sábado, 10 de julho de 2010

Embaixadas do Cariri - Luiz Domingos de Luna*

O que caracteriza o povo caririense é justamente a tenacidade, a superação de desafios, a busca de horizontes promissores, assim, na rolagem do tempo, a presença do caririense é uma constante nos mais diversos espaços geográficos; principalmente nas grandes cidades, metrópoles, inclusive, a representatividade do tecido sociológico das cidades do cariri, nos grandes centros urbanos, é algo que poderia ser norteado para o bem estar das cidades mães, a união, a formação de associações representativas das cidades de origem, é sempre uma vertente positiva, pois o elo entre os grandes centros e o cariri na construção de uma ponte interativa, séria e comprometida com a base, é fonte de problematização, questionamento, foco de luz e civilidade.
A internet é uma ferramenta que pode ser muito útil na consolidação destes blocos com visão as origens, pois o egresso, não deve ser visto como um “exilado”, ou viver numa reminiscência eterna, vez que a força interativa, constante e coesa, via mundo on-line é um portal a viver dentro de espaços a referenciais diferenciados, porém, sempre à luz da cola sociológica do passado congelado às atualizações do presente e com a visão de futuro assegurada a unicidade dos participantes deste processo social globalizado acessível a todos.
Urge assim, que cada embaixada, tenha o seu próprio estatuto, objetivos bem claros, determinados e concisos, sendo que, a visão de futuro promissor, o facho da civilidade, do progresso, da harmonia, sejam premissas para o norteamento da qualificação do quadro social, pois a liga epistemológica contida neste canal é corrente de luz e vida para todos que estiverem compartilhando com este processo, que é sempre foco de entrelaçamento das “forças vivas pulsativas” em uma sociedade que almeja com o futuro, onde o progresso, a harmonia de convívio social, fonte, pois, assim, todos de fato e direito, possam ter a possibilidade de ser felizes de forma plena e pluralizada.
(*) Professor – Aurora - Ceará
(*) Colaborador do Blog Farias Brito
Postar um comentário