quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

OMS divulga novas orientações para consumo diário de sal e potássio

Adultos devem ingerir menos de 5 g de sal e pelo menos 3,51 g de potássio.
Medida busca reduzir mortes e incapacidade por doenças cardiovasculares.

 

Da Reuters


A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta quinta-feira (31) novas orientações para que adultos consumam menos sal e incluam uma quantidade mínima de potássio em suas dietas diárias, na tentativa de reduzir o risco de doenças cardíacas e derrames cerebrais.
"Os adultos deveriam consumir menos de 2 gramas de sódio – ou menos de 5 gramas de sal – e pelo menos 3,51 gramas de potássio por dia", disse a agência em comunicado. Isso equivale a menos de uma colher de chá rasa de sal ou cinco pacotinhos daqueles servidos em restaurantes, já que cada um contém 1 grama.
Sal - Panetone de Macaxeira (Foto: Jonathan Lins/G1)Indicações de sal a crianças variam com tamanho, idade e necessidade energética (Foto: Jonathan Lins/G1)
Anteriormente, a OMS havia recomendado 2 gramas de sódio, mas as novas orientações acrescentam as palavras "menos de", disse o porta-voz da organização, Gregory Hartl, à Reuters.
Sódio (Foto: Arte/G1)
A OMS também divulgou suas primeiras indicações para a ingestão de sódio e sal por crianças, dependendo do tamanho, da idade e da necessidades energéticas delas. Essas medidadas se aplicam a crianças com mais de 2 anos de idade.
O sódio, encontrado naturalmente em alimentos como laticínios e ovos, está presente "em quantidades bem maiores nos produtos processados", como pão, carnes como bacon, refrigerantes, salgadinhos, doces, massas instantâneas, sopas, caldos em cubos e condimentos como molho de soja, disse a OMS.
Uma pessoa com níveis elevados de sódio ou baixos de potássio pode desenvolver pressão alta, fator que aumenta o risco de doenças cardíacas e derrames, as duas principais causas de morte e incapacidade no mundo, segundo o diretor do Departamento de Nutrição para Saúde e Desenvolvimento da OMS, doutor Francesco Branca.
Substitua o sal
Os médicos sugerem que as pessoas percam o hábito de ter o saleiro sempre à mesa e comecem a substituir o sal por temperos naturais, como cebola, alho, salsinha, cebolinha, orégano, hortelã, limão, manjericão, coentro e cominho, entre outros.
É bom evitar também carnes muito salgadas, como bacalhau, charque, carne-seca e defumados. Outra recomendação é sempre experimentar a comida antes de pôr sal, para ver se está adequada ao seu gosto. Além disso, aos poucos, o paladar se acostuma com menos sal na alimentação.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Gasolina e diesel sobem; alta na bomba pode ser integral

Petrobras reajusta gasolina em 6,6% e diesel em 5,4% nas refinarias. Repasse pode ser total na bomba
Rio/Fortaleza A Petrobras prometeu e, sete meses depois, cumpriu. Para recuperar parte da perda milionária que a estatal vem tendo para manter os valores dos combustíveis, a empresa anunciou aumento de 6,6% da gasolina e de 5,4% no diesel na refinaria. O reajuste começou a valer a partir de meia-noite de hoje e deve gerar uma correria aos revendedores que mantiverem os valores anteriores enquanto durar o estoque antigo.

Sindipostos-CE disse não ter como antecipar se reajuste será repassado de forma integral no Estado: "vai depender das distribuidoras" FOTO: NATINHO RODRIGUES


É no que acredita o assessor Especial de Economia do Sindicato dos Donos de Postos de Combustíveis do Ceará (Sindipostos-CE), Antônio José Costa. "Não tem como dizer se já haverá bombas com o novo preço amanhã (hoje). Vai depender da quantidade em estoque de cada posto", comentou.

Ele também afirmou que não há como antecipar se o aumento será repassado integralmente para os consumidores finais. "A tendência é que o repasse seja integral. Mas vai depender da Nota Fiscal das distribuidoras. O reajuste que houver lá será transferido para as bombas", disse.

Projeção de preços
Levando-se em consideração o mais recente levantamento de preços realizado no Ceará pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), se o aumento do preço do litro de gasolina comum for repassado integralmente, o reajuste, no Estado, ficará entre R$ 0,17 e R$ 0,19.

