domingo, 8 de agosto de 2010

MEU AMIGO, MEU HEROI, MEU PAI.

Ao homem a quem eu amo com todas as força do meu coração, por ele sou o que sou, é por ele que existo, é por ele que luto, e por ele eu daria minha vida.


Aquele a quem me orgulho de chamar de pai, quero que saiba nas entrelinhas desta poesia o quanto eu o amor.











Meu pai, meu orgulho...






Pai, não sou um poeta, nem sou um artista,

Não saio em Tv, nem dou entrevista,

Mas quero passar-te a minha mensagem.

Pai, ela foi extraída do meu coração,

São simples rabiscos, transformei em canção,

Só para prestar-te a minha homenagem.



Pai perdoa se às vezes fui inconseqüente,

São coisas de um jovem de um adolescente

Que pensa que sabe as coisas da vida.

Pai perdoa se nunca falei que te amo,

Mas hoje para o mundo inteiro declamo,

Você é pra mim meu orgulho na vida.



Pai você sempre foi um bom conselheiro,

Além de um grande amigo,

Foi meu companheiro.

Quando eu mais precisei,

Sempre esteve presente

Meu pai você é meu orgulho,

Vai ser para sempre.



Você é lembrança eterna...

Em minha memória,

Num livro chamado de vida,

Você é minha história,

E se um dia eu casar,

E o Senhor me der filhos,

Meu pai, contarei para eles, sua história.
Postar um comentário