sábado, 26 de novembro de 2011

Aftosa: Ceará apresenta apenas 31,48% do rebanho vacinado

A segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa no Ceará está apresentando baixos índices. O último relatório da ADAGRI, divulgado na manhã desta sexta feira (25), mostra que apenas 31,48% dos quase 2 milhões e 500 mil animais, foram vacinados contra a doença no mês de novembro.

O número surpreende já que na primeira etapa, realizada em maio, o Ceará vacinou 94 % do rebanho de bovinos e bubalinos no Ceará. O índice é  recorde de vacinação no Estado e ainda superou a meta estabelecida pelo MAPA de vacinar 90% dos animais.

A vacinação é um dos passos mais importantes para o que Ceará saia da zona de risco médio de febre aftosa. No Nordeste, apenas Bahia e Sergipe já estão classificados como zona livre. Outro passos considerados importantes e que já estão sendo superados, são a reestruturação da ADAGRI e a contratação de pessoal.

Durante a segunda etapa da campanha, em virtude de um convênio com o MAPA, sete veiculos foram entregues para o interior. Na última semana, o governador autorizou a chamada de 61 veterinários e agrônomos aprovados no último concurso e a seleção pública de mais 79 agentes agropecuários para a criação de novas unidades da Agência em todo o Estado.

Todos devem se mobilizar para atingir a meta da campanha. Com o Ceará, fora da zona de risco médio será possível a abertura do comércio para outros estados do Brasil. Para o Presidente da ADAGRI só há uma explicação para números tão baixos. “O produtor não vacinou ou ainda não entregou sua declaração de vacinação nos escritórios da ADAGRI, Ematerce e secretarias municipais de agricultura”, afirma.

A segunda etapa da campanha contra a febre aftosa começou dia primeiro de novembro e segue até o dia 30 sem prorrogação. Segundo do secretário do Desenvolvimento Agrário Nelson Martins, é preciso correr “pois estamos na semana final”.


Assessoria de comunicação
Amanda Sobreira
3101 8105
www.twitter.com/@adagri

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Alunos comentem duplo homicídio


Sexta feira. Dezessete horas e quarenta e cinto minutos, do dia vinte e cinco do mês de novembro de dois mil e onze. Um dia comum, para eu que chegava do trabalho e para muitos, menos para os estudantes da Escola Osvaldo de Oliveira Lima que estudam no horário da tarde.
Ao passar em frente à escola percebi algo estranho e seria impossível não perceber, até um cego perceberia porque provavelmente tapeçaria na multidão de mutilados pelo chão. Uma mulher com dois sacos cheios, e reclamando de tantos pedacinhos dos mutilados espalhados pela rua.
Perguntei o que estava acontecendo e a resposta, me deixou, triste, revoltado,  indignado para melhor falar.
Naquela hora vi dois crimes absurdos sendo cometido ao mesmo tempo. Os responsáveis pelo crime solto e os irresponsáveis também.
O primeiro grande crime cometido. Crime contra a natureza, em uma  época em que todos dizem se preocupar com o meio ambiente, reciclagem, sustentabilidade a gente ver pessoas nadando contra a corredeira, remando contra a maré.
Segundo crime, tão grave quanto o primeiro. Conhecimentos em pedacinhos. A língua mãe desrespeita, a geografia em alto relevo mostrava a história pelos ralos e esgotos, a matemática somava os crimes, subtraia o tempo de vida e dividia a culpa  por dois.  Livros rasgados.  Isto mesmo, livros rasgados, vou repeti para os que acharam engraçado ou para quem não entendeu ainda o tamanho do crime, livros rasgados.  Mas voltando à resposta da mulher:
 - Hoje era o ultimo dia de aula destes imundos, e saem fazendo isso. Não sei que tipo de educação  receberam em casa ou  na escola para no ultimo dia de aula, sair rasgando seus livros e cadernos e espalharem pelas ruas. Você acha uma coisa desta!
Dentro de mim a pergunta que não quer calar: Quem é  o irresponsável por tudo isso, digo irresponsável sim senhor, pois não vejo responsabilidade nenhuma nisso.
Pensamos juntos, se os livros foram distribuídos gratuitamente, e não serão utilizados novamente, deveriam ser recolhidos de volta para que o governo mandasse para incinerar ou reciclar, isso não é feito, então o governo  é culpado.  A escola  por sua vez não faz nada também.  Ela poderia não esperar apenas  pelos órgãos responsáveis, e logo no inicio do ano já preparar uma campanha para recolher este material, um ponto de coleta para os livros.
Para eu, livros são como filhos abandonados enquanto muitos desprezam outros estão desesperados por um.
Por outro lado, os pais será que perguntam aos seus filhos o que fizeram com os livros e cadernos? Certamente que não, nem mesmo aqueles que estão  tirando os papéis de sua calçada.
Então aqui vai minha resposta a esta vergonha, este crimes contra a natureza, e contra o verdadeiro conhecimento, os livros.
Quem rasga um livro, não rasga apenas papéis cheios de letras, números e figuras. Mas rasga parte da história, tira  de quem não pode comprá-lo o direito de se tornar mais sábio, mais culto, mais humano.
Quem rasga um livro, apaga o passado, deixa a história incompleta no presente, e muito provavelmente  torna para os outros e si mesmo o futuro muito longe do que ele próprio deseja.

