sábado, 23 de junho de 2012

Cearense de 11 anos posta vídeo na web e vira celebridade

Dheymerson fez vídeo para a família e ficou surpreso com 900 mil acessos.
Ele tem planos para novas dublagens e quer manter-se como 'webcelebridade'.

Do G1 CE
Vídeo já tem mais de XXXX acessos (Foto: Reprodução)Vídeo teve quase um milhão de acessos em 21 dias
(Foto: Reprodução)
O estudante Dheymerson Lima, 11 anos, não esperava virar uma 'webcelebridade' quando postou um vídeo dublando a música Pintinho Piu, que voltou a ser sucesso nas vozes dos palhaços Patati e Patatá. "Hoje eu saio na rua e as pessoas falam comigo, pedem para fazer foto, dar autógrafo. Eu não esperava", diz Dheymerson.
O vídeo "E o Pintinho Piu Russas", postado no YouTube em 27 de setembro, somava 907.157 acessos no início desta manhã. Dheymerson conta que fez o vídeo para mostrar aos parentes. Uma semana depois a publicação tinha quase meio milhão de acessos. "Foi uma surpresa que eu gostei muito. Fiquei muito feliz", diz o garoto, estudante do sexto ano.
O garoto conta ao G1 que quer manter a fama na web e já tem projetos para novas publicações. Por enquanto, ele não pode antecipar como vai ser o próximo vídeo, mas revela que será uma dublagem humorística. "É segredo de trabalho", diz.
Dheymerson está de malas prontas para viajar na quarta-feira (19), quando vai participar de programas de TV em São Paulo. Ele vai com os pais, que pediram licença no trabalho para acompanhar as apresentações do filho.
cearense posta vídeo na web e vira celebridade (Foto: Waleska Santiago/Diário do Nordeste)''É segredo de trabalho'', diz Dheymerson, sobre novo vídeo. (Foto: Waleska Santiago/Diário do Nordeste)
''Pintinho Piu'' narra as desventuras do proprietário de uma casa com vários animais. Dheymerson dubla o som de diversos animais, o que requer memória apurada. Dheymerson descreve no seu vídeo que o público do Sudeste não conhece a onomatopeia da galinha d'angola, conhecida no Ceará como capote, que parece dizer "tô fraco". "Quando for a um programa em São Paulo levo um capote do Ceará", diz.
"Ele tem algo diferente. É aquela coisa que o público vê e gosta. E ele tem talento no que faz", diz o pai, Elias Santos. Elias diz que a família dá total apoio ao trabalho que o garoto começa a desenvolver na internet. O pai também garante que Dheymerson continua com boas notas na escola e mantém uma rotina com os amigos.
Ao G1, Dheymerson disse que não é muito fã de futebol, mas continua se divertindo com seus passatempos favoritos: videogame, livros, computador e as reportagens nos telejornais. Sim, telejornais. Dheymerson diz que seu sonho é ser repórter de TV.

 

Postar um comentário