O preço mínimo encontrado até o último sábado, 26 de janeiro, de R$ 2,579 passaria a custar R$ 2,749 nos postos de combustíveis cearenses. Já o valor máximo coletado pelo estudo da ANP em igual período de R$ 3,030 saltaria para R$ 3,220.

Na simulação da reportagem, considerando o repasse integral de 5,4%, o óleo diesel aumentaria de R$ 0,11 a R$ 0,12, no Ceará. O valor mínimo de R$ 2,080 cobrado por litro seria reposto para R$ 2,190; enquanto o preço máximo de R$ 2,29 pularia para R$ 2,41.

Contudo, consultorias espalhadas pelo País sinalizam que o reajuste pode não chegar integralmente nas bombas. O principal argumento seria a mistura de ambos os combustíveis com outros produtos que não registrariam majoração.

Estatal justifica
Conforme a Petrobras, "esse reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo", comunicou, em nota. A companhia avisou ao governo no ano passado, quando da elaboração do Plano de Negócios vigente, que precisaria reajustar a gasolina e o diesel em 15%, de forma a conseguir financiar os investimentos de US$ 236,5 bilhões previstos para o período 2012-2016.

Em 25 de junho, a gasolina foi reajustada nas refinarias em 7,83%. Agora, faltaria cerca de 7% para que a pretensão da estatal fosse atendida. O diesel recebeu dois reajustes desde então. Um de 3,94%, em 25 de junho e outro de 6%, em 16 de julho

Apesar de o porcentual de reajuste da gasolina ser pouco abaixo do previsto no Plano de Negócios, a alta no diesel poderá compensar o resultado. O diesel é o combustível com maior impacto no balanço da companhia.

Os preços da gasolina e do diesel sobre os quais incide o reajuste anunciado não incluem os tributos federais Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide) e PIS/Cofins e o tributo estadual Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), segundo comunicado da Petrobras.

Inflação
A primeira ata do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) do ano já demonstrava preocupação com a aproximação da alta nos preços dos combustíveis. O impacto deverá atingir preços de outras mercadorias e ampliar a preocupação do governo em controlar a inflação em 2013.

Reajuste garante plano de negócios
Graça Foster pedia o reajuste ao governo federal para o mês de janeiro. E conseguiu FOTO: DIVULGAÇÃO
Rio O reajuste da gasolina e diesel anunciado, ontem, não acaba com a defasagem de preços dos combustíveis vendidos pelas refinarias da Petrobras em relação ao mercado internacional, mas garante a continuidade de projetos e investimentos.

Além de aliviar o caixa da companhia, que registra prejuízo de cerca de US$ 1 bilhão ao mês com a diferença entre os preços de importação de diesel e gasolina e os praticados no mercado doméstico.

Defasagem
Na avaliação de Ricardo Corrêa, analista da corretora Ativa, o valor do reajuste nos combustíveis era o esperado, confirmando a "expectativa negativa" do mercado em relação à recomposição das receitas da Petrobras. "O reajuste, naturalmente, alonga a capacidade de geração de caixa da empresa, mas a defasagem (dos preços nacionais com as cotações internacionais) não foi totalmente resolvida", observou o especialista.

O diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires, afirmou considerar o reajuste insuficiente, mas que alivia a empresa. Sobretudo, acrescentou, o reajuste demonstra que a presidente da Petrobras conseguiu convencer o governo da necessidade de aumento, mesmo com a inflação em alta.

Pires avalia que o reajuste terá um impacto de 0,13 ponto no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e de cerca de 4% na bomba. O economista Edmar de Almeida, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comemorou o aumento. "Para a Petrobras, (o aumento) é fundamental. Vejo com muitos bons olhos, pela importância que isso tem para manter a capacidade de investimento da empresa", declarou.

A projeção da LCA consultoria para o IPCA de janeiro, antes em 0,91%, passou para 0,83%. No ano, o principal índice de inflação do País deverá subir em 0,3 ponto porcentual por causa dos combustíveis.

"Ainda assim, a redução no custo da energia elétrica é preponderante", disse.

Consultorias veem repasse até 5,3%
São Paulo O economista e sócio da Tendências Consultoria, Juan Jensen, calcula que, nos postos, a gasolina deverá subir 4,2%. Já Fábio Romão, economista da LCA Consultores, estima que o encarecimento será maior. O especialista projeta que, no varejo, o reajuste levará a uma alta de 5,3% na gasolina e de 4% no caso do diesel.

