sábado, 29 de março de 2008

Histórico de Farias Brito (Quixará)

A área geográfica onde se localiza a atual comunidade, foi outrora, campo de atividade da valente tribo cariús, que habitava grande parte da zona sul do Ceará.

O povoamento da terra teve início no primeiro quartel do século XVIII e se originou da concessão de datas de sesmarias a alguns pioneiros. Registro da crônica histórica dá conta que um dos vultos marcantes da formação da comuna foi o coronel Francisco Gomes de Oliveira Braga, chefe político muito influente que consegui fosse o florescente povoado elevado à categoria de vila.

Origem do Topônimo: nome primitivo do município era Quixará. É um topônimo de origem indígena. Vem de “quixa” o que corta, o dicotiles “queixada” mais “à” (sufixo, dizendo “composto do” – composto de queixadas; lugar onde abundam esses dicotiles.

Gentílico: farias-britense

Formação Administrativa:

Distrito criado com a denominação de Quixará, por ato de 22-07-1873 e por lei provincial nº 2042, de 06-11-1883.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Quixará, pelo decreto estadual nº 82, de 13-10-1890, desmembrado de Assaré. Sede no atual distrito de Quixará ex-núcleo de Quixará. Constituído do distrito sede. Instalado em 15-11-1890.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila aparece constituído de 2 distritos: Quixará e Barreiros.

Pela lei estadual nº 1794, de 09-10-1920, é extinto a vila de Quixará, sendo seu território aenexado ao município de Santana do Cariri.

Pela lei estadual nº 2359, de 26-07-1926, o distrito de Quixará deixa de pertencer ao município de Santana do Cariri, para ser anexado ao município de Crato.

Pelo decreto estadual nº 193, de 20-05-1931, o distrito de Quixará deixa de pertencer ao município de Crato, sendo incorporado ao município de São Mateus.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Quixará, volta a pertencer ao município de Crato.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Quixará, pela lei nº 268, de 30-12-1936, desmembrado de Crato. Sede no antigo distrito de Quixará. Constituído de 2 distritos: Quixará e Monte Pio.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 2 distritos: Quixará e Monte Pio.

Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o município de Quixará adquiriu o distrito de Ingá, do município de São Mateus. Sob o mesmo decreto acima citado é criado o distrito de Quincuncá e anexado ao município de Quixará e ainda extingüi o distrito de Monte Pio, sendo seu território anexado ao município de Quixará.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Quixará, Ingá e Quincuncá.

Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito de Ingá passou a denominar-se Cariutaba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Quixará, Cariutaba ex-Ingá e Quincuncá.

Pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, é criado o distrito de Nova Betânia e anexado ao município de Quixará.

Pela lei estadual nº 2194, de 15-12-1953, o município de Quixará passou a denominar-se Farias Brito.

Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município já denominado Farias Brito é constituído de 4 distritos: Farias Brito, Cariutaba, Nova Betânia e Quincuncá.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.

Pela lei estadual nº 643, de 29-07-1963, desmembra do município de Farias Brito o distrito de Cariutaba. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 6509, de 01-10-1963, desmembra do município de Farias Brito o distrito de Quincuncá. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 6687, de 16-10-1963, desmembra do município de Farias Brito o distrito de Nova Betânia. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, o município de Farias Brito adquiriu os extintos municípios de Cariutuba, Nova Betânia e Quincuncá foram criados e não instalados, figuram como simples distrito.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 4 distritos: Farias Brito, Cariutaba, Nova Betânia e Quincuncá.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alteração toponímica municipal:

Quixará para Farias Brito alterado, pela lei estadual nº 2194, de 15-12-1953.


Fonte: Biblioteca Digital do IBGE
http://biblioteca.ibge.gov.br/
Postar um comentário