quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Juazeiro do Norte-CE: Cerca de 4 mil participaram da abertura do 13º Intereclesial das CEBs

Dom Fernando Panico abriu o evento com pronunciamento (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Na noite desta terça-feira (7) na Praça do Santuário de São Francisco das Chagas em Juazeiro do Norte, o 13º Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) foi oficialmente aberto por meio de pronunciamento do Bispo da Diocese de Crato, Dom Fernando Panico e contou com uma multidão de fiéis vindos de diversos lugares do mundo. O encontro segue até o próximo sábado (11) e a cada dia você acompanhará sua programação no Site Miséria.

Sediado em Juazeiro do Norte, o 13º intereclesial das CEBs tem como ema “Justiça e profecia a serviço da vida” e o lema “CEBs, Romeiras do Reino no campo e na cidade”. A cidade caririense é a quarta a recebe-lo, tendo sido realizado antes em João Pessoa/PB (1978), São Luiz/MA (1997) e Ilheús/BA (2000).

Cerca de 4 mil pessoas estiveram na igreja dos Franciscanos (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)

De acordo com o cantor e compositor Zé Martins, ligado ao movimento, o Intereclesial “é uma grande celebração do povo de Deus, um espaço para confrontar a nossa prática com a prática de Jesus, onde se vive a comunhão eclesial e a partilha, o ecumenismo e o diálogo com outras religiões e com outras culturas”.

O primeiro destes encontros foi realizado em Vitória (ES) no mês de janeiro de 1975. Durante esse tempo que vem acontecendo, o movimento mergulhou diretamente em períodos-chave da história brasileira, como a ditafura militar, “Diretas Já” e no início da chamada Nova República com a eleição do presidente Tancredo Neves.

“Esperando acolher os 3750 delegados, a cidade de Juazeiro do Norte ofereceu a sua especialidade romeira para que aconteça o 13º Intereclesial. Que venham os pés Romeiros”, entusiasmou-se o Padre Antonio Julio Ferreira, coordenador de comunicação do evento.

Clique aqui e confira a programação do 13º Intereclesial das CEBs para esta quarta (8)
 

Vista da praça do Santuário de São Francisco das Chagas, em Juazeiro (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Postar um comentário