sábado, 31 de agosto de 2013

Crato e Juazeiro do Norte festejam suas padroeiras

Fiéis acompanham a chegada de Nossa Senhora da Penha, na Catedral. Alvoradas são programadas ainda para homenagear a padroeira e também à Nossa Senhora das Dores (Foto: Antônio Vicelmo)
Um dia dedicado aos festejos das padroeiras de Crato e Juazeiro do Norte. As alvoradas festivas nos municípios anunciam o começo de uma das maiores festas do Nordeste, com a festa Romeira de Nossa Senhora das Dores, na terra do Padre Cícero, e o encerramento, com a Festa de Nossa Senhora da Penha.

A estimativa dos organizadores, na Sé Catedral, na cidade cratense, é que cerca de 70 mil pessoas participem da procissão, que inicia às 17 horas de amanhã, com cortejo percorrendo ruas do centro da cidade.

Na manhã deste domingo, uma carreata conduzindo a imagem da "Mãe das Dores´ sairá da Basílica, com a bênção dos veículos presentes, a partir das 11h30. No final da tarde, com a participação de peregrinos, haverá procissão com a imagem e a bandeira da santa.

A abertura solene ocorre às 19 horas, após hasteamento das bandeiras do Nordeste e de Nossa Senhora das Dores, que permanecerá até o dia 15 de setembro, dia da grande procissão. A estimativa da igreja, é que mais de 400 mil pessoas estejam participando dos noitários e caminhadas com a imagem da padroeira.

Comércio
Este ano, Juazeiro do Norte, passa a contar com uma organização maior dos barraqueiros, que estão sendo destinados a ocuparem boxes no Centro de Apoio aos Romeiros. A Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp) já começou a entregar os crachás para comerciantes e ambulantes inscritos para trabalhar durante o período de Romaria. A entrega será realizada na sede da Secretaria localizada no parque ecológico das Timbaúbas.

Segundo o secretário Ivan Bezerra, não serão permitidas as instalações de barracas ao longo das ruas e avenidas de Juazeiro do Norte, principalmente nas proximidades das igrejas da Matriz, Socorro, São Miguel e Salesianos, principais centros de visitação de romeiros oriundos de várias regiões.

Desta forma, cada comerciante cadastrado receberá um crachá, cujo uso é obrigatório durante todo o período da romaria.

A Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos lembra ainda que os cadastramentos de novas vagas vão prosseguir até o final de semana.

Os interessados devem se dirigir ao no Centro de Apoio ao Romeiro, munidos de CPF, cédula de identidade e comprovante de endereço. O horário de atendimento é de 8 às 17 horas.

Romeiros

A secretária de Cultura e Romarias, Marly Bezerra, confirmou para as 8 horas da próxima terça-feira, dia 3, no Círculo Operário São José, a última reunião da Operação Romeiro. O encontro vai analisar os detalhes finais relacionados ao acolhimento do romeiro que participará da festa.

A chegada dos peregrinos só deve acontecer a partir do dia 10 de setembro, quando começa a primeira grande romaria do ano, abrindo o calendário do ciclo romeiro na cidade.

Este ano, uma das grandes preocupações da Igreja tem sido relacionada à segurança dos fiéis do Padre Cícero. Por isso, o pároco da Basílica, Joaquim Cláudio, solicitou uma atenção maior do poder público nesse sentido, e uma reunião chegou a ser realizada no Ministério Público do município.

A promotora de Justiça, Alessandra Monteiro, destacou que algumas melhorias podem ser notadas em relação à romaria, mas é necessário ser realizado esse acompanhamento no sentido de proporcionar uma boa acolhida ao visitantes.

A secretária Marly Bezerra diz que a atenção maior também estará voltada à devolução dos espaços aos peregrinos nas avenidas, ruas e praças. Outras questões a serem avaliadas têm relações diretas com os setores da saúde, limpeza pública, organização do trânsito e segurança.

O Comando do 2º BPM já anunciou sobre o reforço em Juazeiro, além da disponibilização de 70 Guardas Municipais e 75 agentes do Demutran em motos e viaturas pela Secretaria de Segurança do município. Já a saúde fará funcionar postos no Horto, Matriz e Capela do Socorro, além de ambulâncias à disposição dos romeiros.

Procissão

A caminhada de Nossa Senhora da Penha, em Crato, sairá da Praça da Sé, seguindo pelas ruas Dom Quintino, Coronel Luiz Teixeira, Nossa Senhora de Fátima, 21 de Junho, Coronel Secundo, Avenida José Alves de Figueiredo, Araripe, Pedro II, Nelson Alencar, Bárbara de Alencar e Miguel Limaverde, retornando à Matriz, para o encerramento, com a bênção do santíssimo.

A festa foi aberta no último dia 22, com uma carreata envolvendo cerca de três mil veículos. Este ano, comemora-se 245 anos de paróquia e 99 como Catedral da Sé. O tema da festa é "Com a Mãe da Penha seguimos Jesus, nossa luz".

Segundo o padre Edmilson Neves, pároco da Catedral de Crato, a preparação para os festejos à Nossa Senhora da Penha foi iniciada há vários meses. Ele explica que este ano o evento será realizado de forma diferente, com a pré-festa, durante nove dias, como forma de dar maior visibilidade na área da paróquia.

A devoção à Nossa Senhora da Penha começou a partir do momento em que os frades capuchinhos chegaram ao Cariri, no período da colonização, há mais de 300 anos. A primeira imagem veio para o município do Crato, da Basílica de Nossa Senhora da Penha, em Olinda/PE, e ainda existe preservada na paróquia. A justificativa para que viesse ao Crato é que imagem ficou pequena no altar construído na Basílica daquela localidade.

A imagem foi adquirida na França. O padre Edmilson Neves ressalta a devoção à Nossa Senhora da Penha na Região e no Brasil, a exemplo das cidades de Campos Sales, no Cariri, e paróquias da Penha em São Paulo e Rio de Janeiro. A santa é também padroeira da Diocese.

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário