian O'Neill
Editora: Publifolha
Páginas: 96
Quanto: R$ 6,90 (preço promocional, por tempo limitado)
Onde comprar: 0800-140090 ou na Livraria da Folha
Colaboração: Associação da Família Almeida

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Prefira frases curtas, evite adjetivos, ensina "A Arte de Escrever Bem"




da Livraria da Folha

Prefira frases e palavras curtas. Ponha as sentenças na forma positiva. Opte pela voz ativa. Escolha termos específicos. Use palavras concretas. Limite os adjetivos. Persiga a frase enxuta. Seja conciso. Corra atrás da frase harmoniosa. Busque a clareza e o máximo de legibilidade.

Divulgação

Autoras usam até bom humor nas dicas de como redigir melhor

Essas são dicas do livro "A Arte de Escrever Bem - Um Guia para Jornalistas e Profissionais do Texto", das jornalistas Dad Squarisi e Arlete Salvador, para melhorar a redação de um texto.

O volume de 112 páginas também dedica um capítulo para os gêneros jornalísticos, com conselhos para a elaboração de reportagens factuais e especiais, entrevista pingue-pongue (pergunta e resposta), perfis de entrevistados, editoriais, colunas, análises, entre outros tipos de texto.

As autoras também descrevem as rotinas jornalísticas, como a pressão do fechamento (horário final para entrega das reportagens), as intervenções dos editores e os erros comuns cometidos pelos profissionais da palavra.

Citações de diversos jornalistas, escritores e pensadores abrem cada bloco de texto ao longo do capítulo. São reproduzidas algumas notícias publicadas em veículos como Folha, "Correio Braziliense", "Veja" e "Época", para exemplificar algumas lições.

Apesar de destacar na capa que se trata de um guia para jornalistas, o livro traz ensinamentos de redação úteis a quem busca causar uma boa impressão com as palavras, seja em uma reportagem ou trabalho escolar, seja em um e-mail.

Um trecho interessante está na página 51, na qual as autoras ensinam como testar a legibilidade de um texto. Elas reproduzem uma receita do jornalista Alberto Dines.

São seis passos: 1. Conte as palavras do parágrafo. 2. Conte as frases (cada frase termina por ponto). 3. Divida o número de palavras pelo número de frases. Assim, você terá a média de palavra/frase do texto. 4. Some a média da palavra/frase do texto com o número de polissílabos. 5. Multiplique o resultado por 0,4 (média de letras da palavra na frase de língua portuguesa). 6. O produto da multiplicação é o índice de legibilidade.

Possíveis resultados: 1 a 7: história em quadrinhos. 8 a 10: excepcional. 11 a 15: ótimo. 16 a 19: pequena dificuldade. 20 a 30: muito difícil. 31 a 40: linguagem técnica. Acima de 41: nebulosidade.

O livro dá exemplos práticos da eficácia desse teste: "Se o resultado ficou acima de 15, abra o olho. Facilite a vida do leitor. Você tem dois caminhos. Um: diminua o tamanho das frases. O outro: mande algumas proparoxítonas dar umas voltinhas por aí. O melhor: abuse de ambos."

"A Arte de Escrever Bem"
Autoras: Dad Squarisi, Arlete Salvador
Editora: Contexto
Páginas: 112
Quanto: R$ 27,00
Onde comprar: 0800-140090 ou na Livraria da Folha
Fonte: Associação da Família Almeida

terça-feira, 13 de julho de 2010

A importância da água para as crianças

Cuidados especiais


No dia-a-dia, muitas pessoas bebem pouca água, isso inclui as mamães e futuras mamães, esquecendo que seu corpo é constituído por cerca de 65% de água. O que isso representa?

Em conseqüência desse mau hábito, as mamães não oferecem água para seus filhos, ignorando a importância da hidratação diária das crianças. Lembrando que a criança ao nascer é constituída de aproximadamente 79% de água, de 70 a 75% nas primeiras semanas de vida e, no primeiro ano de vida, atinge de 60 a 65%.

Um bebê que é amamentado não necessita de água, chá ou suco. O leite materno oferece ao bebê até os seis meses de idade quantidade de água suficiente para sua hidratação.

Como o estômago e intestino do bebê até os seis meses de vida ainda estão imaturos, mesmo uma “inocente” água pode provocar diarréia e vômitos, aumentando as chances de desidratação.

Por isso, nessa etapa da amamentação, quem precisa de muita água para garantir quantidade de nutrientes suficiente para o leite materno é a mamãe.

Para os bebês alimentados com fórmulas, leite de vaca ou então que já passaram dos seis meses e que estão se alimentando de outros alimentos, a oferta de água é extremamente necessária para hidratá-los.

Ofereça água quando a criança estiver acordada. Deve-se aumentar a oferta de líquidos nos dias quentes e quando o bebê estiver com febre. Crianças precisam mais de água do que um adulto, pois são mais susceptíveis ao stress por calor já que possuem pouca massa corporal e com isso absorvem mais calor.

Também tem uma menor capacidade de suar que os adultos, tendo assim menos capacidade de dissipar o calor do corpo.

Água para recuperar as energias - Crianças que realizam atividade física merecem maior atenção, especialmente em temperaturas quentes. Ofereça água constantemente, pois os pequenos são menos sujeitos a sentir sede durante uma atividade e podem não sentir a necessidade de beber água mesmo quando o corpo precisa.

A água se faz necessária para o crescimento das crianças e para o melhor funcionamento do organismo, melhorando as funções dos rins, bexiga e intestino. As frutas, sucos, legumes e verduras também são fontes de água para o corpo humano. Mas as crianças devem beber pelo menos quatro copos com água fervida ou filtrada para garantir a harmonia do seu corpo.

A boa hidratação da criança previne a prisão de ventre, pois a água melhora o trânsito intestinal e umidifica as fezes.

Caso a criança perca muita água através de transpiração excessiva ou pelo trato gastrointestinal, como febre, diarréia ou vômito, consulte um pediatra e verifique a necessidade de se aumentar a ingestão de água para garantir a perfeita hidratação do seu filho.

As mamães nunca devem esquecer que seus filhos necessitam repor líquidos mais cedo e com maior freqüência e que eles não tomam instintivamente a quantidade suficiente de líquidos para repor a água perdida. Portanto, água neles.

Fonte: Guia do Bebê

Colaboração: AFA - Associação da Família Almeida

segunda-feira, 12 de julho de 2010

COMEMORAÇÃO DE ANIVERSÁRIO

A Dra. Amanda Mota Seabra comemorou mais uma data de aniversário com os familiares de Farias brito e Crato.
Abaixo com o Pai Hugo Alcântara, a mãe Dra. Maria do Carmo Mota e e irmã Dra. Ana Vládia, Psicóloga em Farias Brito.
A aniversariante com a irmã, Dr. Marcelo (esposo de Ana Vládia)e o namorado.
A aniversariante com a irmã Dra. Ana Vládia:
A aniversariante com os tios Cazuza e Seabranira:

A aniversariante com a Avó Dona Neusa Alcântara:
A Aniversariante com Raimundo Gregório e Dra. Fátima Oliveira:



sábado, 10 de julho de 2010

Embaixadas do Cariri - Luiz Domingos de Luna*

O que caracteriza o povo caririense é justamente a tenacidade, a superação de desafios, a busca de horizontes promissores, assim, na rolagem do tempo, a presença do caririense é uma constante nos mais diversos espaços geográficos; principalmente nas grandes cidades, metrópoles, inclusive, a representatividade do tecido sociológico das cidades do cariri, nos grandes centros urbanos, é algo que poderia ser norteado para o bem estar das cidades mães, a união, a formação de associações representativas das cidades de origem, é sempre uma vertente positiva, pois o elo entre os grandes centros e o cariri na construção de uma ponte interativa, séria e comprometida com a base, é fonte de problematização, questionamento, foco de luz e civilidade.
A internet é uma ferramenta que pode ser muito útil na consolidação destes blocos com visão as origens, pois o egresso, não deve ser visto como um “exilado”, ou viver numa reminiscência eterna, vez que a força interativa, constante e coesa, via mundo on-line é um portal a viver dentro de espaços a referenciais diferenciados, porém, sempre à luz da cola sociológica do passado congelado às atualizações do presente e com a visão de futuro assegurada a unicidade dos participantes deste processo social globalizado acessível a todos.
Urge assim, que cada embaixada, tenha o seu próprio estatuto, objetivos bem claros, determinados e concisos, sendo que, a visão de futuro promissor, o facho da civilidade, do progresso, da harmonia, sejam premissas para o norteamento da qualificação do quadro social, pois a liga epistemológica contida neste canal é corrente de luz e vida para todos que estiverem compartilhando com este processo, que é sempre foco de entrelaçamento das “forças vivas pulsativas” em uma sociedade que almeja com o futuro, onde o progresso, a harmonia de convívio social, fonte, pois, assim, todos de fato e direito, possam ter a possibilidade de ser felizes de forma plena e pluralizada.
(*) Professor – Aurora - Ceará
(*) Colaborador do Blog Farias Brito

Frase da semana

do Senador Cristovão Buarque:




"NO FUTEBOL, O BRASIL FICOU ENTRE
OS 8 MELHORES DO MUNDO
E TODOS ESTÃO TRISTES.
NA EDUCAÇÃO É O 85º
E NINGUÉM RECLAMA..."




Poderemos acrescentar que o Brasil tem cinco títulos mundiais no futebol mas não tem um só Prêmio Nobel.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Unidade Móvel da Embrapa promove treinamento durante a Expocrato



A Unidade Móvel de Transferência de Tecnologia Agroindustrial promove treinamento em processamento de frutas tropicais, durante a Exposição Agropecuária do Crato (Expocrato 2010), que acontece de 11 a 18 de julho no Parque de Exposições do Crato (CE).

A unidade móvel é um veículo adaptado para treinamentos em tecnologias desenvolvidas e adaptadas pela Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza – CE) – unidade descentralizada da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Serão ministradas duas oficinas sobre processamento de frutas tropicais para produtores rurais da região, além de treinamento para técnicos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce). A abertura dos trabalhos ocorre na manhã da segunda-feira, dia 12, e conta com a presença do chefe-geral da Embrapa Agroindústria Tropical, Vitor Hugo de Oliveira.

O veículo ficará estacionado no parque de Exposições do Crato. Serão abordados, durante o treinamento, além do processamento, métodos de conservação e envase, visando à produção segura dos derivados de frutas, como doces, frutas desidratadas e polpa de fruta conservada quimicamente.

Para o coordenador do curso, o engenheiro de alimentos da Embrapa Agroindústria Tropical, Raimundo Marcelino da Silva Neto, a grande vantagem da Unidade Móvel é a superação da barreira da carência de programas e estruturas físicas adequadas para que as tecnologias de processamento cheguem aos produtores.

A ação faz parte de projeto de transferência de tecnologia que visa à formação de multiplicadores em tecnologias e processos agroindustriais para agregação de valor ao caju e outras frutas tropicais e envolve recursos de R$ 119 mil, viabilizados pelo BNB/Fundeci.

A Unidade Móvel de Transferência de Tecnologia Agroindustrial é fruto de parceria entre a Embrapa e o Conselho Nacional do Sesi (Consesi). Participou, ainda, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), através do Sesi e do Senai.

Verônica Freire (MTB 01225JP)
Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza/CE)
Contato: (85) 33917117
veronica@cnpat.embrapa.br

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Hospital do Cariri só funcionará em agosto

Ainda faltam algumas conclusões na estrutura predial. O orçamento do hospital é superior a R$ 44,2 milhões

Juazeiro do Norte. O Hospital Regional do Cariri (HRC) iniciará suas atividades no próximo mês. Pelo menos essa é a expectativa da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Nos 15 primeiros dias, o restante dos profissionais estarão contratados para atuar no local e os equipamentos, que ainda estão chegando, funcionarão praticamente em sua totalidade.