Como o peso da gasolina dentro do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é de 3,89%, isso deve provocar um impacto total na inflação de 0,16 ponto porcentual, dividido em 0,01 ponto em janeiro e 0,15 ponto em fevereiro.

Os preços da gasolina e do diesel, sobre os quais incide o reajuste anunciado, não incluem os tributos federais Cide e PIS/Cofins e também o tributo estadual ICMS.

Segundo nota da Petrobras, esse reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo.

Quando o plano de negócios da estatal para o período de 2012 a 2016 foi fechado, no ano passado, a presidente da Petrobrás, Maria das Graças Foster, afirmou que o preço da gasolina estava com uma defasagem de 15%. Parte disso foi recomposta ainda em 2012, com o reajuste de 7,8% dado às refinarias.

Cide
Esse reajuste não chegou ao consumidor: o governo zerou o principal tributo cobrado do setor, a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide). Agora sem a Cide, a elevação vai chegar aos postos.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Cinco passos para cuidar da sua carreira em 2013



Cinco passos para cuidar da sua carreira em 2013
Por Marcos Morita
Você já planejou sua carreira para o ano de 2013? E em longo prazo? Para quem está ingressando no mercado de trabalho, planejar o futuro é o primeiro passo para que as escolhas não sejam precipitadas e que você tenha sucesso na vida profissional. Já para os experientes, atualizar seus conhecimentos é fundamental para conquistar novos espaços e é claro, para não ser trocado por quem está buscando um lugar ao sol.
A carreira invariavelmente gira em torno de três pilares: novo emprego, promoções ou aumentos salariais. Para torná-los realidade, muito trabalho é necessário, literalmente. Analisemos algumas condições que em geral auxiliam as pessoas a conquistá-los.
·      Educação continuada: significa nunca parar de aprender. Um MBA conta muito no currículo, assim como cursos específicos de curta duração. Conheço alguns profissionais que condicionam seu aperfeiçoamento à empresa, esperando subsídios para amortizar seus investimentos. Em época de cursos on-line, não estudar pode significar falta de vontade em aprender coisas novas.
·      Networking: construir e mantê-lo exigem esforço e disciplina. Participar de associações de classe, grupos de executivos e ex-alunos devem fazer parte de sua rotina. Estar presente em eventos e feiras do setor, assim como agendar almoços com ex-colegas e chefes também.  Apesar das facilidades das redes sociais profissionais, nada substitui o contato face a face. Vale lembrar que mais da metade das vagas executivas são preenchidas através de indicações.
·      Idiomas: supondo que você domine de verdade a língua inglesa, e que apresentações, viagens de negócios ou entrevistas de trabalho sejam itens corriqueiros, invista em uma segunda língua. Um espanhol bem falado está bem longe do velho e bom portunhol, utilizado em excursões a Buenos Aires. É o seu caso? Não sei o que ainda está esperando...
·      Atualize-se: o mundo da tecnologia tem nos surpreendido a cada dia e, ficar de fora desta realidade é se transformar num dinossauro em questão de meses. Você não precisa ser uma fera tecnológica, mas ter o mínimo de conhecimento sobre as novas ferramentas é essencial para manter-se atualizado e em sintonia com o grupo.
·      Atitude: em quantos novos projetos você se envolveu no último ano? Quais as reais contribuições feitas para a empresa? Quantos elogios e prêmios você ganhou ou foi cogitado para? Tive um chefe que mencionava uma frase célebre: sua atitude determina sua altitude, o que infelizmente pude comprovar na prática, após doze anos de uma bela carreira. Aliás, já reparou que profissionais com atitudes proativas costumam subir mais rápido?
Seja honesto e avalie o seu desempenho nos quesitos mencionados. Você se considera acima, na média ou abaixo?  Caso se posicione no primeiro grupo, parabéns! Se estiver na média, busque se aperfeiçoar, mas se for o caso da última opção, mexa-se!
Marcos Morita é mestre em Administração de Empresas, professor da Universidade Mackenzie e professor tutor da FGV-RJ. Especialista em estratégias empresariais é colunista, palestrante e consultor de negócios. Há mais de quinze anos atua como executivo em empresas multinacionais.