 Francis Gomes

http://www.poetafrancisgomes.blogspot.com/

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR EM SANTANA DO CARIRI

 A EMATERCE de Santana do Cariri, em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, Associações e .comunidades Rurais do Município, realizou neste dia 23 de Novembro, a 1ª FEIRA DA AGRICULTURA FAMILIAR dentro da Programação da Semana do Município.
 O Mel de Abelha é produzido em Santana do Cariri por 42 Apicultores Migratórios e mais de 100 de outros Estados.


Gerente da EMATERCE em Santana do Cariri, Francisco Novais Tavares, realizando a abertura oficial da Feira da Agricultura Familiar.



 O artesanato é produzido também pelas famílias nas comunidades rurais.
 O abacaxí  produzido numa área de 200 ha tendo sido revitalizado no município.
 Álunos das Escolas visitando a Feira e conhecendo os frutos produzidos no município.



 A Gerente Regional Elcileide Mendonça e a écnica do GEOPARK Araripe visitando as Barracasa com produtos da agricultura familiar.
 Agentes Rurais de Santana do Cariri que tiveram trabalho importante da realização da Feira.

 A Gerente Regional da EMATERCE Elcileide Mendonça com o Prefeito Municipal Jesus Garcia, o Gerente Local Francisco Novais e o Técnico do Banco do Nordeste Esli.

Gostaram? VISITEM SANTANA DO CARIRI que tem Festa até o final da Semana.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Farias Brito tem forte produção de artesanato

Segunda-feira, 14/11/2011
CE TV apresenta potencial cultural da cidade de Farias Brito, na Região do Cariri, especialmente a produção de artesanato


Meu Bairro na TV visita a cidade de Farias Brito

Segunda-feira, 14/11/2011
Moradores reclamam da falta de pavimentação, falta de segurança e precariedade no serviço de saúde da cidade de Farias Brito, na Região do Cariri.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

PEÇA O MUNDO TÁ VIRADO (GRUPO IMBUAÇA - ARACAJU-SE)



 É Farias Brito na MOSTRA SESC CARIRI DE CULTURA (CIRCUITO PATATIVA DO ASSARÉ!). Segunda Feira 14 de novembro de 2011 participarão para enriquecer ainda mais esse belíssimo espetáculo as escolas EEF Antonio Paes de Andrade, EEF Maria Carmosina Pinheiro Rodrigues, EEM Gabriel Bezerra de Morais e EEIEF Sossego da Mamãe. Cortesia da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte.
Fotos de Nailson Carvalho:


sábado, 19 de novembro de 2011

19 de Nov. Dia da BANDEIRA


Bandeira Brasileira
Comemoramos neste  19 de Novembro o Dia da Bandeira. A data foi oficializada  por meio do decreto lei número 4, em homenagem a este símbolo máximo da Pátria, consoante o artigo 13, parágrafo 19, da Constituição Brasileira.
A Bandeira Nacional é símbolo inalterável, de acordo com o artigo 1º, I, da Lei nº 5.700, de 1º de dezembro de 1971, acrescida das modificações introduzidas pela Lei nº 8.421 de 11 de maio de 1992.
O que poucos sabem é que, após o golpe militar de 15 de Novembro de 1889, que instaurou a República foi criada uma nova Bandeira para os "Estados Unidos do Brasil".
(Este o novo nome do Brasil, que vigorou até 1967, quando o então Presidente, Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, mudou a denominação para "República Federativa do Brasil").
Pesq: Google

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Lista revela os 50 pensadores mais influentes do mundo corporativo

Por Adriana Fonseca | Valor


Divulgação
Clayton Christensen (à esq.) foi eleito o pensador mais influente do mundo dos negócios na lista organizada por Des Dearlove, da consultoria Crainer Dearlove

SÃO PAULO - O pensador mais influente no mundo dos negócios é Clayton Christensen, segundo o levantamento Thinkers 50, feito a cada dois anos pela equipe de consultores da Crainer Dearlove. Christensen é professor da Harvard Business School e autor de vários best-sellers, entre eles "The Innovator’s Dilemma". Na edição anterior, de 2009, o indiano CK Prahalad foi eleito o pensador mais influente do mundo dos negócios.

O segundo lugar da lista ficou com os autores do livro "A Estratégia do Oceano Azul", W. Chan Kim e Renée Maborgne, e na terceira posição aparece Vijay Govindarajan, professor de negócios internacionais na Tuck School of Business e considerado um dos maiores especialistas em estratégia e inovação.

Completam as dez primeiras colocações Jim Collins, Michael Porter, Roger Martin, Marshall Goldsmith, Marcus Buckingham, Don Tapscott e Malcolm Gladwell. Também aparecem na lista o reitor da Harvard Business School Nitin Nohria, o escritor Daniel Pink, autor de "Motivação 3.0", e Henry Mintzberg, renomado pensador da administração e autor de mais de 15 livros sobre gestão. Para conhecer todos os 50 pensadores mais influentes do mundo corporativo, acesse o site da premiação. Neste ano, 11 mulheres figuram entre os 50 mais influentes.

A lista é formada com base na opinião de um time de conselheiros de várias partes do mundo, que incluem profissionais da IE Business School, McGraw Hill, Oxford University e Financial Times Prentice Hall, entre outros.

(Adriana Fonseca | Valor)

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Ano propício para novos negócios

Para quem pensa em abrir o próprio negócio, 2012 promete ser um excelente ano para a concretização desse sonho. Nunca esteve tão fácil começar uma empresa, ainda mais depois das modificações no Supersimples sancionadas pela presidente Dilma Rousseff na última quinta-feira, 10.

