quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Câmara de Juazeiro do Norte é investigada pela compra de mais de 4 mil vassouras

Câmara de Juazeiro do Norte é investigada pela compra de mais de 4 mil vassouras (Foto: Reprodução/Bom Dia Brasil)
A Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, no Ceará, é alvo de uma investigação por causa de um compra pra lá de extravagante. O Ministério Público descobriu que foram adquiridos produtos como sabão e vassouras em uma quantidade inacreditável. Essa é a mesma cidade que,  no começou do ano, tentou reduzir o salário dos professores

A lista de compras surpreende pelo exagero: 1,2 mil quilos de açúcar, 2,5 mil quilos de sabão, 1,4 mil litros de água sanitária, 4,2 mil vassouras. Tudo isso apenas para a Câmara de Juazeiro do Norte, que tem 21 vereadores.

“Não precisa de vassoura para varrer? Então, se precisa de vassoura é para ser comprado”, justifica o O presidente da Casa, Antônio de Lunga.

A oposição pediu uma investigação do Ministério Público. “Na Câmara Municipal só existe uma cantina, nós só temos duas sessões ordinárias por semana. Então, eu não vejo porquê dessas compras absurdas”, diz o vereador Danty Benedito.

Segundo o autor da denúncia, o material, comprado entre março e junho, nunca entrou na Câmara Municipal. O presidente da Casa rebate as acusações: “As notas fiscais das compras estão aqui na Câmara, as originais, à disposição de quem quiser ver as notas fiscais”.

Todo o material está guardado em um prédio particular, ou seja, não pertence à Câmara de Vereadores e fica a cerca de quatro quilômetros da sede do legislativo de Juazeiro do Norte.

O vereador da mesa diretora Darlan Lobo disse que está envergonhado: “Isso é uma vergonha.

Chacota, de passar na rua e perguntarem ‘Cadê as vassouras? Cadê o sabão?’".

Além dos itens citados na reportagem, a Câmara exagerou também na compra de outros materiais. Vejam só: 2,5 mil caixas de fósforos, 33 mil esponjas de aço e 312 mil unidades de óleo de peroba.

Fonte: Bom Dia Brasil
Postar um comentário