Segundo o secretário adjunto da Saúde, Marcelo Sobreira, a meta é entregar o hospital ainda no final de julho para o funcionamento ser iniciado em agosto. Mais de 800 funcionários serão contratados por meio de uma organização social, que fará a seleção dos currículos e entrevistas. Serão 242 médicos de diversas especialidades.

No entanto, uma das entradas do hospital ainda falta ser concluída. Serão duas em funcionamento, uma delas destinada ao serviço ambulatorial e de exames especializados e, a outra, será para emergência. Sobreira afirma que os equipamentos, em sua maioria importados, foram adquiridos no tempo previsto, mas as empresas não entregaram na data determinada.

Por essas condições, o secretário adjunto afirma que o governador Cid Gomes decidiu entregar o hospital em agosto, mesmo sem a sua presença durante a entrega, pelo menos com os equipamentos e o prédio pronto, restando o lançamento do edital para contratação do pessoal em 15 dias. "Somente depois da primeira quinzena de agosto é que iremos funcionar com a carga total", diz.

Profissionais

O médico cardiologista de Juazeiro do Norte, Ângelo Roncalli, demonstra preocupação em relação à contratação de profissionais para o hospital, principalmente de médicos que irão atuar com tratamento de alta complexidade. "Talvez não tenhamos anestesistas suficiente, por exemplo. E isso tem que ser pensado de forma antecipada", diz o médico, que vem acompanhando o trabalho na região. Ele afirma que, possivelmente irá faltar profissionais de algumas especialidades na região. Quanto a isso, o secretário adjunto afirma que estão mantidos contatos com médicos de outros Estados, principalmente do Interior de Pernambuco.

O médico juazeirense alerta para a possibilidade de se iniciar um grande centro de saúde com deficiências no seu funcionamento. Ângelo Roncalli diz ser importante que os profissionais de saúde da região e os conselhos de saúde e enfermagem tenham informações sobre as reais condições de funcionamento do hospital, como e quando realmente vai iniciar suas atividades e os recursos que estarão disponíveis. O profissional de saúde também questiona a forma como é feita a seleção de profissionais, por meio curricular, principalmente por ser ano eleitoral. Ele concorda que esse tipo de contratação deva acontecer por meio de concurso público ou por intermédio de órgãos específicos, como as próprias universidades.

Administração

O secretário adjunto diz que a forma de administração trabalhada pelo hospital, por meio do Instituto de Saúde do Cariri, segue o mesmo modelo do Hospital Waldemar Alcântara, em Fortaleza. E mais sete hospitais em São Paulo são administrados da mesma forma. Ele destaca a importância desse serviço, no sentido de proporcionar uma dinâmica de trabalho.

Marcelo Sobreira destaca também os plantonistas: "teremos médicos que farão plantões de poucas horas e deverão corresponder às expectativas de trabalho, mediante o tempo estabelecido de permanência", explica. Alguns especialistas, além do Estado do Pernambuco, são contatados em Fortaleza e a outra parte da própria região.

O secretário adjunto afirma que o sistema de saúde da região terá uma melhora significativa. O equipamento também funcionará como hospital-escola, dando acesso aos profissionais de saúde que estão sendo formados na própria região, incorporando alunos da medicina tanto da Universidade Federal do Ceará (UFC-Cariri) e da Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte.

O Hospital Regional do Cariri terá 209 leitos e vai garantir à população de 1,3 milhão de habitantes das regiões de Juazeiro, Crato, Barbalha, Icó, Iguatu e Brejo Santo assistência especializada em diversas áreas da saúde. No hospital, a população terá acesso a serviços comuns à Capital. O investimento é da ordem de R$ 44,2 milhões, sendo que R$ 23,5 milhões foram destinados para a compra dos equipamentos.