Agora, a receita bruta anual máxima para as microempresas ingressarem no sistema de tributação sobe de R$ 240 mil para R$ 360 mil. Passam a ser consideradas empresas de pequeno porte aquelas com faturamento anual bruto entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões.

Microempreendedores

Até os microempreendedores individuais foram beneficiados: a faixa de enquadramento sobe de R$ 36 mil para R$ 60 mil, neste que foi o primeiro aumento real no limite do Simples.

"No momento anterior, a gente não tinha lei. O cidadão começava a trabalhar, colocava a sua empresa e já entrava no mundo selvagem, que é a empresa pagando aquela carga tributária que a gente tanto discute. Quando saiu o Supersimples, deu uma aliviada boa, porque deu condição diferenciada às empresas com patamar menos elevado. Então, veio o Simples Nacional, que foi uma reforma do Supersimples, e aperfeiçoamento da lei anterior, juntando o Simples com o EI. Foi uma verdadeira reforma tributária para as empresas de pequeno porte", contextualiza o superintendente do Sebrae-CE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Carlos Cruz. Tantas melhorias e desburocratização dos processos têm incentivado mais pessoas a saírem da informalidade. O Empreendedor Individual (EI), programa que legaliza os trabalhadores que atuam por conta própria, foi responsável por formalizar mais de 50 mil empresários no Ceará desde o seu início, em 2009.

A título de comparação, no Ceará, existem 180 mil empresas. E a ampliação das faixas de enquadramento no EI só devem favorecer a formalização de mais pessoas. "A lei dizia que o Empreendedor Individual poderia ter um faturamento de R$ 36 mil. No momento em que ele completava R$ 37 mil, automaticamente passaria para uma situação muito diferente do ponto de vista tributário. Quando você amplia de R$ 36 mil para R$ 60 mil, o teto, você amplia o número de beneficiados", explica Carlos Cruz.

A expectativa é que o Estado feche o ano com 55 mil empreendedores individuais, e alcance em 2012 a marca de 80 mil trabalhadores formalizados.

Crédito

Na formalidade, esses empresários tem condições de ter acesso a crédito e fornecer seus produtos para outras empresas e até para o governo. Dessa forma, as chances de crescer são nitidamente maiores. O trabalhador pode, assim, sair do 'status' de empreendedor individual e tornar-se microempreendedor, pequeno, e seguindo a trajetória de expansão do negócio.

"Se você considerar que a saúde da economia é o somatório da saúde das empresas, exportando, competitivas, a gente certamente vai ter uma economia refletindo o êxito. Ao contrário, se a gente tem empresas reduzindo seu mercado, aquela economia estará restringindo suas atividades", pontua o superintendente do Sebrae-CE.

Chances

Oportunidades, inclusive, não devem faltar a essas empresas, especialmente no Ceará. Várias obras estão previstas para serem executadas no Estado e podem contar com a atuação desses micro e pequenos empresários. "O Ceará é um ambiente favorável. O Estado está crescendo, o investimento público foi o maior do País no ano passado, e isso faz com que as empresa que atuam aqui possam captar cada vez mais recursos. Temos inúmeras estradas sendo construídas, o nosso Pinto Martins deverá ser duplicado, tem a ZPE (Zona de Processamento de Exportação), energias alternativas, enfim, a gente tem um expectativa de futuro para 2012 das mais promissoras", destaca.

A crise econômica que abala os mercados europeus também não deve interromper o ciclo de internacionalização das empresas, ainda que as exportações sejam impactadas.

Segundo Carlos Cruz, o Sebrae continuará trabalhando no sentido de estimular essas empresas a formarem join-ventures com empresas de outros países, para que possam se fortalecer. (DB)
Extraído de: Conselho Regional de Contabilidade do Paraná - 14 de Novembro de 2011

domingo, 13 de novembro de 2011

Aberto em Crato a XX Assembleia do Regional Nordeste 1 da CNBB

Ocorreu ontem, dia 11, no Centro de Expansão Dom Vicente Matos, na cidade de Crato, a abertura da 20ª Assembleia do Regional Nordeste 1, da CNBB, que compreende a Província Eclesiástica do Ceará. Bispos titulares e eméritos das 12 dioceses cearenses estão presentes ao encontro. Na solenidade de abertura, houve apresentação de um vídeo sobre a Diocese do Crato e apresentação do Coral da SCAC, sob a regência da maestrina Divani Cabral.

Ainda na abertura do evento, o presidente do Regional Nordeste 1, dom José Haring, bispo diocesano de Limoeiro do Norte -- foto acima à esquerda -- fez uma retrospectiva do que aconteceu desde a última assembleia, realizada em Tianguá, há quatro anos. Na sua fala disse dom José Haring: “É o mercado econômico que aumenta cada vez sua influência sobre a vida da sociedade e da política e também sobre a natureza, o mundo em que estamos vivendo. Os direitos fundamentais da pessoa humana são violados, principalmente o direito à vida no seu sentido mais amplo. Estamos entrando (ou já entramos) num mundo novo criado pelas ciências” (...) “Mas é esse o mundo em que vivemos como discípulos e discípulas de Jesus Cristo e somos chamados a dar respostas de fé pela vida, pela prática religiosa, pelas palavras. Há tempos estamos sentindo necessidade de novas respostas de fé”.

