segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Cinco passos para cuidar da sua carreira em 2013



Cinco passos para cuidar da sua carreira em 2013
Por Marcos Morita
Você já planejou sua carreira para o ano de 2013? E em longo prazo? Para quem está ingressando no mercado de trabalho, planejar o futuro é o primeiro passo para que as escolhas não sejam precipitadas e que você tenha sucesso na vida profissional. Já para os experientes, atualizar seus conhecimentos é fundamental para conquistar novos espaços e é claro, para não ser trocado por quem está buscando um lugar ao sol.
A carreira invariavelmente gira em torno de três pilares: novo emprego, promoções ou aumentos salariais. Para torná-los realidade, muito trabalho é necessário, literalmente. Analisemos algumas condições que em geral auxiliam as pessoas a conquistá-los.
·      Educação continuada: significa nunca parar de aprender. Um MBA conta muito no currículo, assim como cursos específicos de curta duração. Conheço alguns profissionais que condicionam seu aperfeiçoamento à empresa, esperando subsídios para amortizar seus investimentos. Em época de cursos on-line, não estudar pode significar falta de vontade em aprender coisas novas.
·      Networking: construir e mantê-lo exigem esforço e disciplina. Participar de associações de classe, grupos de executivos e ex-alunos devem fazer parte de sua rotina. Estar presente em eventos e feiras do setor, assim como agendar almoços com ex-colegas e chefes também.  Apesar das facilidades das redes sociais profissionais, nada substitui o contato face a face. Vale lembrar que mais da metade das vagas executivas são preenchidas através de indicações.
·      Idiomas: supondo que você domine de verdade a língua inglesa, e que apresentações, viagens de negócios ou entrevistas de trabalho sejam itens corriqueiros, invista em uma segunda língua. Um espanhol bem falado está bem longe do velho e bom portunhol, utilizado em excursões a Buenos Aires. É o seu caso? Não sei o que ainda está esperando...
·      Atualize-se: o mundo da tecnologia tem nos surpreendido a cada dia e, ficar de fora desta realidade é se transformar num dinossauro em questão de meses. Você não precisa ser uma fera tecnológica, mas ter o mínimo de conhecimento sobre as novas ferramentas é essencial para manter-se atualizado e em sintonia com o grupo.
·      Atitude: em quantos novos projetos você se envolveu no último ano? Quais as reais contribuições feitas para a empresa? Quantos elogios e prêmios você ganhou ou foi cogitado para? Tive um chefe que mencionava uma frase célebre: sua atitude determina sua altitude, o que infelizmente pude comprovar na prática, após doze anos de uma bela carreira. Aliás, já reparou que profissionais com atitudes proativas costumam subir mais rápido?
Seja honesto e avalie o seu desempenho nos quesitos mencionados. Você se considera acima, na média ou abaixo?  Caso se posicione no primeiro grupo, parabéns! Se estiver na média, busque se aperfeiçoar, mas se for o caso da última opção, mexa-se!
Marcos Morita é mestre em Administração de Empresas, professor da Universidade Mackenzie e professor tutor da FGV-RJ. Especialista em estratégias empresariais é colunista, palestrante e consultor de negócios. Há mais de quinze anos atua como executivo em empresas multinacionais.


Para pensar
"A resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas".
Mário Quintana


Postar um comentário