Para pensar
"A resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas".
Mário Quintana


domingo, 27 de janeiro de 2013

MEC divulga lista de aprovados na segunda chamada do Sisu


O Ministério da Educação (MEC) divulgou neste sábado (26) a segunda chamada de selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A lista de aprovados desta chamada estava previsto para sair na segunda-feira (28). Os candidatos terão os dias 1º, 4 e 5 de fevereiro para efetuar a matrícula na instituição de ensino.
Foto: Rodrigo Carvalho
Os candidatos não selecionados nesta segunda chamada podem integrar a lista de espera. O prazo de adesão vai deste sábado (26) até o dia 8 de fevereiro. As instituições de ensino participantes do Sisu usam essa lista para convocar candidatos a vagas remanescentes.
Caso ainda haja vaga no curso de primeira opção, o candidato será convocado pela instituição que tenha a vaga disponível. Ou seja, a participação na lista de espera somente pode ocorrer na primeira opção do candidato.
Sisu ofereceu mais de 129 mil vagas na primeira edição do ano
Na primeira edição deste ano, o Sisu ofereceu 129.319 vagas — 18% a mais em relação a 2012 —, em 3.752 cursos. Neste primeiro semestre, 101 instituições públicas de educação superior promovem a seleção de estudantes por meio do sistema.
O Sisu é o sistema informatizado do MEC no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

sábado, 26 de janeiro de 2013

Funceme aponta maior probabilidade de chuvas abaixo da média no Ceará


funcemeO prognóstico oficial para a quadra chuvosa de 2013 no Ceará é de maior probabilidade de chuvas na categoria abaixo da média histórica. A previsão climática foi obtida após estarem reunidos, ontem, em Fortaleza, meteorologistas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE), da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e dos núcleos de meteorologia dos estados no Nordeste.

Pelo consenso entre os técnicos, nos meses de fevereiro, março e abril deste ano, há uma probabilidade de 45% para as precipitações ficarem abaixo da média. Para a categoria em torno da média, foi apontada uma probabilidade de 35%, e há ainda 20% de probabilidade de chover uma quantidade acima da média no período.

“Sabemos que não é uma notícia boa, principalmente por que tivemos um ano de estiagem em 2012 e poderemos ver esse quadro se agravar. Mas é o que nos apontam os modelos atmosféricos. Para os próximos três meses, as previsões mostram que há um aquecimento na parte norte do Oceano Atlântico. Esse é um quadro desfavorável pra as chuvas no Ceará, pois a convergência de ventos que traz nebulosidade e chuvas nessa época do ano, não deverá descer até o hemisfério sul e atingir o Estado”, explica Eduardo Sávio Martins.

Reunião do Comitê Integrado de Combate à Seca
O anúncio oficial da previsão climática aconteceu na manhã de hoje, 25 de janeiro, durante coletiva de imprensa no Hotel Luzeiros. Logo após a divulgação do prognóstico, foi realizada uma reunião do Comitê Integrado de Combate à Seca, coordenado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), para avaliar os impactos que essa perspectiva de poucas chuvas pode causar em setores essenciais, como agricultura e armazenamento de recursos hídricos, e traçar estratégias para diminuir esses impactos. De acordo com o titular da SDA, Nelson Martins, a principal preocupação do Comitê Integrado é com a alimentação animal. “Nós vamos propor ao Governador Cid Gomes que articule com o Governo Federal o envio de uma maior quantidade de milho para o Ceará 300 mil toneladas de milho que serão enviadas para o Nordeste”, afirmou.

O secretário afirmou também que a SDA vai fazer um levantamento dos perímetros irrigados do Ceará para que eles possam produzir reserva alimentar para o rebanho. “Atualmente, nós temos o perímetro irrigado do Mandacaru, em Jaguaribara, que está produzindo forragem e está comercializando a produção no Vale do Jaguaribe e regiões vizinhas”.

Além da SDA, o Comitê Integrado de Combate à Seca possui representantes dos Ministérios do Desenvolvimento Agrário, Desenvolvimento Social e Combate à Fome e das Minas e Energia, além do Exército Brasileiro. Pelo governo cearense, participam as Secretarias de Recursos Hídricos, Cidades, Trabalho e Desenvolvimento Social, e Ciência e Tecnologia, através das vinculadas Funceme, Cagece, Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra), Ematerce e Defesa Civil Estadual, além da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Ceará (Fetraece) e Federação da Agricultura e Pecuária do Ceará (Faec).