No segundo dia de reunião, os bispos cearenses receberam a visita de cortesia do vice-prefeito de Crato, Raimundo Bezerra Filho, que foi acompanhado do presidente do Sistema Fecomércio-Ceará, Luiz Gastão Bittencourt. Ambos dialogaram com os diversos bispos das dioceses do Ceará, num clima descontraído de troca de opiniões.
Fonte: blogdocrato

Papa Bento XVI reza pelos religiosos mortos no último ano


Bento XVI celebrou, nesta quinta-feira, na Basílica Vaticana, a missa em sufrágio pelos cardeais e bispos falecidos nos últimos doze meses.
O papa recordou os cardeais: Urbano Navarrete, Michele Giordano, Varkey Vithayathil, Giovanni Saldarini, Agustín García-Gasco Vicente, Georg Maximilian Sterzinsky, Kazimierz Świątek, Virgilio Noè, Aloysius Matthew Ambrozic e Andrzej Maria Deskur.
"Rezemos por eles, animados pela fé na vida eterna e no mistério da comunhão dos santos. Uma fé cheia de esperança, iluminada também pela Palavra de Deus que acabamos de ouvir", frisou o Santo Padre.
Bento XVI frisou que a morte nos faz refletir sobre a nossa condição humana. "Cristo assumiu a nossa carne mortal para que ela fosse revestida pela gloriosa força de Deus, pelo vento do Espírito vivificante, que a transforma e a regenera. É o batismo da paixão que Jesus recebeu por nós e do qual escreve São Paulo na Carta aos Romanos", disse ainda Bento XVI.
"A morte de Cristo é fonte de vida, porque nela Deus derramou todo o seu amor. O abismo da morte foi preenchido por outro abismo ainda maior, o abismo do amor de Deus. Sendo assim, a morte não tem mais nenhum poder sobre Jesus Cristo e nem sobre aqueles que, pela fé e o Batismo, estão ligados Ele: Se morremos em Cristo, acreditamos que também viveremos com Ele",  destacou o papa usando as palavras do Apóstolo Paulo.
Bento XVI concluiu a homilia, frisando que "a vida nova e eterna é fruto da árvore da Cruz, uma árvore que floresce e frutifica para a luz e a força que provêm do sol de Deus".
O papa frisou que os cardeais e bispos falecidos conheceram Deus através de Jesus, conheceram o seu amor e o amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo moraram neles, abrindo suas vidas para a eternidade.
www.cnbb.org.br

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Governo publica editais para 1.740 vagas para Polícia Militar e Polícia Civil

O Governo do Estado do Ceará lançou dois editais para a realização de concurso para preenchimento de 1.740 vagas na Polícia Militar e Polícia Civil. De acordo com o edital publicado no Diário Oficial do dia 10 de novembro, são 1.000 vagas para cargo de soldado na carreira de praças da corporação da Polícia Militar. Serão 950 vagas para homens e 50 para mulheres, com remuneração de R$1.606,01. A taxa de inscrição está fixada em R$ 80,00. Já na Polícia Civil, cujo edital foi publicado no Diário Oficial do dia 11 de novembro, são 740 vagas para inspetor de 1ª classe e remuneração de R$ 2.125,14.

Para o concurso da Polícia Militar, os candidatos deverão ter ensino médio completo ou curso técnico equivalente e idade entre 18 e 30 anos. As inscrições ocorrem de 25 de novembro a 16 de dezembro de 2011. O certame terá três etapas: prova objetiva, inspeção de saúde (exames médico-odontológico, biométrico e toxicológico), e curso de formação ministrado na Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp). A primeira etapa - prova objetiva - está prevista para ser acontecer no dia 26 de fevereiro de 2012.

No concurso da Polícia Civil, as inscrições começam no dia 29 de novembro e seguem até o dia 20 de dezembro de 2011. Os candidatos deverão ter nível superior. O valor da inscrição é de R$ 80,00. O certame terá cinco etapas: prova objetiva, inspeção de saúde, exame de capacidade física, avaliação psicológica, investigação social e curso de formação profissional. A primeira etapa - prova objetiva - está prevista para ser acontecer no dia 04 de março de 2012.

Para mais informações, os editais estão disponíveis nos endereços:


11.11.2011

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

Criação de Universidade é aprovada em comissão da Câmara

10/11/2011 - A Universidade Federal do Cariri (UFCA) foi aprovada em comissão na Câmara dos Deputados. O projeto ainda segue na Casa e deve ser votado até o fim do ano. Será encaminhado, então, ao Senado e, depois, à Presidência.

Mais um passo foi dado para a criação da Universidade Federal do Cariri (UFCA). O parecer foi aprovado pela Comissão do Trabalho, Administração e Serviços Públicos da Câmara dos Deputados. De acordo com o relator, deputado Eudes Xavier (PT), foi aprovado de forma unânime. O projeto ainda segue em outras comissões na Câmara até chegar ao Senado. Deve ser submetido à sanção presidencial no fim do primeiro semestre de 2012.

O deputado Eudes Xavier conta que o projeto vai agora para a Comissão de Educação e Cultura e, depois, para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). “Pode haver emendas em todas as comissões. Tem o prazo de cinco sessões para ser colocada alguma emenda. Mas tem caráter terminativo nas sessões; ou seja, não vai a plenário”, explica o deputado. A Câmara tem até o dia 18 de dezembro para votar o projeto. É o fim do período de funcionamento da Casa neste ano.

Se o projeto tiver alguma modificação no Senado, volta para a Câmara. Segundo o deputado petista, a votação orçamentária ainda deve ocorrer, mas estão previstos R$ 43 milhões para as despesas com campi universitários e concurso público, por exemplo. A Universidade Federal do Cariri deve ter sede em Juazeiro do Norte, mas os campi da UFCA serão localizados nos municípios de Barbalha, Crato, Icó e Brejo Santo.

