quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Cid Gomes anuncia concursos

Governador assinou também o decreto de reajuste dos valores das diárias de serviço no percentual de 8,74%
O governador do Estado, Cid Gomes, anunciou, na noite da última terça-feira, a realização de concursos públicos para preencher vagas nas áreas de Educação, Justiça, Trânsito e Segurança. No total, serão ofertadas 5.800 vagas.

No encontro, realizado entre o governador e representantes de movimentos sindicais e associações do serviço público, na sala de reuniões do Palácio da Abolição, Cid informou, também, que vão ser nomeados 23 novos escrivães de Polícia Civil.

As deliberações foram comunicadas durante a reunião. Entre os concursos já autorizados pelo Governo, estão duas mil vagas para Ensino Médio da Secretaria da Educação, 800 para agentes penitenciários da Secretaria da Justiça, inspetores da Polícia Civil, servidores para o Detran e três mil vagas para a Polícia Militar.

Edital
A previsão é que parte desses concursos tenha edital publicado ainda neste ano. Um exemplo é o de agentes penitenciários e o do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Na ocasião, Cid Gomes assinou o decreto de reajuste dos valores das diárias de serviço no percentual de 8,74% e o projeto que beneficia os engenheiros com ações no Estado.

O governador autorizou, ainda, que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) estude a proposta na mudança da carga horária dos servidores que têm 30 horas para 40 horas e auxílio transporte para os servidores do Interior que se deslocam mais de 6 Km até o local de trabalho.

Para a presidente Sindicato dos Trabalhadores de Trânsito do Ceará (Sindetran), Eliane Uchoa, quem vai ganhar com a realização desse concurso é a população, pois, hoje, a carência de servidores dificulta o atendimento no órgão.

"Finalmente, o Governo está entendendo que o concurso não é um desejo apenas dos servidores do Detran e sim de toda a população", comentou Eliane.

Ela explicou que a geração que participou da última seleção do Detran está se aposentando. Por isso, esse concurso vai garantir que o serviço ofertado pelo Departamento de Trânsito continuará sem problemas.

A presidente do Sindetran acrescentou que essa seleção é uma bandeira que o sindicato vem levantando desde 2008, pois já se sabia da necessidade de novos servidores. "Um novo concurso é justo e também bastante necessário", disse.

De acordo com Eliane uma comissão vai fazer um estudo no Detran para saber quais as carências de servidores e assim chegar ao número de vagas que consiga suprir a carência. "O nosso quadro de servidores precisa ser reestruturado. Pois até hoje existem cargos como o de datilógrafo, função que não é mais utilizada", frisou.

Ela destacou que a busca pelo concurso e por uma reestruturação partiu dos próprios funcionários do Detran, que estavam preocupados em não prestar um bom serviço para a população. "Isso deveria ter sido feito pelo próprio Detran, ao ver as dificuldades pela qual os seus servidores passavam para atender a população", afirmou a presidente.

Assédio moral
Na reunião, Cid Gomes sancionou a Lei que prevê punições contra o assédio moral no serviço público - uma conquista considerada histórica pela categoria. Esse foi o segundo encontro entre o chefe do Poder Executivo do Estado e também entidades sindicais.

EMPREGO
2 MIL vagas serão oferecidas para Secretaria da Educação, além de 800 para agentes penitenciários, inspetores da PM e servidores do Detran

FONTE: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1031666
Postar um comentário