sábado, 31 de dezembro de 2011

"Rezar se aprende em casa com os pais"

Papa na Audiência Geral: "Rezar se aprende em casa com os pais" 

 


paparezarseaprendeemcasaBento XVI presidiu na última quarta-feira (28), na Sala Paulo VI no Vaticano, a última Audiência Geral de 2011.
Nesses doze meses, cerca de 400 mil pessoas participaram dos encontros semanais das quartas-feiras para ouvir as catequeses do Papa, marcadas por uma grande variedade de argumentos.
Este ano, as catequeses foram dedicadas aos Santos e Santas dos séculos 16 e 17, à relação entre o homem e a oração, e a uma série de reflexões sobre alguns Salmos.
Esta última catequese, a de número 45, foi dedicada ao período natalino, propício a avivar a fé e a oração. A oração, recordou Bento XVI, formava parte da vida cotidiana da Sagrada Família de Nazaré. Aquela casa, com efeito, é uma escola de oração, onde se aprende a escutar e a descobrir o significado profundo da manifestação do Filho de Deus, seguindo o exemplo de Jesus, Maria e José.
"A Sagrada Família é ícone da Igreja doméstica e um convite a rezar juntos" – disse o Papa. É no interior do lar que os filhos são iniciados na oração, graças aos ensinamentos de seus pais. Consequentemente, uma educação autenticamente cristã não pode prescindir da experiência da oração.
"Se não se aprende a oração em casa, depois será difícil. preencher esse vazio", afirmou o Pontífice.
(BF)
www.cnbb.org.br

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Salário mínimo será de R$ 622,00

Foi publicado no dia 26.12 o Decreto nº 7.655/2011, que define o valor de R$ 622 para o salário mínimo a partir de 1º de janeiro de 2012. O novo valor representa um aumento de 14,13% em relação ao atual, de R$ 545. Com o reajuste, o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 20,73 e o valor pago pela hora de trabalho será de R$ 2,83.

O método de reajuste do salário mínimo foi definido por meio de uma medida provisória aprovada pelo Congresso. A lei que fixa a política de reajuste do salário mínimo estabelece que o valor será reajustado, até 2015, com base no INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor do ano anterior mais a variação do PIB de dois anos antes.

O novo salário mínimo de R$ 622 terá impacto de R$ 23,9 bilhões nos gastos públicos em 2012. A maior parte desse montante corresponde aos benefícios da Previdência Social no valor de um salário mínimo, que serão responsáveis pelo aumento de R$ 15,3 bilhões nas despesas do INSS.

Veja abaixo a íntegra do decreto.

DECRETO Nº 7.655, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2011.

Regulamenta a Lei nº 12.382, de 25 de fevereiro de 2011, que dispõe sobre o valor do salário mínimo e a sua política de valorização de longo prazo.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 3º da Lei nº 12.382, de 25 de fevereiro de 2011,

DECRETA:

Art. 1º A partir de 1º de janeiro de 2012, o salário mínimo será de R$ 622,00 (seiscentos e vinte e dois reais).

Parágrafo único. Em virtude do disposto no caput, o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 20,73 (vinte reais e setenta e três centavos) e o valor horário, a R$ 2,83 (dois reais e oitenta e três centavos).

Art. 2º Este Decreto entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2012.

Brasília, 23 de dezembro de 2011; 190º da Independência e 123º da República.

DILMA ROUSSEFF

Guido Mantega

Paulo Roberto dos Santos Pinto

Miriam Belchior

Garibaldi Alves Filho

terça-feira, 27 de dezembro de 2011



A população do município de Farias Brito, na Região do Cariri, comemorou nesta segunda-feira (26), a autorização para o início das obras de requalificação da área central do município. A ordem de serviço foi assinada pelo secretário das Cidades, Camilo Santana, em solenidade realizada no Centro Cultural de Farias Brito. O evento foi prestigiado por prefeitos e vereadores da região.

De acordo com o secretário Camilo Santana, a área que receberá as intervenções é uma importante via não só de Farias Brito, mas é também uma porta de entrada para o Cariri. “Nosso desafio é levar o desenvolvimento para o Interior. Com o Programa Cidades do Ceará, executado pela Secretaria das Cidades, nossas metas começaram a sair do papel”, disse Camilo, ao citar que só em Farias Brito o investimentos será de R$ 2,5 milhões.

Já o prefeito municipal, Vandevelder Freitas, aproveitou a ocasião para agradecer a sensibilidade dos gestores públicos em levar a obra para o município. “A população está muito satisfeita com essas ações”, reforçou.

Em Farias Brito estão previstas a reforma de quatro praças (João Matias; Menino Jesus de Praga; Imaculada Conceição; e Antônio Moreira) e construção de uma nova praça. Também serão realizados serviços de urbanização, drenagem, pavimentação, paisagismo e mobiliário urbano tanto nas praças quanto no trecho de 1.500 metros, da Avenida Manoel Pinheiro de Almeida. Serão no total, 8,6 mil metros quadrados.