Enquanto a criação da UFCA está sendo desenvolvida, os cargos para professores e servidores estão sendo assegurados. O projeto que cria 77.178 cargos em universidade e institutos federais foi aprovado na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, parecer do deputado federal Artur Bruno (PT). De todos esses cargos, serão 19.569 para professores do ensino superior; 24.306 cargos de professor do ensino básico, técnico e tecnológico; 27.714 cargos de técnico-administrativos e 5.589 cargos de direção e funções gratificadas.

As vagas são destinadas às universidades federais e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, dentre outras instituições. Artur Bruno cita que, no Ceará, os cargos devem ser preenchidos na Universidade Federal do Ceará (UFC), na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e na UFCA.

ENTENDA A NOTÍCIA

A criação da UFCA ocorre com o desmembramento dos campi da UFC em Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, com seus cursos, alunos e cargos Além deles, são criados os campi de Icó e Brejo Santo. Serão cinco campi da UFCA.

Saiba mais

De acordo com o deputado Artur Bruno, ainda não está definido o número de vagas para cada estado. “O governo, por decreto, vai definir depois”, comenta ele.

Ele cita que existem 23 Institutos Federais no Estado. Devem ser criados mais seis no Ceará. “São 354 Institutos Federais no País. A previsão de ampliação planeja que sejam 555 em 2014”, aponta.

Depois de aprovado na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, o projeto que cria os cargos segue para a Comissão do Trabalho; depois, para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ); e, depois, para a Comissão de Finanças.

Quando sair da Câmara, o projeto que cria os cargos vai para o Senado. É, então, encaminhado à sanção presidencial.
Os campi de Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato da UFC passam a integrar a UFCA. Ficam criados os campi de Icó e de Brejo Santo.

Daniela Nogueira
danielanogueira@opovo.com.br

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Água no Planeta Aquarius

Luiz Domingos de Luna*
Outro dia, como de costume, fui convidado para retornar ao meu planeta natal-Aquarius, depois dos procedimentos já devidamente expostos na série Aquarianos, fiz uma viagem cansativa, mas como estou acostumado fui logo ocupar a minha cadeirinha, ao tempo em que girava no telão em 3D, O Tema da Reunião: Água no Planeta Aquarius. O Conferencista, como de sempre cumprimentou a todos e foi logo discorrendo sobre o tema. A água no planeta Aquarius nunca foi problema, nem será vez, os aquarianos não precisar deste liquido do Planeta terra.
Um colega meu de Aquarius levantou o braço, uma maneira pedagógica para explicar aos humanos, a luz do refletor, foi logo dizendo: a reunião não procede, pois a água é um problema dos terráqueos jamais dos aquarianos- assim não existe razão para a convocação dos aquarianos.
- O Conferencista – Quando a isto você está coberto de razão, o problema é que temos muitos cometas que circulam o nosso planeta com muita água, Isto pode gerar aos humanos uma busca a nossa orbita de água e usar o nosso planeta como uma estação para aprisionar os cometas aquáticos a condução em processo para o Planeta Terra.
- Assim, deixaremos de ser um planeta soberano, para ser uma mera estação espacial dos terráqueos.
Polêmica geral na platéia. O Conferencista perdeu o controle da reunião - Pânico geral, uma forma didática de explicar para os humanos, vez em Aquarius não existir emoção.
O Sábio aquariano, vendo o tumulto, pediu a palavra e disse em alto e bom tom, não vejo problema com a água dos humanos?
Como assim, quis saber a platéia?
A gente monta um estoque de água em nosso planeta e depois envia para o Planeta Terra é uma ação de colaboração com os terráqueos – afinal temos tecnologia para extrair água pura e cristalina para abastecer o Planeta Terra.
Quem fará a negociação do repasse da água para o Planeta Terra quis saber o conferencista?
O Sábio – a nossa cobaia de sempre.
O Conferencista. -Reunião encerrada problema resolvido
O Sábio disse: Problema resolvido não! Problema aumentado!!
Como assim, quis saber o conferencista?
Um copo dágua no Planeta Terra custará um milhão – Rebateu o sábio
O Conferencista – mas isto é um problema dos terráqueos
Que problema – quis saber o sábio
O Problema do preço do copo d’água
O Sábio ah bom, eu pensei que o problema fosse à corrupção!!!
Certeza – Nenhuma
Dúvida – Todas
Mas é assim que a coisa funciona.
(*) Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora - Ceará



JUVENTUDE TALENTOSA



A guerrilha do ato dramático caririence, idealizada pelo dramaturgo e ator Cáca Araújo está na sua terceira edição, reunindo as melhores companhias do teatro caririence, e Farias Brito não deixa de ter sua representação nesse evento tão importante no senário artístico da região, a Cia de teatro curumins do sertão mais uma vez nos representa, esse ano com o Espetáculo Asa Branca, escrito pelo jovem ator Darley Rodrigues, e dirigido por Maria Gonçalves ( Lorinha)
Na próxima terça feira dia 08, em duas sessões 19h/20h 21h/22h, no teatro Raquel de Queiros em Crato.CE
Elenco:
¬ Texto: Darley Rodrigues
¬ Direção: Maria Gonçalvez ( Lorinha)
¬ Sonoplastia: Areta Raquel
¬ Iluminação: Izadora Cristina
¬ Fotografia: Diego Linard