Carência

"O Hospital foi feito pela própria carência de mais equipamentos de saúde na região e profissionais"
Marcelo Sobreira
Secretário Adjunto da Saúde do Estado

MAIS INFORMAÇÕES
Secretaria de Saúde do Estado - Avenida Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema - Fortaleza
(85) 3101.5123

Elizângela Santos
Repórter

FONTE: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=810608

segunda-feira, 5 de julho de 2010

VARZEALEGRENSE GANHA PRÊMIO DA LOTOFÁCIL

02/07/2010 - Várzea Alegre - Sortudo. Essa é a palavra que os varzealegrenses carregam na ponta da língua desde as primeiras horas de hoje quando correu na cidade a notícia de que um cidadão varzealegrense teria ganhado um prêmio de R$ 131.000,00 (Cento e trinta e um mil reais), da Lotofácil. A informação foi confirmada pelos responsáveis pela Casa Lotérica Líder. O sorteio da Lotofácil foi realizado na noite desta quinta-feira, 01 de julho.

FONTE: http://www.varzeaalegre.com

O Paradoxo Existencial

Por Luiz Domingos de Luna – Professor em Aurora*

É incrível o poder de inquietação dos que não conseguem se adaptar a naturalização das mesmices de uma terra, lugarejo, logradouro (...) que à luz do tempo, nada a oferecer, a quem sonha com a tenacidade, com o enfrentamento de um mundo mais concorrido, quem sabe! Cruel, às vezes, com certeza, uma luta desigual, pois “o exilado” de seu torrão natal, nunca entende se tratar de um exílio, mas sim, de um ser que abandonou o seu berço existencial para a plenitude, conseguida com sangue suor e lágrimas, passando inclusive, por agruras tão doloridas, que, em não suportando o peso do acirramento competicional, uma parcela se dilui na argamassa humana dos anônimos, vencidos pelo tempo e pelo cansaço existencial, à dor de uma renitência pisoteada, humilhada e violada, transformando , o grande objetivo do desbravador social em um sonho caído, um sonho quebrado, um sonho perdido.Porém, nesta guerra na selvageria social, sempre há, os que, de tudo fizeram para continuar na linha de frente de um combate, onde a vitória e a derrota, são o saldo positivo ou negativo de todos que se propõem a dar brilho, luz e foco a sua própria história de vida.Trazer o troféu de herói, dos mais longínquos espaços geográficos, para expor ao torrão natal, como exemplo a ser seguido para as gerações atuais e vindouras, é sempre motivo de dor e sacrifício, pois, os laços estnográficos, a filtrar pela lente da emoção e das reminiscências, um dualidade de uma complexidade estrutural muito forte e coesa, pois,por parte do desbravador: um débito que não existe, mas,está presente nas lembranças que nunca deixam de ser lembradas.Ao torrão natal a cobrança ao desbravador, que na verdade, foi expulso, unicamente por falta de oportunidades. Eis o grande paradoxo, na expulsão, um fracassado que sai, e, ao retorno com o troféu da vitoria, um devedor a consertar tudo que deu errado, exatamente, na sua ausência.
(*) Colaborador do Blog Farias Brito

FAMILIARES COMEMORAM FORMATURA DE BRUNO

Bruno Eduardo Rocha Alencar filho de Antônio Humberto Alencar e Fábia Maria Ribeiro Rocha, comemorando a sua formatura do Curso de Medicina da FMJ - Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte. Êle reuniu os familiares no bairro Granjeiro, município de Crato, no sábado último.

