sexta-feira, 27 de maio de 2011

Darival Beserra Primo destaca virtudes do novo integrante do TJCE

O desembargador Francisco Darival Beserra Primo saudou o novo integrante da Corte de Justiça estadual, desembargador Carlos Rodrigues Feitosa, empossado nesta quinta-feira (26/05) no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). "Carlos conquistou notoriedade pela adoção de medidas inéditas, fortes e corajosas", disse.

O desembargador Darival ressaltou o início da carreira do empossado, que foi o primeiro juiz a presidir as eleições municipais de Barbalha. "Ele atualizou todo o serviço judiciário da Comarca, bastante atrasado. Imprimiu, portanto, ordem, respeito e obediência a todas as suas decisões".

Sobre as qualidades necessárias ao exercício da magistratura, Darival citou a frase do filósofo grego Sócrates: "Três coisas devem ser feitas por um juiz: ouvir atentamente, considerar sobriamente e decidir imparcialmente". Ele entende que os juízes são "arautos inflexíveis da lei, piedosos porta estandartes da equidade, mensageiros de uma era de paz coletiva e de confiança entre os homens".

Darival Beserra trouxe à memoria a lembrança do pai de Carlos, o também juiz Carlos Leite Feitosa. "Vários foram os ensinamentos que ele me transmitiu, dentre os quais destaco a correção, a probidade, a honestidade, o compromisso, o espírito público e o interesse pelos livros".

Durante o discurso, Darival Beserra falou ainda da importância do processo de virtualização que está sendo posto em prática no Judiciário cearense. "É irreversível e simboliza a modernidade, a agilidade e segurança total dos nossos procedimentos. Esforços estão sendo expendidos pela atual administração do nosso Tribunal, que está aperfeiçoando a iniciativa e lhe dando o retoque do aprimoramento necessário e desejado".

O desembargador disse que a virtualização é uma revolução, que demanda tempo, "carecendo de paciência e de compreensão de todos quantos dela vão se beneficiar".

Postar um comentário