Fernanda Santos
Renata Lobo
Raiane Vieira
Paloma Oliveira
Max Petterson
Darley Rodrigues
Francivan Vieira
Wellington Rodrigues

domingo, 6 de novembro de 2011

CARTA PASTORAL - RUMO AO JUBILEU DIOCESANO

CARTA PASTORAL
POR OCASIÃO DO INÍCIO DO TRIÊNIO
DE PREPARAÇÃO PARA O CENTENÁRIO
DA DIOCESE DE CRATO
 20 de outubro de 2011
Aos Padres, Diáconos, Religiosas e Religiosos, Seminaristas, Agentes de Pastoral das Paróquias e Comunidades, leigas e leigos consagrados: amados colaboradores no meu ministério pastoral a serviço da Igreja Particular que está em Crato.
 1. Introdução
Exultai cantando alegres, habitantes de Sião, porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel (Sl 12,6).
Povo de Deus, celebramos, nesta data, o 97º aniversário da criação da nossa Diocese de Crato. No dia 20 de outubro de 1914, o Papa Bento XV – em sua solicitude pastoral para com toda a Igreja – quis dar um novo impulso à ação e à presença da Igreja Católica no Ceará, dando-lhe uma nova diocese, situada no sul do Estado, com sede aqui no cariri, desmembrando-a da Diocese de Fortaleza. Nascia a nossa Diocese de Crato, que caminha agora para comemorar um século de vida e missão neste chão e celebrar um Ano Jubilar no seu centenário.
2. Diocese: Igreja de Cristo
Diocese é a porção do Povo de Deus confiada ao pastoreio de um bispo, legítimo sucessor dos Santos Apóstolos, e ocupa um determinado espaço territorial. Em cada Diocese, também chamada de Igreja Particular ou Igreja Local, encontramos plenamente a Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica. Na Diocese de Crato, portanto, está presente de maneira total a Igreja de Cristo, da mesma forma que está em Roma, ou em qualquer outra Diocese nos mais humildes e desconhecidos recantos da Terra.
Normalmente, os católicos estão mais ligados às suas comunidades e paróquias, faltando-lhes uma visão de Igreja como um todo. Porém, se uma comunidade não estiver em plena comunhão com sua Diocese, não pode propriamente se considerar uma comunidade católica. É a nossa comunhão na Diocese, pastoreada por um Bispo em plena comunhão com o Bispo de Roma, ou seja, o Papa, que faz da nossa comunidade também uma comunidade católica. Também os Padres não são pastores isolados em suas paróquias: eles fazem parte de um presbitério, de uma comunhão de presbíteros que, junto com o Bispo, pastoreiam a Igreja diocesana, e do mesmo sentimento de comunhão e colaboração participam os diáconos. Com esta motivação, no dia 20 de outubro de 2014, faremos cem anos de existência e podemos entender porque é tão importante celebrarmos o centenário da nossa Diocese. Significa que a Igreja católica, há cem anos, pelo ministério do Papa Bento XV reconheceu que aqui, no Sul do Estado do Ceará, havia uma maturidade eclesial suficiente para nos tornarmos uma Igreja Diocesana.
3. Jubileu: Demos graças ao Senhor nosso Deus!
Amados irmãos e irmãs, o Centenário da Diocese de Crato será precedido de uma preparação de três anos, que iniciamos com esta carta. No último ano, precisamente a partir de 20 de outubro de 2013, proclamaremos um ano jubilar, um ano de Graça. Peço a Deus, portanto, que esta carta pastoral os encontre com as melhores disposições de espírito, para realizarmos com grande empenho pastoral a celebração do JUBILEU DIOCESANO, com solene culminância no dia 20 de outubro de 2014.
O Jubileu é coisa da Bíblia Sagrada: já no Antigo Testamento, a cada cinquenta anos o Povo da Aliança dedicava um ano de louvor à santidade do seu Deus que, em seu Amor fiel, mandava perdoar as dívidas e libertar os escravos (Dt 15, 12-15). No Novo Testamento, o Ano Jubilar encontra em Jesus Cristo a sua realização definitiva (Lc 4,18-19): Ele realiza “um ano de graça” com as suas palavras e, sobretudo, com as suas obras; com sua Vida, Morte e Ressurreição.
No limiar do centenário da nossa Diocese, como Povo da Nova aliança, contemplamos quantas coisas bonitas marcaram a nossa história. E quantas outras coisas lindas nos esperam. O Senhor continua nos chamando a trabalhar na sua vinha. Com um olhar de fé e de amor, agradeçamos a misericórdia divina que confia em nós e nos envia para continuar, com novo ardor e novos métodos, a missão iniciada nesta Diocese há quase um século.
Pelos trabalhos missionários realizados, pelas luzes e as sombras na nossa ação evangelizadora, pelos avanços e recuos na caminhada, pela experiência da nossa pequenez e pecado, advertimos nesta hora os impulsos da Graça do Espírito, para buscar e testemunhar mais ainda a santidade de Deus na nossa vida. “Tudo é graça”, podemos dizer com Santa Teresinha. Queremos louvar e dar graças a Deus pelo passado, pelo presente e pelo futuro da nossa Igreja diocesana.
4. Anseios e exigências no Jubileu diocesano
Embora seja uma data importante e simbólica para nós, o interesse principal do Centenário é que cada um de nós renove sua alegre pertença, seu amor, seu serviço e dedicação à querida Diocese de Crato, na consciência de sermos uma “Igreja romeira e missionária”; que busquemos ser uma Diocese: comunidade de discípulos missionários sempre a caminho; afinada e solidária com os buscadores do Reino de Deus e da sua justiça, trilhando junto com a humanidade, sem parar, os longos caminhos de pedra e areia da romaria de um povo em busca da salvação que vem de Deus.
Porque almejamos mais que uma simples comemoração histórica, há algum tempo, estamos nos preparando para o Ano Jubilar no Centenário da nossa Diocese. Mais recentemente, em todas as nossas Paróquias e Comunidades, as Santas Missões Populares foram um verdadeiro mutirão de formação de missionários e de evangelização. Demo-nos conta que vivemos novos tempos, que os desafios culturais e religiosos no nosso meio nos obrigam a uma ação pastoral estudada, planejada e organizada. Já não podemos improvisar as nossas atividades. As Santas Missões Populares nos incentivaram a organizar em setores pastorais e missionários as comunidades das nossas Paróquias, tornando as Paróquias redes de comunidades. Para isso, precisamos avançar mais, vencendo resistências, apostando no Espírito que fala à nossa Igreja através do Magistério e acolhendo o convite pressuroso para passarmos de uma pastoral de manutenção para uma pastoral de conversão e inovação na nossa ação missionária.
