quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Prova de seleção para Hospital Regional do Cariri será domingo (14)


Serão aplicadas neste domingo, 14 de novembro, as provas da seleção para o preenchimento das 994 vagas de níveis superior, médio e fundamental oferecidas pelo Hospital Regional do Cariri, com inauguração já marcada pelo Governo do Estado para o dia 10 de dezembro. O processo seletivo organizado pelo Instituto Cidades recebeu 12.291 inscrições. Os candidatos farão as provas em Fortaleza e Juazeiro do Norte, nos períodos da manhã e da tarde, de acordo com o cargo a que o candidato concorre (veja quadros abaixo). Serão aplicadas provas objetivas para os cargos de nível superior e nível médio e provas objetivas e discursiva para os cargos de gestão. Os candidatos classificados serão convocados por meio de edital para a entrega dos Títulos após a divulgação da correção das provas objetivas e discursiva. Serão convocados três vezes o número de vagas. Para as  categorias que tenham até 4 vagas serão convocados 15 candidatos.


O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva já confirmou presença na inauguração do Hospital Regional do Cariri, previsto para o dia 10 de dezembro. Com 294 leitos, o HRC foi construído pelo governo do Estado para atendimento de urgência e emergência e realização de serviços e exames de média e alta complexidade. O HRC fica em Juazeiro do Norte, na Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n, estrategicamente entre os municípios de Barbalha e Crato para facilitar o acesso à população de 1,3 milhão de habitantes dos 41 municípios da macrorregião do Cariri e das microrregiões de Iguatu e Tauá. O HRC é um hospital de grande porte, com 27.126,47 metros quadrados de área construída.

Exames especializados, que hoje na rede pública são realizados somente na Capital, o HRC vai oferecer à população na própria região. É o caso da ressonância magnética que atualmente apenas o Hospital Geral de Fortaleza realiza. Outro exame especializado que a população do Cariri terá acesso mais fácil é a tomografia computadorizada. “Isso significa fortalecer a regionalização, descentralizar os serviços e garantir na prática a equidade”, afirma o secretário da saúde do Estado, Arruda Bastos. No apoio ao diagnóstico e terapêutico, além da ressonância magnética e da tomografia computadorizada, serão oferecidos aos pacientes radiologia geral, ultrassonografia geral e intervencionista, endoscopia digestiva e respiratória, eletrocardiograma, ecocardiograma eletroencefalograma, litotripsia, mamografia. O hospital conta com laboratórios de análises clínicas e patologias clínicas, citologia, anatomopatologia e ainda agência transfusional.

A população será atendida em diversas especialidades médicas, como a cirurgia geral, clínica médica, traumato-ortopedia, neurologia, cirurgia plástica, cirurgia buco-maxilo-facial, cirurgia vascular, cardiologia, proctologia, gastroenterologia, urologia, oftalmologia e mastologia. O novo e maior hospital da região ainda terá serviços de farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional, serviço social e ouvidoria. O HRC também será referência em atividades de ensino e pesquisa, contribuindo para a formação de recursos humanos na área de saúde no Estado, com capacidade para acolher dois residentes em cada especialidade e quatro internos.

O hospital teve as obras iniciadas em fevereiro do ano passado. O investimento foi de R$ 96 milhões, recursos 100% do Tesouro do Estado. Desse total, R$ 65 foram investidos em obras e R$ 31 milhões na aquisição de equipamentos. Os profissionais aprovados na seleção pública, de responsabilidade técnica e operacional do Instituto Cidades, serão treinados para o manuseio dos equipamentos com tecnologia moderna. Em seguida, serão implantadas as rotinas e protocolos de atendimento e os procedimentos operacionais padrões para o funcionamento do hospital.

Na gestão, o HRC adotará o modelo de Organização Social (OS). O Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), entidade sem fins lucrativos, será responsável pela administração do Hospital Regional do Cariri, com base em Contrato de Gestão firmado com o Governo do Estado. O modelo é o mesmo adotado no Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, que também tem gestão do ISGH, que, em 2002, tornou-se a primeira Organização Social de Saúde do Estado.

LOCAL DAS PROVAS

Juazeiro do Norte:
- Faculdade Leão Sampaio
- E.E.M. Governador Adauto Bezerra
- E.M.E.F. Lili Neri
- CERE Almirante Ernani Vitorino Aboim Silva
- E.E.F. Demostenes Ratts Barbosa
- E.E.F. Dr. Edvard Teixeira Ferrer
- Universidade Regional do Cariri - URCA
- E.E.F.M. Presidente Geisel Polivalente

Fortaleza:
- Faculdade de Educação - UFC
- Centro de Humanidades - Area II UFC
- E.E.M. Governador Adauto Bezerra

HORÁRIOS DAS PROVAS

Manhã (8h)

CARGOS
Nível Superior Médico, Não Médico e Administrativo

Gerentes e Assessores Técnicos

Nível Médio, seguintes cargos:
Ascensorista
Auxiliar de Escritório
Bombeiro Hidráulico
Conferencista e expedidor de roupas
Eletricista
Recepcionista
Serviços Gerais (Controlista de Acesso)
Técnico em Gesso
Telefonista
Maqueiro (Auxiliar de enfermagem p/ transporte)
Motorista Administrativo
Porteiro

Tarde (14h)

CARGOS

Nível Fundamental

Nível Médio, seguintes cargos:
Auxiliar Administrativo
Auxiliar de Farmácia
Auxiliar de Laboratório
Auxiliar de Manutenção
Técnico de Enfermagem
Técnico em Radiologia
Técnico em Laboratório
Técnico de Segurança do Trabalho
Técnico em Folha de Pagamento
Técnico em Informática
Motorista de Ambulância

10.11.2010
Assessoria de Imprensa da Sesa
Selma Oliveira ( soliveira@saude.ce.gov.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / 85 3101.5220)
Postar um comentário