As obras são ações do Programa Cidades do Ceará – Cariri Central, executado através de financiamento com o Banco Mundial. Serão no total, R$ 130 milhões investidos nos municípios de Santana do Cariri, Nova Olinda, Farias Brito, Caririaçu, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha e Jardim.

Assessoria de Imprensa da Secretaria das Cidades
comunicacao@cidades.ce.gov.br / 85 3101.4462

AURORA , CE - DE SERRA AZUL

Transcrição Luiz Domingos de Luna*
NOTAS SOBRE O POETA SERRA AZUL
Trecho publicado em O Ceará, de Raimundo Girão e Antonio Martins Filho, Edição de 1939 – editora Fortaleza. Rio de Janeiro, 9 de julho de 1977

Nos idos de 1919 chegava a Fortaleza o poeta Serra Azul. Tinha 26 anos, pois nascera a 3 de maio de 1893 no sítio Pau Branco do município de Aurora – CE. Aos 4 anos de idade ficara órfão de pai e mãe, sendo criado por uns tios que não tinham filhos. Aprendera a ler valendo-se de retalhos de jornais, fragmentos de livros escolares, almanaques e folhetos que conduzia, às escondidas, para a sombra do marmeleiro e do mofumbo, arbustos que caracterizam as caatingas do nordeste. Aos 15 anos recebera de Luiz Gonçalves Maciel as primeiras noções. Esse Luiz Gonçalves Maciel havia sido seminarista e era tudo em Aurora: professor, mestre de música, sacristão e farmacêutico. Como sacristão, substituía o vigário nas suas ausências, ministrava sacramentos e fazia pregações; como farmacêutico, era o médico do lugar e das aldeias vizinhas. Maciel encontrava-se em Malhada Funda, na zona do ribeirão Tipi, afluente do Salgado, foragido de Aurora, quando a cidade fora invadida, incendiada e saqueada, em 1908, pelas cabras de José Inácio, do Barro, e de Cândido Ribeiro, mais conhecido por Cândido Pavão. De Lavras, onde residiu o nosso perfilado algum meses, saiu a peregrinar pelo sertão como professor de meninos, detendo-se na Serra azul, a leste de Quixadá, em 1912, quando tratou de construir família. Participando de reuniões na chamada Cidade dos Monólitos, começou a fazer sucesso como improvisador, sucesso que repercutiu em Fortaleza. Juvenal Galeno, Rodolfo Teófilo, Antonio Sales, Quintino Cunha e Leonardo Mota convenceram-no a fixar-se na capital, onde conseguiria emprego. Mas do dinheiro que esse emprego lhe rendia nada sobrava para a compra de livros. A família aumentava de ano em ano. Assim, passou a freqüentar todas as noites, a biblioteca pública. Lia muito, lia até se apagarem as luzes do prédio. Ás vezes era visto em companhia de literatos, e os jornais começavam a publicar as suas poesias. A conselho de Rodolfo Teófilo resolveu adotar o nome de Serra azul, Não mais como apelido, porém como nome de família. Hoje além de poeta, é o professor de história natural e geografia. .
Francisco Leite Serra Azul. De uma memória de anjo, sabe de cor mais de 100 sonetos de Bilac, o seu preferido, e conhece, a fundo, as geografias físicas do Brasil, sendo capaz de responder sobre qualquer dos seus acidentes. Publicou Serra azul em 1924 o Alfabeto das Musas e em 1938 Natureza Ritmada. Ambos esgotados. Alfabeto das Musas contém os versos da fase lírica do autor. Alice é o modelo dos demais sonetos dessa fase. Francisco Leite, que veio do interior quase inculto, fixou-se aqui e vencendo terríveis dificuldades conseguiu cultivar seu espírito, manter e educar sua numerosa família. Hoje é professor, e com o nome de Serra Azul tornou-se um de nossos poetas mais conhecidos. É de sua autoria o volume Natureza Ritmada, aparecido ultimamente e que foi uma vitória para o seu talento. Trecho publicado em O Ceará, de Raimundo Girão e Antonio Martins Filho, Edição de 1939 – editora Fortaleza. Rio de Janeiro, 9 de julho de 1977. Meu prezado poeta Francisco leite Serra Azul ( Serra Azul )Alameda das Verbenas, 322 – Q. 13 Aldeota Fortaleza – CE. Pax Tenho participado de vários livros do Aparício, menos deste último: anuário de poetas do Brasil – 1 vol. 77, onde, com satisfação acabo de ler os seus 10 sonetos, sob a denominação Versos bucólicos. Confesso – lhe, meu preclaro poeta, que estou maravilhado são 10 sonetos bucólicos muito bons, o que é bastante raro, hoje em dia, acontecer. Meus efusivos parabéns. Gostei muito dos seus: A farinhada Aurora, pequeno munduru e a lua, todos de um fino lavor e bela inspiração. São difíceis de se fazer. Bravos. Queira dar – me a honra de ler o meu segundo livro de poesias: pensamentos poéticos, propaganda anexa, com 134 novos sonetos, entre alexandrinos, decassílabos e sonetinhos que tenho absoluta certeza de que irá gostar. Não o decepcionarei, meu estimado confrade e, desde já, aceite o meu abraço agradecido e os votos de boa saúde e inspiração. Do seu admirador. A poesia de Serra Azul. Francisco Leite Serra Azul é inconfundível com os demais poetas do Brasil. Inconfundível porque a sua poesia é de cunho científico – filosófico ainda não cultivado no Brasil, filiando-se aos gêneros de Lucrécio, Ovídio e Goethe. Seu livro Natureza Ritmada é uma prova disso. E o livro Versos Bucólicos pelas amostras que temos e pelo que verificamos na intimidade do poeta, não é mais do que uma continuação daquele no seu gênero predileto. Apenas a variante está em que Natureza Ritmada é cosmogônico. Dedica-se aos assuntos da astronomia, da física, da química, da meteorologia, da biologia e da fisiologia e anatomia humana. E matematicamente, entra pelos campos da geometria, onde descreve na Força cósmica um universo de círculos, eclipses, triângulos e linhas, falando sobre a curva do tempo e as Dimensões do Espaço, onde entram em choque as leis da gravitação universal de Newton com as da relatividade de Einstein. Penetra ao fundo dos abismos estelares onde se acha a estrela Antares com seus 370 anos de luz distante de nós e que nenhum poeta como Bilac tem ouvidos para ouví-la ou entendê-la. E com a mesma facilidade desce ao profundo vale submarino onde emitido luz como os radiários, fala do motu-continuo e da evolução na luta universal. Este é o enredo de natureza ritmada. Ao passo que versos bucólicos é geogênico ou geofísico. Trata de assuntos relativos ao adubo da terra, aos minerais, as plantas e aos animais. É todo dividido em ordem metódica. Há uma série de poemas e sonetos sobre plantas industriais e alimentícias outra sobre plantas medicinais, ornamentais e hortenses, outra sobre árvores frutíferas, árvores nativas e árvores.
(*) Transcrição – Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora - Ceará