Oxalá o Jubileu Diocesano, assim como a preparação para o 13º Encontro Intereclesial das CEBs em 2014 na nossa Diocese, motivem todas as nossas Comunidades e Paróquias para implantarem os COMIPAs (Conselho Missionário Paroquial), um serviço importante para a conversão pastoral, a renovação missionária e o crescimento da consciência missionária no Povo de Deus, a serviço da vida. As nossas comunidades e Paróquias, em memória das Santas Missões Populares e em preparação ao Jubileu Diocesano, estão acolhendo a visita do Santuário Missionário da Missão Continental em suas Capelas e Igrejas. Trata-se de um símbolo muito eloqüente: Jesus, o Enviado e Missionário do Pai, visita comunidade por comunidade, povoado por povoado, paróquia por paróquia; é acolhido pelo povo, evangeliza com a sua presença e com a sua Palavra (leitura orante da Bíblia) e conclama para a conversão: uma vida nova no Amor do Pai e dos irmãos. Quem acolhe Jesus em sua casa, torna-se missionário como Jesus: imita Jesus Missionário que saiu da sua casa, o céu, se fez nosso companheiro de viagem e nos convida para segui-lo no caminho da missão: Ide, anunciai o Evangelho!
“O princípio da missão consiste no seguinte: não podemos esperar que as pessoas venham a nós, precisamos nós ir ao encontro delas e lhes anunciar a Boa Nova ali mesmo onde se encontram. Isso parece quase óbvio.... Missionário não é, em si, aquele que acolhe, mas é o acolhido... Uma Igreja enviada é uma Igreja que está fora de casa, que faz a experiência radical do seguimento, do despojamento e da itinerância, como companheira dos pobres (cf DA 398) e como hóspede na casa dos outros. O discípulo é essencialmente um peregrino e um enviado que deixou casa, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos, terras, por causa de Jesus. Esse Jesus disse: “Eu sou o Caminho” (Jo 14, 6) e não: “Eu sou a chegada”... Se “missão” significa “envio”, todo envio pressupõe um deslocamento e uma saída... A conversão missionária da qual fala o Documento de Aparecida (DA) em uma de suas páginas centrais (cf 7.2 - Conversão pastoral e renovação missionária das comunidades) trata-se substancialmente de uma saída. Na saída de si, do círculo da própria comunidade e dos confins da própria terra, se realiza para a Igreja essa conversão. Paradoxalmente, é nessa saída que a Igreja encontra sua razão de ser e sua própria identidade” (E. Raschietti, Conversão Pastoral e Renovação Missionária, em Revista Missões , Maio 2009).
5. Preparar e celebrar o ano da graça do Senhor
Iniciamos hoje, a caminhada rumo ao Grande Jubileu no centenário da Diocese de Crato. Três anos para fazer memória da vida da nossa Igreja diocesana, para ouvir a voz de Deus que nos fala através dos Pastores e da história do nosso Povo, para acolher os apelos da Providência de Deus a renovar a nossa missão no mundo e na Igreja, para celebrar com alegria as maravilhas do Senhor e professar a nossa fé: Jesus Cristo é o Senhor! Da nossa Diocese Ele é o Senhor! Do nosso passado, do nosso presente e do nosso futuro Ele é o Senhor!
Ao longo destes três anos muitas iniciativas pastorais, históricas, culturais e litúrgicas irão acontecer. Na Assembléia Diocesana de Pastoral, que acontecerá nos dias 25 e 26 de novembro do ano em curso, serão definidas e agendadas estas atividades. Posso já antecipar que, acolhendo o chamado do Papa Bento XVI para toda a Igreja no domingo, dia 16 de outubro, celebraremos, de outubro de 2012 a outubro de 2013 o Ano da Fé. No ano de 2014, ano conclusivo do Jubileu Diocesano celebraremos festivamente o III Congresso Eucarístico Diocesano e a Dedicação da nossa Catedral. Preparemo-nos para participar com empenho, e com espírito de comunhão fraterna, redescobrindo e valorizando a “diocesaneidade” que nos deve sempre motivar e alegrar em todos os nossos empreendimentos.
É tempo de Jubileu! Toquem os sinos das nossas Paróquias e Capelas anunciando a todos que chegou a hora de Deus para festejar o centenário da nossa Diocese romeira e missionária. E que os Anjos digam: Amém! Nós também, em coro, digamos: Amém! É Tempo de louvar e, com São Paulo, dizer: “Bendito seja Deus e Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com toda bênção espiritual nos céus, em Cristo” (Ef 1,3). É tempo de conversão! O Jubileu é por sua natureza uma chamada à conversão. É tempo de festejar a caminhada!
Jubileu é tempo para mostrar o nosso rosto diocesano. Toda a Igreja particular tem seu rosto próprio. O rosto da Igreja de Crato tem em seus traços uma Igreja acolhedora, romeira, solidária, samaritana, educadora, missionária, fortemente eucarística e mariana. Uma diocese ministerial, agraciada com numerosas vocações para os ministérios Ordenados e não Ordenados, uma Igreja que se reconhece nas CEBs, que acolhe os Movimentos eclesiais, que reconhece nas Novas Comunidades o sopro do Espírito Santo, que se articula em Pastorais, que planeja e avalia a sua ação pastoral articulada, orgânica e de conjunto. É lindo o rosto da nossa Diocese. Cuidemos para que ela, Esposa de Cristo e nossa Mãe, seja sempre mais bela, com seu rosto sem rugas e sem manchas, uma Igreja que agrade ao Coração do Pai e seja sinal de santidade e de vida para todos.
6.Memória e Gratidão: não estamos sós na caminhada
A Dom Quintino Rodrigues, nosso primeiro Bispo, a Dom Francisco Pires, a Dom Vicente Matos, nossa gratidão e oração de sufrágio. A Dom Newton Gurgel, nosso Bispo Emérito, sinceros votos de boa saúde e felicidades. Aos Padres e Religiosos que doaram sua vida pelo bem do nosso Povo, aos leigos e leigas que deixaram em suas famílias e comunidades, exemplos de virtude e de fidelidade a Cristo e à sua vocação na Igreja, nossa admiração e gratidão pelo estímulo a sermos os herdeiros e continuadores do seu zelo. E a vocês, queridos Sacerdotes, Diáconos, Seminaristas, Servos e Servas do Povo de Deus, leigos e leigas caríssimos e amados, o meu sincero agradecimento pelo seu testemunho de amor e fidelidade à nossa Diocese, e pelo afeto fraterno e imerecido para comigo, vosso Bispo e pobre servidor.
 7.Conclusão
Que a Virgem Maria, Nossa Senhora da Penha, a excelsa Padroeira da Diocese, São José seu castíssimo Esposo, todos os Santos e Santas da nossa devoção nas nossas capelas e paróquias, nos acompanhem e nos motivem na celebração do Jubileu. Mas também os amigos e amigas de Deus da nossa Diocese não canonizados, e são mais do que vocês podem imaginar, todos aí no céu olhando e sorrindo para nós – obtenham uma bênção especial para a nossa e sua Diocese neste Jubileu. Entre eles, além do Pe. Cícero Romão Batista, podemos saudar e reconhecer a Menina Benigna, a criança de 13 anos que no dia 24 de outubro de 1941, há setenta anos, foi assassinada no Distrito de Inhumas, Município de Santana do Cariri, preferindo antes morrer do que ofender a Deus pecando contra a pureza. Desta Menina Benigna, que já é chamada de mártir da pureza, já iniciamos o Processo de Beatificação, nesta Diocese. Se Deus quiser, não vai demorar muito, o esperamos, a nossa Diocese de Crato terá uma Santa Mártir, reconhecida pela Igreja e beatificada. Assim seja!
Queridos, é festa no céu e na terra também! Deus nos conceda viver plenamente a graça do Jubileu da nossa Diocese. Corações ao alto, Igreja centenária de Crato!

