sexta-feira, 9 de maio de 2014

Campanha de vacinação contra gripe será prorrogada


Vacinação Gripe 2014A meta de vacinação da campanha nacional de vacinação contra gripe, que começou no dia 22 de abril, estabelecida pelo Ministério da Saúde até esta sexta-feira (09), é de 80% dos grupos prioritários. Os municípios que não atingirem a meta nesse período devem continuar a Campanha. O Ministério da Saúde informou na última quinta-feira (08) que prorrogou a mobilização para ampliar o número de pessoas protegidas em todo o país. No Ceará, até ontem 693.435 pessoas tinham se vacinado, o que significa 39,10% da meta.

As pessoas que estão nos grupos prioritários a para a vacinação devem procurar os postos. São: crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; pessoas com doenças crônicas; gestantes; puérperas até 45 após o parto; trabalhadores de saúde; povos indígenas e população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Foram distribuídos pelo Ministério da Saúde para todo o Brasil 53,5 milhões de doses, que protegem contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no inverno passado (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). A vacina não é indicada para pessoas com reação anafilática prévia em doses anteriores e a qualquer componente da vacina ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e derivados.

A transmissão dos vírus influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar ou através das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Entre os cuidados simples para prevenir a gripe, está a lavagem das mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal. Os sintomas da gripe são febre, tosse ou dor na garganta, além de dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. O agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

09.05.2014
Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara
Postar um comentário