Dr. Bruno descende pelo lado paterno das Famílias Liberalino/Lôbo/Alencar e do lado materno das Famílias Alves/ Rocha.
Dr. Bruno no centro com sua Avó, Nilziê, seu tio Raimundo Lino e seu primo Cazuza:

Dr. Bruno com sua Avó Nilziê e seu primo Zacarias:


Dr. Bruno com sua Avó Nilziê e suas prima Marineide (Crato) e Zilminha (Tocantins):




O Pai de Bruno, Antônio Humberto, com a mãe Nilziê, os tios Naziazeno e Raimundo, e o amigo esposa da prima Fátima:




O pai de Dr. Bruno, Antônio Humberto, com os primos Sobreira e Cazuza:




O Pai de Dr. Bruno, Antônio Humberto, com tios e parentes:






Antônio Humberto com seu irmão André Luiz:







As tias de Dr. Bruno: Audiê e Lucineide:




Dr. Aureliano e as primas Marineide e Zilminha:





Naziazeno, tio do Dr. Bruno, esteve presente:






O primo Josué Lôbo Neto veio de Paraízo do Tocantins participar do evento da formatura do seu primo, Dr. Bruno:











Conceição que reside em Paraízo do Tocantins e mão de Josué e Zilminha se deslocaram de tão longe para participar da alegria junto familiares:



Laice Lacerda e Audiê:






Rosivânia também não podia faltar para comemorar com os primos e primas:










Dr. Moacir Leite e namorada:




Foi muita alegria durante todo o dia:






domingo, 4 de julho de 2010

PASTORAL DO DIZIMO SE REUNE EM FARIAS BRITO


A Coordenadora da Pastoral Diocesana do Dízimo, Marisalva Saraiva Tavares, realizou reunião na Paróquia de N. Sra. da Conceição, em Farias Brito, sábado último, dia 3 de julho, com a presença do Vigário, Pe. José Coringa, membros da Pastoral e Missionários.

O Dízimo foi implantado no ano de 2001 na Paróquia de Farias Brito e está presente hoje na Sede, 6 Capelas e 1 Comunidade.






Na Paróquia de Farias Brito existem 2.243 Dizimistas cadastrados e 72 Missionários visitam as familias mensalmente.
O Dr. Norival Rodrigues de França acompanhou a equipe diocesana.



A Missa do Dizimo é realizada no 2º Domingo do Mes na Matriz.







A Pastoral do Dízimo da Paróquia dará prioridade para este ano a realização de Momentos Celebrativos nos Setores Urbanos.












Sete candidatos vão disputar o Governo

Para que realmente possam disputar a eleição deste ano, eles ainda pedirão ao TRE o registro dos seus nomes

O eleitorado cearense vai poder escolher, dentre sete candidatos, qual será o governador do Estado, a partir do dia primeiro de janeiro do próximo ano. A eleição, quando também serão eleitos dois senadores e seus respectivos suplentes, 22 deputados federais e 46 deputados estaduais, vai acontecer no dia 3 de outubro, no seu primeiro turno. Se houver segundo turno a votação acontecerá no dia 31 de outubro.

São candidatos ao Governo do Estado: Cid Ferreira Gomes, nascido no Município de Sobral, começou na política como deputado estadual sendo eleito em 1990 e reeleito em 1994. Nesse período exerceu as funções de 1º secretário e presidente da Assembleia Legislativa.

Em 1996 foi eleito prefeito de Sobral, sendo reeleito nas eleições do ano 2000. Em 2006 disputou o Governo do Estado e como candidato de oposição ao então governador, Lúcio Alcântara, foi eleito. Seu pai, José Euclides Ferreira Gomes, foi prefeito de Sobral e o irmão, Ciro Ferreira Gomes, foi deputado estadual, governador, ministro de Estado e atualmente exerce o mandato de deputado federal. Cid Gomes é formado em engenharia civil pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e é candidato pelo PSB. Foi filiado ao PSDB e do PPS.

Ex-governador

Lúcio Gonçalo de Alcântara, além de político é médico e escritor com várias obras publicadas. É natural de Fortaleza e seu pai, Waldemar Alcântara, exerceu várias funções na política cearense, inclusive o cargo de governador. Lúcio Alcântara ingressou na vida pública como secretário de saúde do Estado.

