sábado, 31 de maio de 2014

Marcha para Jesus reúne multidão de fiéis no Centro do Rio



Cores verde e amarelo tomaram conta da Presidente Vargas.
Fernandinho, Andre Valadão, Perlla e Bruna Karla são atrações.

Marcelo Elizardo Do G1 Rio
Marcha para Jesus acontece no Centro do Rio (Foto: Marcelo Elizardo/G1)Marcha para Jesus acontece no Centro do Rio (Foto: Marcelo Elizardo/G1)
A Marcha para Jesus reuniu uma multidão de fiéis na Avenida Presidente Vargas, Centro do Rio, na tarde deste sábado (31). O evento, que acontece há 27 anos, teve shows de bandas evangélicas em trios elétricos que agitaram os presentes. De acordo com 5º BPM (Praça Harmonia) a caminhada reuniu em torno de 600 mil pessoas. Por volta das 17h30, estavam reunidas cerca de 200 mil pessoas no local de concentração do evento. Até este horário  não havia sido registrado nenhum incidente.
As cores verde e amarelo tomaram conta da Presidente Vargas em homenagem à Copa do Mundo, que começa em 12 dias.

Maria José Ferreira foi à Marcha para Jesus na companhia da filha Gilmara Ferreira e do neto Paulo Victor Ferreira. É a segunda vez da família no evento. "Espero que seja uma benção e uma vitória para o Rio de Janeiro", disse Gilmara.

Oito trios elétricos acompanharam os religiosos durante o trajeto até o palco montado na Cinelândia. Os cantores Fernandinho, Andre Valadão, Perlla e Bruna Karla participaram da festa.
Evento acontece há 27 anos
A “Marcha para Jesus” registrou seu maior público em 2013, onde meio milhão de pessoas marcharam pelo trajeto até a concentração. A Marcha para Jesus aconteceu pela primeira vez no ano de 1987, em Londres, com a intenção de levar os cristãos para fora das quatro paredes das igrejas.

Dois anos depois, mais de 45 cidades do Reino Unido organizaram o evento, incluindo a capital da Irlanda, Belfast, que uniu seis mil católicos e protestantes, historicamente desafetos no país.
Público lotou a Avenida Presidente Vargas com cores verde e amarelo (Foto: Marcelo Elizardo/G1)Público lotou a Avenida Presidente Vargas com cores verde e amarelo (Foto: Marcelo Elizardo/G1)
tópicos:
Postar um comentário