quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Até 2014, faltarão 45 mil profissionais de TI no Brasil, prevê estudo

Por Letícia Arcoverde | Valor

SÃO PAULO - Um dos setores que mais sofrem com a escassez de mão de obra qualificada atualmente, a área de tecnologia da informação poderá apresentar falta de pelo menos 45 mil profissionais até 2014. A previsão é de um estudo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), que mapeou o mercado de trabalho do setor em oito Estados brasileiros.

Segundo a pesquisa, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Paraná, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Sul terão demanda de 78 mil profissionais de TI nos próximos três anos, mas a previsão é de que os cursos superiores da área formem apenas 33 mil pessoas. Entre os Estados, apenas Bahia, Minas Gerais e Pernambuco terão oferta suficiente de profissionais para suprir a necessidade.

O Estado com situação mais crítica atualmente é São Paulo, onde houve 14 mil contratações em 2010, enquanto as universidades formaram 10 mil novos profissionais. O estudo aponta que, também no ano passado, a evasão nos cursos da área foi de 87% em todo o Brasil.

A pesquisa detectou ainda que, desde 2003, os salários de profissionais de TI crescem acima da inflação na maioria dos Estados - as exceções são Distrito Federal e Pernambuco. A média salarial para a área é de R$ 2.950.

(Letícia Arcoverde | Valor)

Postar um comentário