Os órgãos que integram o Comitê formarão um grupo de trabalho para definir as ações de curto, médio e longo prazo que serão apresentadas ao governador Cid Gomes para serem desenvolvidas para a convivência com a seca.

Funceme com modelagem global

As análises das modelagens numéricas feitas pelos meteorologistas tiveram uma novidade neste ano. Durante a reunião climática de ontem, também foi considerado um modelo atmosférico global gerado pela Funceme, único núcleo estadual do Brasil a fornecer esse tipo de informação em escala mundial. O novo produto da instituição foi levado em consideração, assim como os do INMET e CPTEC/INPE.

“O diferencial de um modelo global gerado e rodado na Funceme é que ele nos permite um olhar mais focado no Ceará. É uma nova informação agregada nas análises e discussões dos profissionais envolvidos na elaboração do prognóstico”, explica Eduardo Sávio Martins.

Nova reunião climática em fevereiro

A quadra chuvosa no Ceará é compreendida entre os meses de fevereiro, março, abril e maio. A previsão climática divulgada hoje aponta somente para os três primeiros, isso porque, no fim de fevereiro, haverá, na Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), uma nova reunião climática para apontar um prognostico atualizado, chegando até o fim de maio. As avaliações acontecerão mensalmente em 2013. “Estaremos constantemente monitorando a evolução das condições atmosféricas e oceânicas para enxergarmos possíveis mudanças nesse quadro. Isso aumenta a confiabilidade na nossa previsão”, pondera o presidente da Funceme.

Recursos Hídricos

Presente na coletiva de divulgação do prognóstico, o presidente da Cogerh, Renis Frota, disse que a instituição já se preparava para este cenário de perspectiva de poucas chuvas. “Estávamos torcendo para o melhor, mas também pensamos em uma situação menos favorável, tanto que em 2013 a Cogerh terá o maior orçamento da sua história, de sessenta e um milhões de reais. Além disso, há uma série de atuações no sentido de a gente racionar os fluxos nas bacias. Chama atenção a necessidade de uma melhor gestão nas bacias do Sertão de Crateús e do Curu, onde teremos um grande trabalho de extensão, que nos permitirá racionalizar quem vai tirar, a que volume e em qual momento, para que a gente possa ter uma otimização dos recursos que serão liberados”, informou.

25.01.2013

Assessoria de Comunicação da Funceme
Guto Castro Neto - (85) 8814.4194

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Quer começar o ano empregado ou com sucesso na carreira? Veja dicas

Candidatos precisam pesquisar o mercado e as empresas antes.
Atualizar currículo e ter noção dos pontos fortes e habilidades é essencial.

 

Do G1, em São Paulo

Conseguir emprego ou mudar de trabalho são algumas das metas que estão no topo do ranking das resoluções de ano novo. Mas, para isso, segundo especialistas, os candidatos precisam pesquisar o mercado e as empresas onde pretendem concorrer a uma vaga, deixar o currículo atualizado e ter noção de seus pontos fortes e suas habilidades, investindo no autoconhecimento.

O G1 reuniu abaixo 10 dicas dos especialistas Cristiano Rosa, professor de gestão em recursos humanos do Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada (IBTA), da analista de carreiras do Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada (IBTA), Paula Sanches, e de Eduardo Ferraz, consultor em gestão de pessoas.
“A maioria dos profissionais sonha em ter o emprego ideal, ganhar mais, ser promovido ou tudo isso ao mesmo tempo. Entretanto, muitas vezes, acha que seu desenvolvimento profissional é atributo da empresa em que trabalha. A questão é que, na prática, além de saber avaliar bem as possibilidades de crescimento pessoal e profissional que a empresa oferece, é preciso aprimorar seus próprios talentos”, diz Ferraz.

De acordo com Cristiano Rosa, para quem quer se livrar do desemprego, o primeiro trimestre do ano é o período ideal para a busca de novas oportunidades. “Nessa época, as empresas renovam seus orçamentos e muitas têm mais verbas para contratar novos funcionários”, diz.
Currículo claro e objetivo
De acordo com Cristiano Rosa, o currículo ideal é claro e direto, contém apenas duas páginas e é preciso disponibilizá-lo nas redes sociais. “É necessário jogar o currículo na internet para que todos saibam que você está disponível para o mercado de trabalho.” Além disso, segundo o professor, é fundamental também deixar claro no documento os objetivos, que devem estar alinhados com a experiência profissional do candidato. Além disso, devem ser ressaltadas as aptidões e habilidades de acordo com o cargo pretendido.

