sábado, 18 de junho de 2011

Peleleja de poetas

 Meus queridos leitores isso não é uma peleja, não somos repetistas, estamos apenas se divertido com  os versos, como as crianças usam brinquedos os poetas usam as palavras e as rimas.


Professor e poeta wilton  



amigo não entenda mal
pois já lhe tenho estima
a brincadeira do preço
foi só pra manter a rima
afinal creio que arte
vale de um milhão acima

sou professor e trabalho
com a arte popular
estou escrevendo um projeto
sobre os cordeis do lugar
quem sabe se o amigo
poderia me ajudar

o cordel contemporâneo
é essa minha pesquisa
e esse tipo de arte
é o que ela prioriza
e também os cordelistas
esse aspecto também visa

então amigo desejo
todo sucesso do mundo
sei que sua fonte de arte
é mesmo um posso sem fundo
deixo aqui o meu afeto
e um abraço profundo

Do poeta e professor Wilton de Farias Brito Ceará.



Resposta ao professor e poeta Wilton
 do poeta Francis Gomes


Amigo não se preocupe
a arte não tem valor
eu bem sei que sobre o preço
é coisa de trovador
mas também sei que o sistema
paga mau um professor
e como disse repito
se não puder comprar o livro
com muito prazer lhe dou.

agradeço o apreço
que tem pelo meu trabalho
é bom saber que ajudo
nunca eu atrapalho
mas a vida é deste jeito
uns busca caimnho estreito
e outro pega atalho

de qualquer forma eu conto
com sua grata presença
no dia do lançamento
confio na vossa crença
se estiver lecionado
va logo se preparando
pra tirar uma licença

um grande abraço poeta
deste poeta menor
na vida não somos nada
se tentamos viver só
mas como diz por aqui
aperte a corda daí
e junto apertemos o nó


Francis Gomes tambám Fariasbritense filho da terra e mora em São Paulo, mas como diz uma grande poetisa amiga minha: de passagem mas não a passeio.
 Abraço a todos
Postar um comentário