sábado, 8 de janeiro de 2011

Especialista recomenda cuidados com a saúde durante as férias

Entre as dicas estão cuidados com a higiene, vacinação e medicamentos.
Problemas de saúde podem ocorrer dentro do carro, ônibus, navio ou avião.

Para evitar surpresas desagradáveis nas férias, cuidados simples como lavar as mãos antes das refeições e saber escolher quais alimentos comer na rua ou em restaurantes são algumas das precauções para garantir um passeio tranquilo. Para quem está de viagem marcada vale algumas dicas que podem ajudar o viajante a evitar que as férias virem um problema.
Muita gente já passou momentos de aperto durante uma viagem e teve que recorrer a um serviço médico, seja por ter comido um alimento de procedência duvidosa, uma crise de enxaqueca e até mesmo por causa de uma alergia. Entre as dicas estão, ainda, cuidados com a higiene, vacinação e uso de medicamentos.
Uma das recomendações é fazer uma avaliação de saúde com profissionais habilitados e não viajar se estiver doente. Longas horas de viagem de carro, avião ou ônibus favorecem, por exemplo, o surgimento de problemas circulatórios. O estresse durante a viagem também pode diminuir a resistência do organismo e abrir caminho para outras doenças.

Para quem vai viajar para fora do país também é importante conhecer características da região, como clima, altitude, diferença de fuso horário, infraestrutura urbana, alimentação, costumes, normas, cultura, doenças que afetam a população local e susceptibilidade a desastres naturais (inundações, terremotos, furacões) dos lugares visitados.

Veja algumas dicas de acordo com o site do Ministério da Saúde:
Problemas de saúde podem ocorrer ainda dentro do carro, ônibus, navio ou avião. Assim, não deixe de levar, tanto na mala como na maleta de mão, medicações contra dor de cabeça, alergias imprevistas ou aquelas de uso regular no controle de doenças pré-existentes, como hipertensão, diabetes e asma, entre outras. As medicações devem ter prescrição médica.
Siga sempre as regras para transporte de objetos e líquidos exigidas pelas companhias de transporte aéreo internacional. Se ocorrer qualquer alteração no seu estado de saúde durante um voo ou cruzeiro, comunique imediatamente a tripulação de bordo.
Em caso de adoecimento durante a sua estadia no local de destino, busque atendimento médico e não pratique a automedicação. Frente a quaisquer situações inusitadas (acidentes, assaltos, perda de passaporte), bem como a problemas mais graves de saúde, procure ajuda e orientações junto às autoridades locais ou a embaixada do Brasil em cada país.
 
Do Bom Dia Rio

 

Postar um comentário