Pesquisas de vagas
O profissional deve pesquisar em vários meios as vagas disponíveis e enviar o currículo para todas elas. “O candidato deve enviar o currículo inclusive para companhias onde ele sonha em trabalhar. Não pode desperdiçar nenhuma chance”, diz Rosa. É importante ainda, diz o professor, que haja conhecimento prévio da empresa onde se pretende atuar.

Networking
O contato de amigos e colegas já inseridos no mercado de trabalho ajuda bastante na hora da pesquisa sobre vagas. Muitas empresas preferem a indicação de novos profissionais dos próprios funcionários. “O ideal é procurar os colegas com quem você já trabalhou, eles podem ajudar bastante”, indica Paula Sanches.

Entrevista é prioridade
Uma boa apresentação na hora da entrevista é levada em conta pelo recrutador. Além de chegar com antecedência no local indicado, Paula Sanches reforça a importância de o candidato levar uma cópia impressa do currículo. Rosa ratifica a necessidade de um discurso seguro, que mostre conhecimento da empresa e do perfil da vaga que o candidato deseja. “O profissional deve saber o maior número de informações sobre seu futuro ambiente de trabalho”, explica.

Autoconfiança
Para Rosa, acreditar no próprio potencial profissional faz parte da conquista por uma vaga de emprego. “Todo profissional tem uma cadeira esperando por ele. É preciso encontrar a vaga com o seu perfil ideal. Tem pessoas que se cansam de procurar e vão desanimando, isso não pode acontecer. Autoconfiança é importantíssimo. Há pessoas que, quando chegam a uma certa idade, acham que já foram descartadas pelo mercado. Independente da idade, o que prevalece é a experiência. O mercado está aquecido e aguardando também o profissional de 40, 50 anos para entrevistas”, diz.

Autoconhecimento
Ferraz recomenda analisar bem o histórico de vida, as empresas e empregos por onde passou, o que mais gostou de ter feito e o que detestou. "Tudo o que uma pessoa conseguiu até agora e tudo o que espera conseguir é muito influenciado por sua personalidade", diz.

Respeite suas características
Para Ferraz, não é bom negócio insistir em coisas improváveis. "Por exemplo: se você é uma pessoa tímida, não lute contra isso, apenas administre. Provavelmente você não se sentirá bem ao lidar com grandes públicos. O contrário também é verdadeiro: se você é superextrovertido, trabalhar fechado num escritório será uma tortura. Pense em mudar de função ou de ambiente."

Identifique os pontos fortes
"Se você é muito exigente, teimoso, perfeccionista, mandão, falante, desconfiado ou qualquer comportamento que socialmente é visto como inadequado, pode se tornar um ponto forte se utilizado em tarefas que demandem esses comportamentos. O sucesso está em descobrir e aprimorar os seus pontos fortes", diz Ferraz.

Posicione-se onde você renda mais
Ferraz indica procurar por meio de um novo emprego ou dentro da empresa se posicionar para que possa usar os talentos na maior parte do tempo. "O perfeccionista vai gostar de organizar, o extrovertido de se relacionar, o dominante de comandar, o impaciente de acelerar", comenta.

Treine seu talento
"É importante melhorar aquilo que já tem de bom, desenvolver os talentos com técnicas, estudo e repetição. Um grande talento sem o esforço do treinamento e da repetição não gera resultados. Sucesso exige mais suor do que prazer", finaliza.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Chuvas no Ceará do dia 22 de Janeiro de 2013

           

  Chuva Relativa ao Período: 7:00 de 21/1/2013 às 7:00 de 22/1/2013
Legenda determinada pela chuva máxima no município
Dados em Ordem Decrescente de Precipitação

MACRO REGIÃO 1 - LITORAL NORTE
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
Lagoa Do Carneiro Acarau 11.4
Miraima Miraima 10.8
Meruoca Meruoca 10.4
Salao Senador Sa 10.0
Ac. Sobral Sobral 6.3
Camocim Camocim 4.0
Campanario Uruoca 2.0
Postos com chuva: 7 / Postos informados: 8