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Pesquisa Band/Ibope aponta Cid Gomes como o 3º melhor governador do País

Levantamento foi realizado entre os dias 6 e 7 de dezembro mostra que 69% aprovam Cid Gomes.
Por: Luciano Augusto
Pesquisa Ibope/Band sobre o desempenho dos governadores brasileiros revela que Cid Gomes é o terceiro melhor governador do País. Cid tem 55% de ótimo e bom e uma aprovação popular de 69%. Apenas 15% dos cearenses avaliam como ruim e péssimo o atual Governo do Ceará. Esses números vão repercutir decisivamente nas próximas semanas durante as negociações do governador Cid Gomes com a prefeita Luizianne Lins na definição do candidato a prefeito de Fortaleza. Luizianne não abre mão de indicar um nome, e Cid quer ser ouvido nessa escolha.
Segundo a enquete realizada pelo Ibope e divulgada pela Rede Bandeirantes de Televisão, o melhor governador do Brasil é o de Pernambuco, Eduardo Campos, que também é do PSB. Ele tem 79% de ótimo e bom e uma taxa de aprovação de 89%. Em segundo lugar aparece o governador do Paraná, o tucano Beto Richa com 64% de ótimo e bom e uma taxa de aprovação de 74%.
A novidade nessa pesquisa é que o desempenho de Cid Gomes é o mesmo do governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia. Ambos aparecem com 55% de ótimo e bom e 69% de taxa de aprovação popular. Atrás de Cid e Anastasia aparecem o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, com 54% de ótimo e bom e taxa de aprovação, de 67%. Atrás dele vem Sérgio Cabral com 51% de ótimo e bom e 71% de aprovação popular.
O levantamento mostra que 13% acredita que a administração de Cid Gomes é otima e 42% avaliam que ela é boa. 9% acham o Governo Ruim e 6% péssimo.  O resultado é considerado positivo, após um ano marcado pela greve dos professores e mais recentemente manifestações por parte de setores da Polícia Militar.
A pesquisa ouviu 10.878 pessoas, entre homens e mulheres, em todo o país, entre os dias 3 e 6 de dezembro. Veja abaixo reportagem exibida no Jornal da Band.

