terça-feira, 24 de maio de 2011

Preços de ligação entre 24 cidades vão ter redução


Dos 560 municípios do País beneficiados, 24 estão no Ceará, nas regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri
A ligação da telefonia fixa entre alguns municípios pode ficar mais barata. A partir deste sábado (28), os usuários de telefone fixo nas regiões metropolitana de Fortaleza e do Cariri poderão fazer chamadas a custo de ligação local para municípios com mesmo DDD e que apresentem continuidade geográfica, segundo informações divulgadas ontem pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Atualmente, o preço médio de uma ligação local, via Telemar, é de R$ 0,07. Até sábado, uma ligação DDD entre Fortaleza e Cascavel, por exemplo, sai por R$ 0,24513 pela Embratel ou R$ 0,32912 pela Telemar, de acordo com simulação feita no site da Anatel. Os valores são referentes a uma ligação realizada durante a semana, entre 10h e 11 horas. Com a mudança, as conversas por telefone entre Fortaleza e Cascavel terão custo de ligação local.

De acordo com a Anatel, no Ceará, 4,2 milhões de moradores das regiões metropolitanas de Fortaleza e Cariri serão beneficiados. A região de Fortaleza é composta por 15 municípios e terá 3,7 milhões de beneficiados. A região do Cariri, com nove municípios, terá 560,3 mil beneficiados. O Ceará tem 783 mil acessos fixos; 50,3 mil telefones públicos; e 8 milhões de acessos móveis.

País
Em todo o País, a medida beneficia usuários de telefones fixos de 39 regiões metropolitanas e três regiões integradas de desenvolvimento. A mudança alcança, direta ou indiretamente, até 68 milhões de pessoas em cerca de 560 municípios. Essa revisão é feita anualmente.

"O novo regulamento amplia os critérios de definição de áreas locais, que passa a abranger o conjunto de municípios pertencentes a uma região metropolitana ou região integrada de desenvolvimento (ride) que tenham continuidade geográfica e pertençam a um mesmo código nacional de área (DDD)", explica em nota a Anatel. A mudança foi publicada pela agência em 21 de janeiro de 2011, com a revisão do Regulamento sobre Áreas Locais para o Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC).

Foram contempladas no regulamento as regiões metropolitanas de Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Londrina (PR), Maringá (PR), Baixada Santista (SP), Campinas (SP), Belo Horizonte (MG), Vale do Aço (MG), Rio de Janeiro (RJ), Grande Vitória (ES), Goiânia (GO), Vale do Rio Cuiabá (MT), Salvador (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL), Agreste (AL), Campina Grande (PB), João Pessoa (PB), Recife (PE), Natal (RN), Cariri (CE), Fortaleza (CE), Sudoeste Maranhense (MA), Belém (PA), Macapá (AP), Manaus (AM), Capital (RR), Central (RR), Sul do Estado (RR), Florianópolis (SC), Chapecó (SC), Vale do Itajaí (SC), Norte/Nordeste Catarinense (SC), Lages (SC), Carbonífera (SC) e Tubarão (SC). Quanto às regiões de Foz do Rio Itajaí (SC), Grande São Luís (MA) e São Paulo (SP), todos os seus municípios já são considerados uma mesma área local. As Rides são Distrito Federal e Entorno (DF/GO/MG), Pólo Petrolina e Juazeiro (PE/BA) e Grande Teresina (PI/MA).

Regiões no Ceará
RMF
Aquiraz

Caucaia

Chorozinho

Eusébio

Fortaleza

Guaiúba

Horizonte

Itaitinga

Maracanaú

Maranguape

Pacajus

Pacatuba

Pindoretama

São Gonçalo do Amarante

Cariri
Barbalha

Caririaçu

Crato

Farias Brito

Jardim

Juazeiro do Norte

Missão Velha

Nova Olinda

Santana do Cariri

CAROL DE CASTROREPÓRTER
www.diariodonordeste.com.br
Postar um comentário