sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Taxas Bancárias – Saiba como identificar e reduzir!


Você sabia que cada vez que verifica seu saldo ou faz um saque, é deixada no banco uma quantia em dinheiro? O No Pátio explica tudo sobre as taxas bancárias, muitas delas que a você paga e nem percebe! É hora de cuidar das finanças! Uma espécie de “mensalidade” é paga ao banco por todo cliente, para que ele possa movimentar o dinheiro que tem em sua conta. Mas, se você não dedica uns minutinhos do seu tempo para ler o seu extrato bancário, nem deve ter notado que esse valor é sim cobrado mensalmente. A quantia varia de acordo com o pacote e o serviço, isso porque cada pacote inclui um número certo de saques, transferências ou impressões de cheques. O contrato assinado no ato da abertura da conta diz qual valor exato é cobrado. Mas, nada impede que você negocie com seu gerente uma mudança nessa taxa ou até mesmo uma troca para um pacote mais barato que o seu.

O No Pátio mostra os serviços avulsos que você pode ter acesso

1.Saque - Tirar dinheiro todos os dias é perder dinheiro. Geralmente, os pacotes médios dos bancos dão o direito de 10 saques mensais e quando esse número é ultrapassado, o cliente paga uma taxa entre R$ 1,30 a R$ 2,10. Isso é válido apenas para o caixa eletrônico do seu banco. Se o saque for feito em caixas 24 horas, o valor pode ser bem maior.
2.Folha de cheque - Cada cliente tem direito a dez folhas de cheque, sem a cobrança de tarifa. Geralmente é assim que funciona. Entretanto, nada impede que o limite seja maior, de acordo com cada plano e pacote. Atenção para os valores! Folhas extras custam entre R$ 1,20 e R$ 1,55.
3.Extrato - Quatro extratos ao mês: esse é o limite dos pacotes mais básicos. Por cada impressão extra são cobrados entre R$ 1,45 e R$ 2,35. Uma boa dica? Consulte seu extrato pela Internet e assim não gaste dinheiro com isso. Mas, tenha cuidado com as páginas bancárias clonadas.
4.DOC/TED_DOC - A transferência interbancária (DOC) é de até R$ 3 000, a Transferência Eletrônica Disponível (TED) significa que o valor passou do estipulado acima e DOCs e TEDs não estão inclusas nos pacotes bancários e custam de R$ 13,40 e R$ 15 – somente se forem feitos no guichê – e de R$ 7 a R$ 8 – quando efetuados em caixa eletrônico.
5.2ª via de cartão - Uma das situações mais desagradáveis é, sem dúvida, perder um cartão de crédito. Para solicitar um novo é preciso pagar uma taxa de até R$ 8,80. Já aqueles cartões enviados pelo banco não podem ser cobrados. Fica atento!
6.Transferência - O valor vai depender de cada banco e pacote escolhido pelo cliente. Mas, pelo menos duas são grátis. As transferências feitas no caixa ou avulsas podem custar de R$ 1 a R$ 1,50 e se forem feitas pela Internet saem por R$ 1 e R$ 1,10.
Identificar e entender cada uma dessas taxas pode representar uma boa economia no fim do mês. Se você ainda tiver dúvidas sobre o funcionamento ou sobre as tarifas, releia seu contrato ou com converse com o gerente do seu banco. Quando o assunto é dinheiro, nada melhor que se precaver!

Fonte - Auto Cidadão

Postar um comentário