quarta-feira, 19 de março de 2014

19.03.2014 - Dia de São José Santo traz esperança de chuva ao Ceará


Renata Pessoa 
Esposo de Maria, pai de Jesus, José de Nazaré era, segundo a Bíblia, um carpinteiro. Descendente da casa real de Davi, o santo é venerado pelas Igrejas Ortodoxa, Anglicana e Católica. Hoje, 19 de março, é celebrado seu dia.
Há quem diga que, depois de Maria, José é o santo mais popular da Igreja. Seu nome é recorrido em diversas dioceses e paróquias, congregações religiosas, instituições e até cidades. Entretanto, o Evangelho pouco fala sobre ele, tendo referências restritas ao período que antecede à vida pública de Jesus. Sua missão era ser o guardião da família. Responsável pelo sustento do lar, pode-se deduzir que tinha uma vida simples, pois os carpinteiros da época, como também os outros artesãos, eram pessoas sem posses, que viviam apenas da venda do que produziam.  
Pai dedicado, José ensinou a Jesus o seu ofício e também o educou na fé, levando-o todos os anos à Jerusalém, para a Festa da Páscoa, como era tradição entre os judeus. Por esta dedicação e lealdade, São José também recebe o título de Padroeiro da Família.
Para os nordestinos, o dia é marcante, especialmente em anos de seca. Isso porque São José também é considerado o padroeiro dos agricultores e do Ceará, e é no seu dia que a região faz a previsão de chuvas para o restante do ano. Se a chuva cair neste dia, vem a certeza de que ele vai ser bom. Caso não chova, a estiagem é dada como certa. 
Para os devotos do padroeiro, a Funceme (Fundação de Meteorologia e recursos Hídricos do Ceará) registrou, até a manhã de hoje, chuva em 75 municípios.
Postar um comentário