Foi prefeito de Fortaleza, deputado federal, vice-governador do Estado, senador e governador. Pleiteou a reeleição em 2006 e foi derrotado por Cid Gomes. Na sua trajetória política pertenceu a várias legendas, pois foi filiado ao PDS (extinto), ao PDT, e ao PSDB. Atualmente preside o diretório estadual do Partido da República (PR).

Marcos César Cals de Oliveira pertence a tradicional família política no Estado, pois seu avô, César Cals, foi governador do Estado e seu pai, César Cals de Oliveira Filho, foi governador, senador e ministro de Estado. Ele é deputado estadual pelo PSDB e está no quinto mandato consecutivo.

Marcos Cals ingressou na política no início dos anos 80 participando da fundação do Partido Social Democrático (PSD). Em 1986 obteve seu primeiro mandato e em 1988 foi derrotado na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. Como deputado foi primeiro secretário e presidente da Assembleia Legislativa. Ele pertence aos quadros do PSDB e no atual Governo exerceu a função de secretário de Justiça, deixando o cargo para efeito de desincompatibilização.

Raimundo Marcelo Carvalho da Silva, candidato do Partido Verde (PV) ao Governo do Estado iniciou sua vida política como vereador em Maranguape, onde também foi eleito e reeleito prefeito municipal. Em 2004 foi candidato à Prefeitura de Fortaleza e na primeira administração Luizianne Lins exerceu a função de secretário da Regional III. Ele é formado em arquitetura e urbanismo pela UFC e pós-graduado em gestão de cidades pela Unifor. Marcelo Silva é o presidente da comissão estadual do Partido Verde e antes de se filiar ao PV pertenceu aos quadros do PSB.

Ambientalista

Soraya Tupinambá foi a escolhida pelos militantes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) para representar a legenda na disputa pelo Governo estadual este ano. Ela não é conhecida do eleitorado cearense, pois esta é a primeira vez que participa de uma disputa majoritária. Ela é formada em engenharia de pesca, trabalha em uma ONG com atividades voltadas às causas ambientalistas e é militante do movimento de esquerda.

Maria da Natividade Pinho Belém Rocha é a candidata do Partido Comunista Brasileiro (PCB) Ela é bancária aposentada do Banco do Brasil e tem formação superior em História e Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Já presidiu o Sindicato dos Bancários do Estado e há vários anos está filiada ao partido. Nas eleições de 1986 disputou uma vaga na Assembleia Legislativa conseguindo 2.832 votos.

Francisco das Chagas Gonzaga, militante do movimento sindical, trabalhador da construção civil, foi o escolhido pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU) para ser o seu candidato a governador. Gonzaga é diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Ceará. Esta não é a primeira vez que ele participa de uma disputa majoritária porque nas eleições municipais de 2008 disputou a Prefeitura de Fortaleza como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Renato Roseno do PSOL. Gonzaga também concorreu ao cargo de vereador de Fortaleza nas eleições de 2004, recebendo um total de 36 votos.

Candidatos a vice

Os candidatos a vice-governador com as respectivas legendas a que pertencem são os seguintes: Domingos Filho (PMDB) é do governador Cid Gomes, Claudio Vale (PPS) é o do ex-governador Lúcio Alcântara, Pedro Fiuza (PSDB) é o do deputado Marcos Cals, Aristides Braga (PV) é o do candidato Marcelo Silva, Eronilton Buriti (PSOL) é o da candidata Soraya Tupinambá, Violeta Maria (PCB) é a da candidata Maria da Natividade e Nivânia Amanço (PSTU) é a escolhida para ser a vice do candidato Francisco das Chagas Gonzaga.

sábado, 3 de julho de 2010

Brasil adia sonho do hexa para 2014

A derrota melancólica sofrida ontem encerrou o sonho brasileiro de avançar à semifinal do Mundial da África do Sul

Dunga assumiu o comando da seleção em 2006, após a eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo para a França, com o objetivo de apagar o fracasso brasileiro. Não conseguiu, no entanto, cumprir o seu objetivo. Ontem, o Brasil perdeu de virada para a Holanda por 2 a 1, no estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth, e foi eliminado nas mesmas quartas de final do Mundial da África do Sul.