Dom Fernando Panico, MSC
Bispo Diocesano de Crato

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

POSSE DO NOVO VIGÁRIO DE FARIAS BRITO

                                Padre Adalmiran é o novo Vigário da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Farias Brito, desde o dia 29 de outubro último.  Ele já esteve  à frente da Paróquia de São Miguel – Crato; Senhora Santana em Santana do Cariri e na Paróquia Menino Jesus de Praga como cooperador do pároco Pe. José Alves.
                              Grande número de católicos, tanto das capelas de Farias Brito, quanto das cidades de Santana do Cariri e Juazeiro do Norte estiveram presentes na Igreja da Imaculada Conceição para recepcionar o Padre Adaumiran.

                                O Padre Edmilson, da Igreja da Sé, em Crato, representando o Bispo Dom Fernando Panico, presidiu a Concelebração de Posse.
                              Monsenhor José Alves, Padrinho do Padre Adaumiran, da Paróquia do Menino Jesus, Juazeiro do Norte, veio assistir a Posse.

                                            Padre Nergino, Fariasbritense, Vigário na cidade de Juazeiro do Norte.
                                           Padre Ribeiro, de Ponta da Serra, distrito de Crato, compareceu a solenidade de Posse do novo Vigário de Farias Brito.
                           Banda de Música de Santana do Cariri, onde Padre Adaumiram foi Vigário,  compareceu também em Farias Brito.
                               Coral infantil da cidade de Farias Brito,coordenado pela Professora Ivonete freitas apresentando músicas religiosas dando boas vindas ao novo Vigário.




                              Coroinhas de todas as Capelas e Paróquia de Farias Brito.
                                Dr. Vandevelder Prefeito Municipal proferindo discussro de Boas Vindas.
                                 Familiares do Padre Adaumiram presentes.
                               Padre Adaumiran com Vanda e Lilia, ambas da Capela de Santo Antônio, do Distrito de Cariutaba.