domingo, 16 de março de 2008

O nosso jeito moleque de ser.


Centenas de filhos foram adotados por Farias Brito,
e alguns deles viveram a cidade com um amor
e vibração, superiores aos seus verdadeiros rebentos.

Por ter uma alma moleque, guardo com veneração
aquele que mais nos enchia de afeto, de alegria,
de ternura,e de um jeito todo especial de embelezar
as nossas vidas, nos enriquecendo de saber,
de alegria, e de um amor imensurável
por esse torrão, que lhe deu acolhida e cidadania.

Esse pequeno grande homem que nos foi
presenteado pelo Crato, numa função difícil
de ser exercida, plantou na nossa comunidade
todos os bons sentimentos que podem estar contidas,
numa pessoa humana.

Companheiro do futebol, das festas,
das reuniões sociais, da convivência familiar,
das rodas de molecagem, assumiu com louvor
o magistério, nos mostrando uma personalidade,
que sabia diferenciar o momento e a posição
em que estava colocado, recebendo o respeito
e admiração de todos.

Deixou uma amizade, e um sentimento de respeito
e de dever cumprido, carregando no peito,
um Diploma de Honra ao Mérito, com o título:
“ Amado Filho de Farias Brito “.

Gerson Moreira.
Farias Brito te tem vivo no coração, e na alma.

Elmano Rodrigues Pinheiro.
Postar um comentário