segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Walmart investe R$ 30 milhões em Juazeiro

Fonte: Diário do Nordeste

imagem.asp?Imagem=444793
Loja terá 7,5 mil m² de área construída, comercializando cerca de 40 mil itens e contando com uma farmácia

Juazeiro do Norte - Com investimentos da ordem de R$ 30 milhões, o grupo Walmart anunciou, ontem, a construção da primeira unidade do Hiper Bompreço, em Juazeiro do Norte. A obra está sendo iniciada na cidade, em uma área de 22,4 mil metros quadrados, com 7.500 m² de área construída, na Avenida Padre Cícero, no bairro Triângulo. A loja irá comercializar mais de 40 mil itens, com geração de 200 empregos diretos e deverá entrar em funcionamento até o fim do ano. De acordo com Rogério Macedo, diretor de Operações Nordeste do grupo, "este é o segundo maior investimento do grupo no Estado, depois dos R$ 100 milhões que foram aplicados em Fortaleza, em empresas do segmento".

"Juazeiro é uma praça estratégica para nós. A escolha não se deve à isenção fiscal, já que uma das prioridades do Walmart é buscar área com potencial de desenvolvimento para implantar a nona loja". A unidade disponibilizará produtos alimentícios e não-alimentícios, entre eles, eletroeletrônicos, bazar, automotivos, têxteis, livros e CDs, além de itens de padaria, rotisserie e açougue. Outros serviços como pagamentos de contas, recarga digital e venda de vale-gás também serão oferecidos. Uma farmácia com pelo menos três mil itens, principalmente de medicamentos genéricos, será instalada.

Para o prefeito da cidade, Manoel Santana, o potencial da região tem chamado a atenção de grandes redes. "A chegada do grupo Walmart ao Cariri não deverá se restringir ao Hiper Bompreço; existe outro investimento planejado para a área atacadista: o Maxxi".

Para Rogério Macêdo, a concorrência é algo saudável; é o que move o grupo que ostenta 50% do seu faturamento no Nordeste. A loja a ser instalada em Juazeiro traz um multiformato, oferecendo conforto, serviços diversos e preços com base na realidade local, amparada por pesquisas no mercado regional. Ele destacou que a unidade será construída nos moldes de sustentabilidade, envolvendo iniciativas que gerem menor impacto ao meio ambiente. As práticas vão desde gestão ambientalmente responsável de resíduos sólidos, energia e água, até o uso de materiais recicláveis e certificados. Outra iniciativa é estimular o consumo consciente e a adoção da reciclagem dos produtos. A empresa já iniciou as ações ambientais, com a doação de 800 mudas de ipê para escolas da rede municipal.

ELIZÂNGELA SANTOS
Especial para Economia
Postar um comentário