FONTE: http://www.cearaagora.com.br/noticias/politica/pesquisa-bandibope-aponta-cid-gomes-como-o-3%C2%BA-melhor-governador-do-pais

Ordem de serviço autoriza início das obras de requalificação em Farias Brito PDF

O secretário das Cidades, Camilo Santana, assina nesta segunda-feira (26), a ordem de serviço para as obras de requalificação da área central do município de Farias Brito, na Região do Cariri. A solenidade acontece às 19 horas. Em Farias Brito estão previstas a reforma de quatro praças (João Matias; Menino Jesus de Praga; Imaculada Conceição; e Antônio Moreira) e construção de uma nova praça. Também serão realizados serviços de urbanização, drenagem, pavimentação,
paisagismo e mobiliário urbano tanto nas praças quanto no trecho de 1.500 metros, da Avenida Manoel Pinheiro de Almeida. Serão no total, 8,6 mil metros quadrados, com investimentos de R$ 2,5 milhões.

De acordo com o Secretário, além de requalificação dos espaços públicos, as obras prevêem garantir acessibilidade para a população bem como o ordenamento da
circulação. “Com esse programa de desenvolvimento de polos regionais, a Secretaria das Cidades está investindo também na melhoria da vida das pessoas”, destaca.

Cidades do Ceará

As obras são ações do Programa Cidades do Ceará – Cariri Central, executado através de financiamento com o Banco Mundial. Serão no total, R$ 130 milhões investidos nos municípios de Santana do Cariri, Nova Olinda, Farias Brito, Caririaçu, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha e Jardim.

Entre as ações, também estão em execução obras do Centro Multifuncional de Serviços de Juazeiro do Norte; projeto de viabilidade econômica do teleférico em Barbalha;serviços de sinalização turística do Geopark; obras do Roteiro da Fé, em Juazeiro do Norte; etc. Também estão previstas obras do aterro consorciado do Cariri; urbanização de vias; além de ações de capacitação.

26.12.2011

Assessoria de Imprensa da Secretaria das Cidades
comunicacao@cidades.ce.gov.br / 85 3101.4462
Priscila Teixeira

sábado, 24 de dezembro de 2011

Centro do Crato é requalificado pelo Governo do Estado


A população do Crato, município da Região do Cariri, recebeu, na noute desta quinta-feira (22), o governador Cid Gomes que, após ser homenageado com o título de Cidadão Cratense, no Teatro Municipal Salviano Arraes, entregou as obras de requalificação das praças Juarez Távora e Siqueira Campos. Cid aproveitou a oportunidade para inaugurar as obras de urbanização de um trecho de 400 metros da Rua João Pessoa, que liga as duas praças recém-inauguradas.

“Me sinto muito honrado, muito dignificado com o tratamento que o Cariri sempre me deu. Toda essa região sempre me acolheu com muita esperança e confiança”. Assim se pronunciou Cid Gomes, referindo-se ao título de mais novo cidadão cratense, que recebeu das mãos do presidente da Câmara, Florisval Sobreira Coriolano.

Segundo o Governador, o objetivo maior da requalificação das praças é resgatar o gosto da população pelo bom uso dos espaços públicos.  Já para o prefeito do Crato, Samuel Araripe, a inauguração das obras toma outras proporções. “O alcance dessa obra é extraordinário, pois além de requalificar o Centro da nossa cidade, trará mais a população para as praças, acarretando num aquecimento do comércio local”, disse. Samuel ainda citou a preocupação do projeto em beneficiar os portadores de deficiência. “Esse cuidado pode ser percebido na disposição das esquinas, que respeitam o acesso das cadeiras de roda, com rebaixamentos constantes do nível da calçada”, comentou.

Praa_DentroPara a requalificação das praças do centro do Crato, que incluem também a Praça da Sé e a Praça Alexandre Arraes, foram investidos cerca de R$ 5 milhões, com participação do Governo do Estado (70%) e Banco Mundial (30%). As obras incluem serviços de sinalização/iluminação, piso, colocação de bancos, telefones públicos, paisagismo e lixeiras, além de drenagem e pavimentação das ruas. A reforma das praças Alexandre Arraes e Praça da Sé têm início previsto para janeiro de 2012.

Na ocasião da inauguração, Cid Gomes assinou a ordem de serviço que autoriza a pavimentação da avenida Fábio Pinheiro Esmeraldo, que dá acesso à Universidade Federal. Uma comitiva formada pelo prefeito e primeira-dama, Samuel e Mônica Araripe, Camilo Santana, secretário das Cidades, pelos deputados federais, Antônio Balhmann e Manoel Salviano, pelo deputado estadual Sineval Roque e pelo superintendente do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), Quintino Vieira, dentre outras personalidades, percorreu as recém-inauguradas praças e a Rua João Pessoa. “A cidade está de parabéns, pois essas obras são um resgate à história desse povo”, disse Cid Gomes.

23.12.2011
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)