Com forte marcação no meio de campo das duas seleções, a partida começou truncada e com faltas duras. No entanto, não demorou para que o Brasil se soltasse e o confronto se tornasse emocionante. Aos sete minutos, Daniel Alves recebeu passe de Luís Fabiano ligeiramente à frente da marcação, carregou até a entrada da área e tocou para Robinho completar para as redes. Corretamente, a arbitragem marcou impedimento.

O gol anulado em nada desanimou a Seleção Brasileira. E apenas dois minutos depois, abriu o placar em bonita jogada. Felipe Melo recebeu no meio de campo e deu passe grandioso nas costas da zaga. Sozinho, Robinho apareceu na meia-lua e tocou na saída do goleiro Stekelenburg, em gol que dessa vez foi validado pela arbitragem.

Nem bem a Seleção Brasileira havia terminado de comemorar quando a Holanda quase empatou. Logo no minuto seguinte, Kuyt recebeu sozinho na esquerda, dentro da área, e bateu rasteiro para a boa defesa de Julio Cesar. Os holandeses seguiam pressionando nos minutos seguintes, mas com menos ímpeto. Bem marcado por Juan, Gilberto Silva e Michel Bastos, Robben pouco criava. Van Persie também era improdutivo.

O ímpeto holandês não mudou após o intervalo. O jogo, no entanto, alterou completamente após falha brasileira aos oito minutos, quando Sneijder recebeu na direita e cruzou para a área Julio Cesar. A bola resvalou na cabeça de Felipe Melo e entrou para o gol, empatando o jogo. Somente aos 15 minutos o Brasil chegou pela primeira vez: Daniel Alves recebeu na intermediária, driblou o marcador e arriscou para fora, com perigo.

A Seleção criou outra boa chance de gol aos 20, após Kaká receber na meia-lua e colocar no ângulo, em bola que saiu por pouco. Mas apenas dois minutos depois, após novo levantamento para a área, a Holanda foi mortal. Robben bateu escanteio, Kuyt desviou na primeira trave e Sneijder, após Felipe Melo falhar na marcação, completou para as redes.

O panorama brasileiro ficou ainda pior aos 27, quando o volante da Juventus cometeu falta em Robben e pisou, em seguida, no atacante. Corretamente, recebeu o cartão vermelho direto. A equipe de Dunga, a quarta seleção campeã mundial eliminada neste Mundial, encerrou de maneira melancólica o sonho de avançar à semifinal.

www.diariodonordeste.com.br

quinta-feira, 1 de julho de 2010

CAPS COMEMORA O DIA DAS MÃES

Foi realizado no dia 27 de maio a comemoração do dia das mães do Centro de Atenção psicossocial (CAPS ) onde usuários,familiares e funcionários se confraternizaram.Na programação além da apresentação do coral infantil da escola Maria Carmozina e do cantor Cratense Fernando Antonio Gino Feitosa os usuários tiveram oportunidade de manifestar-se através de poesias e musicas. Mais uma vez a comunidade Farias Britense e funcionários públicos municipais amigos e parceiros do CAPS contribuíram com brindes que foram distribuídos durante as comemorações. Abrilhantando o evento que contou com o apoio da prefeitura municipal e a secretaria de saúde estiveram presentes a doutora Socorro Oliveira – Secretária de Ação Social, a professora Socorro Menezes – Secretária de Educação, a professora Liêta – Pedagoga do CAPS, a doutora Tatiane Francelino – Procuradora do município, a doutora Cícera Granjeiro – Escrivã da Polícia Civil, a professora Aldevan Sales de Araújo – Diretora da Escola Maria Carmosina, a professora Ivonete Freitas – maestra do coral infantil, a doutora Edinária – Nutricionista e a doutora Mara Glenda – Fonoaudióloga.