MACRO REGIÃO 2 - LITORAL DE PECEM
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
General Sampaio General Sampaio 4.4
Postos com chuva: 1 / Postos informados: 2


MACRO REGIÃO 3 - LITORAL DE FORTALEZA
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
Postos com chuva: 0 / Postos informados: 1


MACRO REGIÃO 4 - MACICO DE BATURITE
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
Aracoiaba Aracoiaba 7.8
Mulungu Mulungu 2.0
Pacoti Pacoti 2.0
Postos com chuva: 3 / Postos informados: 3


MACRO REGIÃO 5 - IBIAPABA
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
Manhoso Vicosa Do Ceara 54.0
Ac. Forquilha Forquilha 37.2
Ipu Ipu 35.0
Forquilha Forquilha 30.0
Flores Ipu 22.2
Ubajara Ubajara 21.4
Guaraciaba Do Norte Guaraciaba Do Norte 20.0
Ubauna Coreau 11.4
Reriutaba Reriutaba 8.0
Pires Ferreira Pires Ferreira 4.5
Ipueiras Ipueiras 4.0
Croata Croata 3.2
Mucambo Mucambo 1.0
Postos com chuva: 13 / Postos informados: 14


MACRO REGIÃO 6 - JAGUARIBANA
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
Oros Oros 55.0
Cascudo Ico 51.0
Ico Ico 47.0
Palestina Oros 46.3
Acude Madeiro Pereiro 8.2
Crioulas Pereiro 8.0
Jaguaribe Jaguaribe 5.2
Postos com chuva: 7 / Postos informados: 9


MACRO REGIÃO 7 - CARIRI
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
Granjeiro Granjeiro 75.2
Iborepi Lavras Da Mangabeira 70.0
Caipu Carius 64.0
Lameiro Crato 48.0
Aurora Aurora 47.0
Cuncas Barro 44.0
Jucas Jucas 42.0
Juazeiro Do Norte Juazeiro Do Norte 39.0
Missao Velha Missao Velha 34.0
Carius Carius 34.0
Varzea Alegre Varzea Alegre 32.8
Monte Alegre Barro 30.2
Engenho Velho Barro 25.2
Crato Crato 24.8
Varzea Da Conceicao Cedro 23.0
Vila Sao Goncalo-Marrocos Juazeiro Do Norte 23.0
Arrojado Lavras Da Mangabeira 22.0
Sao Sebastiao Carius 21.0
Santana Do Cariri Santana Do Cariri 21.0
Cedro Cedro 19.2
Riacho Verde Varzea Alegre 18.0
Sitio Canto Umari 14.0
Milagres Milagres 13.5
Penaforte Penaforte 11.0
Caririacu Caririacu 10.0
Porteiras Porteiras 10.0
Barbalha Barbalha 8.0
Farias Brito Farias Brito 6.4
Sitio Macapa Jati 6.0
Mauriti Mauriti 6.0
Sitio Tipi Aurora 5.5
Poco Do Pau Brejo Santo 5.0
Felizardo Ipaumirim 5.0
Ipaumirim Ipaumirim 3.0
Postos com chuva: 34 / Postos informados: 35


MACRO REGIÃO 8 - SERTAO CENTRAL E INHAMUNS
POSTO MUNICIPIO QTD(mm)
Quixoa Iguatu 69.0
Mineirolandia Pedra Branca 52.0
Acude Do Governo Iguatu 40.0
Barro Alto Iguatu 37.4
Iguatu Iguatu 26.0
Trapia Santa Quiteria 19.6
Ac. Sao Mateus Caninde 16.6
Tamboril Tamboril 16.4
Sao Joao Do Trissi Taua 15.0
Varzea Nova Antonina Do Norte 12.8
Aratama Assare 12.0
Caridade Caridade 12.0
Campos Sales Campos Sales 11.2
Lizie Santa Quiteria 11.2
Brejinho Araripe 9.4
Caixa Acopiara 4.0
Catunda Catunda 2.0
Monte Nebo Crateus 1.2
Ac. Pedras Brancas Quixada 1.0
Postos com chuva: 19 / Postos informados: 19


Total de postos com chuva em todo o estado: 84
Total de municípios com chuva em todo o estado: 64
Dados extraídos automaticamente às: 08:45 de 22/1/2013